quinta-feira, setembro 14, 2006

.


Carta de leitor

«Acontecimentos muito estranhos vão-se sucedendo na Câmara Municipal de Lisboa (CML). Desta vez (na semana que passou), ficámos a saber que o Departamento Central de Investigação da Corrupção e Criminalidade Económico-Financeira, da Polícia Judiciária, desencadeou uma operação de investigação na EPUL (empresa municipal) e em empresas suas participadas.

Ao que se sabe, estarão em causa verbas indevidamente pagas a administradores destas empresas e que agora terão sido "preventivamente" devolvidas - contemplará o Código Penal o acto de "devolução preventiva" como factor de remissão de pena? O que terá acontecido ao suspenso quadro da EPUL cuja denúncia estará, aparentemente, na origem desta investigação?

Entretanto, apesar dos sucessivos e noticiados indícios da prática de ilegalidades, bem como de contínuas intervenções da Polícia Judiciária junto da CML, Carmona Rodrigues permanece eclipsado no silêncio e na presença, omisso em declarações ou, eventualmente, escondido por uma matilha de gorilas no seu gabinete - por que será que o homem tem tanto medo (ou será mesmo "pavor") dos jornalistas?

Salvo melhor opinião, a ideia que cada vez mais transparece é a de que Carmona Rodrigues gosta de trabalhar na "penumbra", liberto de explicações e justificações públicas... O que terá Carmona a esconder? Aos munícipes e à generalidade dos portugueses cabe o ingrato exercício de tentarem adivinhar o que se passará nas mais altas instâncias dos Paços do Concelho... Embora o prognóstico se constitua muito reservado, aguarda-se e deseja-se que tudo isto não acabe em tragédia para a cidade e para o país.»

Alfredo Guilherme Pereira
In «Público / Local / Lisboa», hoje

.

11 comentários:

Anónimo disse...

Nada como uma briga de comadres para se descobrir as verdades !

Anónimo disse...

Os prémios na EPUL são nada comparado com os gastos em gasolina e em carros na CML par andarem em supermercados, cinemas etc.

Anónimo disse...

Dizem que a tal Find Land é de um tipo da TAP que é sobrinho da Maria João Avillez, que é irmã da Maria José Nogueira Pinto, uma das vereadoras envolvidas no episódio conferência de imprensa de Sá Fernandes...

Será verdade?

Aí em baixo / como costuma escrever este blogger / há alguém que parece saber do assunto e que jura que sim. (Ver comentário nº 14 da nota de referência à conferência de imprensa do dia 13 de Setembro).

Ou eu sou parvo ou o mundo é muito pequeno!

Deve ser tudo mera coincidência...

Anónimo disse...

Ah, bom!!
Então, digam-me dessas...

Anónimo disse...

OH!OH!

Como o Mundo é pequeno... Nós amigos, primos e sobrinhos estamos sempre juntos em tudo.

Repararam que o nome é sugestivo:
FIND (procura) LAND (terra) será para atirar aos olhos de quem quer ver?

Vêem agora os que querem (mesmo "através da LAND") para que servem as empresas municipais!

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
José Carlos Mendes disse...

Removi o comentário anterior por conter insultos a administradores da EPUL.

Recordo a grande regra deste blog: nada de insultos: nem a pessoas, nem a organizações nem a países.

Não insistam: apago sempre e de imediato.

(O referido comentário - que já tinha visto noutros blogs - fica em meu poder para que não restem dúvidas a ninguém.)

Anónimo disse...

Caro Blogger!

VÊ como os funcionários da CML são perseguidos e têm de se esconder noutras identidades!

Acho que sou o primeiro alvo do seu lápis azul:

Estavam em causa considerações sobre as empresas municipais, e não insulta mais do que aquele post que mete a familia da Nogueira Pinto ao Barulho...

Sou do Norte e gosto de chamar os Boys pelos nomes. Não vai conseguir que deixe de pensar o que penso das empresas municipais, mas apenas reforçar!

A partir de hoje deixo de escrever neste Bolg.

PS: Aos outros quando quiserem dizer o que pensam, em vez de FDP: digam Fontes Desesperadas de Protagonismo. Há quem perceba como antigamente havia!

José Carlos Mendes disse...

:)
:)
:)

José Carlos Mendes disse...

:)

... Eu também sou um grande malandro!

Anónimo disse...

Bolas, que você é chato, homem!

JCM, não lhe ligue e, por favor, continue a trazer-nos o essencial com seriedade e com leveza, como costuma.

Ó homem, se é funcionário da cml, como diz, e se não é capaz de levar isto a sério (porque é sério, mesmo quando se brinca) e se não tem a dignidade de não ofender, desampare a loja.
Há muitos outros blogs onde pode ser mal educado à vontade...

Não estrague o que está bem.