segunda-feira, junho 30, 2008

Reabertura e circunstância

O Parque que mais peripécias tem sofrido reabre hoje: Bensáude.

Pela primeira vez em Portugal, creio: Tribunal encerra blog

A pedido do presidente da câmara da Póvoa de Varzim, o Tribunal mandou encerrar um blog local. Leia aqui a história toda.

Cinema de ar livre na Alta de Lisboa

Pedem-me que divulgue:
Cinema ao ar livre na Alta do Lumiar

4 de Julho,
Angel-A, de Luc Besson
5 de Julho,
Casino Royale, de Martin Campbell
11 de Julho,
Moulin Rouge, de Baz Luhrmann
12 de Julho,
Babel, de Alejandro González Iñárritu
18 de Julho,
A Ciência dos Sonhos, de Michel Gondry
19 de Julho,
Match Point, de Woody Allen

Transportes: autocarros e automóveis eléctricos

Carros eléctricos: EDP e Galp massificam carros eléctricos Fonte: Diário Económico Publicado há 6 horas - ...entidades públicas e privadas. É o caso do Centro de Inteligência e Inovação (Inteli), detido em 75% pelo Estado, da Câmara de Lisboa e de empresas como a EDP, Galp, Martifer, Brisa, Sonae e Jerónimo Martins. À lista irão juntar-se ainda diversos grupos económicos...

Precários da CML

Hoje começa a funcionar o Tribunal Arbitral. Os documentos podem ser entregues até 4 de Agosto. Veja neste comunicado que o local de entrega é o 2º andar das instalações da Assembleia Municipal.

Crise

Tráfego nos acessos a Lisboa em forte queda - Crise. Tráfego rodoviário médio na Marginal atinge um decréscimo de 8%, enquanto na IC-Frielas ronda os 2,3%. Já nas pontes sobre o Tejo a descida varia entre os 3% e ... Diário de Notícias 30, Jun 2008 - 02:00

domingo, junho 29, 2008

Cobardia

Enviaram-me por e-mail uma «reportagem» sobre um caso de má educação de Sócrates. Até custa a acreditar. Há-de ir longe...
Leia aqui.

Editorial

Há técnicos competentes na CML mas continuam marginalizados e desmotivados
O (não) aproveitamento das competências internas agrava a crise da Câmara de Lisboa

Andamos todos sempre muito aflitos de massa: as pessoas e as instituições. Mas por vezes fica-me a ideia de que pensamos pouco no que podemos fazer por nós mesmos. E, no caso das instituições, no que podem os seus funcionários fazer e ser levados a fazer com empenhamento, de modo a rentabilizar as competências internas. Se isto é verdade de um modo geral, sei que na Câmara de Lisboa isto é dupla ou triplamente verdade e é uma coisa muito sentida pelos seus técnicos, os quais se sentem em grande medida ostracizados, postos de lado, desaproveitados.
Isso, ao mesmo tempo que se compra fora – é o reino do «otsourcing» sem rei nem roque.
Aproveitar os recursos humanos das instituições e a sua capacidade de entusiasmo. Isso, antes de mais nada. Antes de se ir comprar fora o que provavelmente pode ser feito dentro.
Uma coisa se impõe: averiguar se os recursos humanos da CML estão ou não a ser aproveitados. Estão?
Então como explicar comentários frequentes como este colocado aqui, no LL, há uns dias? É o seguinte:
«Não terá a Câmara na área da Cultura gente capaz de montar uma exposição destas? Os técnicos de História da Cultura andam a apanhar bonés, enquanto esta malta (não está aqui em causa a competência dos comissários, que é sem duvida inatacável) leva o dinheiro que a Cultura vê por um canudo!»

Mas, pior: este leitor apenas coloca a questão. E já ouvi muita gente colocá-la nos corredores da CML.
Só que, logo que dei voz a este leitor, seguramente um técnico da CML, apareceu um comentário ainda mais intrigante:
«Subscreveria e assinaria, mas seria tão surpreendente revelar a minha identidade que provocaria um pequeno terramoto nas estruturas da CML.Obrigado ao "LisboaLisboa" por trazer a questão à reflexão de todos nós.»

Os vereadores da CML que têm pelouros deveriam meditar bem nestas vertentes da questão: os recursos humanos da CML são, em parte, de grande competência e de grande experiência, pelo que a sua motivação será sempre um método seguro para «sair da crise» permanente em que a Autarquia vive desde 2002.
.
Sugestão: se concorda com este Editorial, envie o link para meia dúzia de amigos, com o pedido expresso de que enviem para outros seus amigos e assim por diante, Vamos debater o tema?
.

Horários do comércio da Baixa

Lojas da Baixa recusam-se a alargar horário Fonte: Jornal de Notícias Publicado hoje - ...alargamento dos horários nas lojas da Baixa de Lisboa, anunciado em 2006, nunca chegou a sair...ruas do centro histórico da cidade de Lisboa. Passado ano e meio sobre a proposta da...Associações do Comércio e Serviços de Lisboa (UACS), a falta de adesão deve-se à...

sábado, junho 28, 2008

Uma coisa destas não pode ser levada em termos de «brincadeira», senhora governadora civil de Faro

Ontem à noite, houve disparos para cima de um pavilhão em Portimão de onde acabara de sair Sócrates de uma reunião do PS.
A governadora civil de Faro, Isilda Gomes, interpretou o que aconteceu como "uma brincadeira de mau gosto", em declarações à SIC. Aqui.
Brincadeira, senhora governadora? Isto é crime, ponto final. Situações destas não podem nem devem ser minimizadas. Há mas é que descobrir já quem são os energúmenos e puní-los exemplarmente. Se não, um dia destes estamos todos a comer pela medida grossa por causa destes criminosos em potência. Com coisas destas, eu não gosto de brincar. Andei 37 meses de arma na mão. Sei do que estou a falar. Choca-me a reacção desculpabilizante da governadora civil. Governa o quê? Se não serve, mandem para lá outra - e deixem a PJ actuar.

Lembro só que há muitos anos foram lá Mário Soares e Balsemão; depois, Sócrates e Durão; agora Rio e Costa.

Você acha que são estes os novos políticos-aposta da malta da massa para o rotativismo dos próximos anos?
Rui Rio e António Costa juntos no Clube Bildeberg - Autarcas de Porto e Lisboa cultivam amizade. Clube é famoso por impulsionar figuras políticas até ao topo
Portugal Diário 27, Jun 2008 - 11:12
A amizade de Rui Rio e António Costa - Autarcas de Porto e Lisboa estiveram juntos no Clube de Bilderberg, famoso por impulsionar figuras políticas até ao topo
Portugal Diário 27, Jun 2008 - 11:12

sexta-feira, junho 27, 2008

Obrigado pela distinção

Isto está aí em baixo num comentário: «O MARQUÊS DA PRAIA E MONFORTE disse... Serve a missiva para informar que o Lisboa Lisboa, ostentará durante a próxima semana a distinção do Palácio da Semana.O Marquês 12:55 PM».
Honestamente: ao princípio nem entendi. Depois fui lá. E percebi: é uma distinção par este blog. Obrigado.

Défice externo

Por outro lado, leio no DN que «a dívida ao estrangeiro atingiu em Abril os 147,2 mil milhões de euros, 86,6% do PIB, um acréscimo de nove pontos face ao mesmo mês de 2007. É o resultado de um aumento de 31% (em valores absolutos) do défice no comércio de bens e de uma forte deterioração (36,3%) da balança de rendimentos entre Janeiro e Abril. Ao mesmo tempo, tendo em conta variações do PIB, o défice externo aumentou 30,3% e pode, este ano, ultrapassar os dois dígitos, o que colocará o País como o mais deficitário entre as nações da OCDE.»

Como é costume em Portugal, só se saberá toda a verdade um dia em que Sócrates saia de São Bento. Quem o ouve, por ora, não o leva preso.

A propósito de preso: já leu aquela coisa do Governador Civil de Braga? Não é estranho? Tantos anos depois de Abril e tal?... E agora anda a fazer declarações de amor aos cravos...

Você acredita? É de ficar maluco...

(Levante o som, ao clicar no link, pf). Isto até parece mentira. Mas não é. Estes tipos são mesmo assim: «Mundo: Assessor diz que novo atentado terrorista seria vantajoso para John McCain Um dos principais assessores de John McCain disse que um novo atentado terrorista poderia ser vantajoso para a campanha do senador... (2

Atenção, Câmara de Lisboa. Atenção, Pelouros! Atenção, Cultura!


Impossível resistir a transcrever (sem gralhas - na 1ª página tem de ser assim..) o comentário muito sério deixado aí em baixo:

«Está muito gira a exposição. Pena é que cada comissário tenha recebido 20.000 euros para a fazer. Nao terá a Câmara na área da Cultura gente capaz de montar uma exposição destas? Os técnicos de História da Culura andam a apanhar bonés, enquanto esta malta (nao está aqui em causa a competência dos comissários, que é sem duvida inatacável) leva o dinheiro que a Cultura vê por um canudo!
1:02 AM

Senhora Câmara! Isto é um grito de alarme. Pense no assunto com urgêncoia e faça qualquer coisa. Mas em tempo útil, por favor!

quinta-feira, junho 26, 2008

Agora os polícias é que pagam...

Lembra-se do que aconteceu antes da greve dos professores? Então dê atenção a isto:
MAI instaura processos a polícias que visitaram escolas - O Ministério da Administração Interna mandou instaurar processos disciplinares contra três agentes da PSP que visitaram escolas na véspera da manifestação que reuniu...
Diário Digital 26, Jun 2008 - 18:01

E os polícias calam-se porquê? Nunca, mas mesmo nunca perceberei este fenómeno português: fica tudo acagaçado (desculpem o popularismo) quando um Governo faz uma destas: despejar para cima de soldados as culpas dos generais. Qual nação valente, qual quê? Qual passado heróico, qual quê? Condeno se os polícias se calarem.
Mas note: estes mesmos três polícias (estes, em sentido figurado, claro), se eu me dirigir a eles para pedir uma informação, é quase certo que me olham de cima, me franzem o sobrolho e são incapazes de ser educados como deviam. Pior: se eu cometer a mínima infracção, são incapazes de um acto de pedagogia (ninguém nunca lhes ensina essas coisas? Não vêem filmes?) Atiram-se a mim como gato a bofe... Não estou a imaginar: já me aconteceu. E a si também, provavelmente. Em geral são mesmo mal educados. Lamento. Condeno que assim procedam.
E condeno este governo que os condena por terem ido às escolas. Porque sei que não foram eles que decidiram ir lá por sua própria alta recreação.
.
Ilustrei, mais uma vez, com foto antiga, para chamar a sua atenção mas também para apodar de antiquadas estas mentalidades: a do governo que faz os polícias concretos pagarem naquela situação da greve e a dos agentes concretos que não sabem ser pedagógicos e reagem sempre à «porrada» (de má cara) na rua para com os cidadãos...

Você sabia?

Economia - Lisboa vai criar agência de investimento até ao fim do ano, adiantou António Costa perante uma plateia de mais de 200 empresários espanhóis e portugueses, num almoço promovido pela Câmara de Comércio e Industria Luso Espanhola.
Portugal Diário (IOL Diário), hoje, às 8 da noite

Plataforma não desmobiliza

Protesto contra a Carris - Dezenas de utentes da Carris manifestaram-se esta quinta-feira à tarde, no Cais do Sodré, devido à falta de condições do actual serviço de transportes, pelo que os utentes... - Correio da Manhã 26, Jun 2008 - 21:06
Nota
Ilustrei esta notícia com o autocarro antigo, em homenagem à mentalidade antiquada da Administração da Carris e do Governo que lhe dá cobertura... e também para truque publicitário: para chamar a sua atenção...


Concentração é que é

Você sabe quantos títulos de imprensa detém a Controlinveste de Joaquim Oliveira?
Estes todos:

Açoriano Oriental - Diário de Notícias - DN Madeira - Global Notícias - Infordesporto - Jornal do Fundão - Jornal de Notícias - Ocasião - O Jogo - SportTV - TSF

É obra, não é?

Reabilitação zero

Reabilitação urbana de Lisboa «corre» mal... Aqui. Melhor: não corre nem anda: degrada-se ela própria...

42

É obra! Aqui.

Adjudicações e eleições

Em causa: TGV e auto-estradas. Aqui.

Exposição

A Baixa de Lisboa 1758 - 2008 - Guia da Cidade- A Baixa de Lisboa 1758 - 2008 Guia da Cidade - 8 horas atrás A exposição "Lisboa 1758, o Plano da Baixa hoje" está patente no Páteo da Galé, Terreiro do Paço, até dia 1 de Novembro. ... 6:09 PM - A Baixa de Lisboa 1758 - 2008 - Guia da Cidade

Está lá? É do Bar? Então baixem lá a música que a gente vai aí esta noite fazer medições oficiais... Caricato!

Moradores queixaram-se de ruído de bares. Há medições, dizem. Agora, leia este espantoso bate-papo:
O vereador responsável, José Sá Fernandes (BE), respondeu que as medições, essenciais como meio de «prova» para a autarquia actuar, têm-se revelado «inconclusivas» mas a moradora contrapõe que os bares são «avisados» sempre que os testes se realizam.
Leia mais aqui, no Sol.

quarta-feira, junho 25, 2008

«Plano» da zona ribeirinha...

... carece de eficácia
Ruben de Carvalho, do PCP, questionou ... o estatuto jurídico do documento que vai ser sujeito a discussão pública, uma «visão mais ou menos meritória mas que carece de eficácia», e apontou a falta de «cronogramas e previsões de meios financeiros».
Além disso, apontou, o plano «dá como adquiridos projectos que deviam ser revistos e analisados», exemplificando com os projectos previstos para Braço de Prata e a Matinha.
Lusa

Hoje foi notícia

- Lisboa: Costa propõe suspensão de PDM para conclusão do Centro Cultural de Belém - Sol
- Lisboa: Saída de Júdice era previsível, diz Helena Roseta Fonte: Rádio Renascença Publicado há 2 horas - A vereadora da Câmara de Lisboa, Helena Roseta, considera que a demissão de José Miguel Júdice da Sociedade Frente Tejo era mais do que previsível.
- há 3 horas Lisboa: Câmara aprova adesão ao SIRESP - Sol
- há 4 horas Lisboa: Câmara aprova discussão pública de plano para frente ribeirinha com críticas de «ineficácia» - Sol
- há 7 horas Exposição sobre José Relvas é inaugurada amanhã em Lisboa - Público
- há 7 horas Exposição sobre republicano José Relvas é inaugurada amanhã em Lisboa - Público
- há 9 horas Lisboa: Câmara discute hoje suspensão do PDM - Rádio Renascença

Importante

Tradução do Código Laboral. Os «Precários Inflexíveis» fizeram o favor de me fazer chegar a tradução verdadeira - e verdadeiramente assutadora. Aí a tem. Sirva-se.

Integração no quadro de pessoal

Uma nota de ontem do gabinete do vereador de recursos humanos da CML diz que «a CML procederá no corrente ano às reclassificações profissionais dos funcionários que preencham os requisitos legais para o efeito, sempre que para as mesmas exista vaga no quadro de pessoal».
Meia cedência, finalmente.

Precários da CML

Disponível na página do STML em www.stml.pt o Comunicado 31/08 - O Tribunal Arbitral para analisar as situações de vínculo precário na CML, de forma a integrar no Quadro de Pessoal de Direito Privado do Município de Lisboa todos os trabalhadores que correspondam a verdadeiros postos de trabalho, já se encontra em funcionamento.

Eu avisei que ele não se ensaiava nada...

Pinto Monteiro tem personalidade forte...

terça-feira, junho 24, 2008

Só me saem duques - diz Sócrates, já para lá de chateado


Ai, Jaiminho! Lá vais levar uma rabecada do patrão porque lhe estragaste o brilharete de amanhã. Agora, inevitavelmente, toda a gente vai falar disto e não apenas da assinatura do «Acordo»... Citado do homem, já não lhe chegavam, cada vez mais dramaticamente nos últimos meses, estas curvas descendentes dele e as ascendentes dos outros ainda sem ela...

Cemitério de blogs em Lisboa

Senhores e senhores,
Apresento-lhes a maior demonstração de inépcia de que há memória: um verdadeiro cemitério de blogs ou arremedos disso:
Morto. PSD / facção: http://cronicasalfacinhas.blogspot.com/
Mais morto ainda. PSD / outra facção: http://guerradaslaranjas.blogspot.com/
Mais do que morto. Franco atirador: http://cmmenoslisboa.blogspot.com/
Quase nado-morto. A soldo: http://parquemayer.wordpress.com/
Morto em combate. Misturadora eléctrica: http://www.lisboaemalerta.blogspot.com/
Morto com pretensões. BE: http://www.cm-lisboa.pt/?id_categoria=102&id_item=11244
Deixo aí os links em URL para vergonha de quem os edita.

AML aprovou medidas

Qualquer operação urbanística nos vales da cidade, como o de Santo António ou de Alcântara, ficará igualmente condicionada por "estudos hidrogeológicos", afirmou.
Também os "geomonumentos e quintas históricas" estão abrangidos pelas medidas cautelares, acrescentou.
"As medidas cautelares previstas na lei consistem na proibição, limitação ou sujeição a parecer vinculativo dos projectos que promotores imobiliários ou outros apresentem à Câmara Municipal para aprovação, nos limites da área relativa ao Plano Verde não acautelada no PDM em vigor", lê-se no relatório da comissão de Ambiente da AML.
Estão sujeitas às medidas cautelares "um vasto leque de operações urbanísticas, incluindo loteamentos, urbanizações, alterações e reconstruções, remodelações de terrenos e infra-estruturas viárias, bem como diversas de carácter administrativo, assim como quaisquer outras que de qualquer forma tenham reflexo significativo no coberto vegetal".
O regulamento do Plano Verde, Estrutura Ecológica Municipal, define e demarca o "sistema húmido da cidade e o sistema dreno-fluvial na transição afluente-efluente/foz de ribeiras".
Lusa, hoje

EMEL recupera parquímetros

EMEL recupera e instala parquímetros em mais dois mil lugares - A Empresa Pública Municipal de Estacionamento de Lisboa (EMEL) prevê concluir em Julho a recuperação e a consequente sujeição a parquímetros de mais dois mil lugares, incidindo sobretudo na zona entre a Estefânia e a avenida Almirante Reis...
In Sol

Faça-se justiça

Concordando com o espírito, e sobretudo com a pergunta final a Santana Lopes e a afirmação intermedia de que, com ele na CML, cada cavadela, sua minhoca, há que corrigir um dado fundamental: João Soares nunca teve o pelouro de Espaços Verdes na CML durante a Coligação (90-2001). Essa tarefa foi de Rui Godinho até 1999 e de Manuel Figueiredo até fins de 2001. Faça-se, pois, a devida justiça.
Só essa correcção.
De resto, de acordo: foram anos de luz... para a Cidade de Lisboa, isso foram. Apesar dos (muitos, muitos) erros.

Desmotivação

(clique duas vezes para ampliação)
Importada do Cidadania...

Economia e Finanças

O problema de Lisboa é económico, mais do que financeiro - disse Costa aos empresários. Aqui.

Deprimentemente

Este é o primeiro post de determinado blog. Foi a 27 de Fevereiro de 2007: há 16 meses menos 4 dias. Hoje, tem 36 188 entradas. É deprimentemente curto, não é? (Sobretudo por se tratar não de uma iniciativa individual, como o LisboaLisboa - que, aos 16 meses de contagem, tinha registado cerca de 80 000 entradas -, mas sim da iniciativa de um partido inteiro concentrado neste pontinho da blogosfera...)

Sapadores

"O RSB continuará a ser um serviço municipal".
DN, novo comandante, na tomada de posse

Pavilhão Portugal abandonado

António Costa defende funcionamento do Pavilhão de Portugal - TSF Online - Para António Costa, é «incompreensível» que a Parque Expo - proprietária do pavilhão - não tenha sido capaz de lhe dar uso nosúltimos dez anos. ...

Zona riberinha

Fernando Negrão, vereador do PSD na CML acha que a demissão de Júdice da Zona Ribeirinha já era esperada: "os sucessivos adiamentos da tomada de posse (de Júdice) e a disputa entre o Governo e a câmara para ver quem tem mais competências na zona ribeirinha"; "é insuportável para quem quer que seja ficar parado a assistir a adiamentos sucessivos".
In Púb ÚH
E o PSD vai chamar Júdice à Assembleia Municipal (CM de hoje) - isto se ele lá quiser ir, claro: já disse que «explicações, só em livro».

segunda-feira, junho 23, 2008

Muito, muito crítico acerca do Plano Salgado para a Frente Ribeirnha

(...) não encontrei nada de novo neste documento. A ideia lançada de que não haverá construção na frente de rio é muito cómoda, pois, quando se diz que não se vai fazer nada, não se esperam muitas críticas. E o que tem a dizer sobre os projectos estruturantes ?
(...) sobre a zona de Pedrouços, aí o silêncio é total.
(...) o projecto da autoria do arquitecto Manuel Salgado na zona do Bom Sucesso, junto ao rio, estava previsto no POZOR e está ser construído. E é ele agora que diz que não se construirá mais nada na frente ribeirinha de Lisboa.
(...) O desenho obriga a assumir compromissos e é isso que hoje a Câmara de Lisboa , que está refém do Bloco de Esquerda (BE), não faz. Tal como não define um regulamento para o plano, nem se conhece um modelo financeiro. É politicamente mais correcto não fazer nada.

DN, hoje. Miguel Correia, ARQUITECTO, AUTOR DO POZOR

Nova derrota de Santana

Manuela Ferreira Leite viu a sua lista ao Conselho Nacional, o Parlamento do PSD, (encabeçada por António Capucho) eleger 20 Conselheiros (em 55), resultado muito abaixo das expectativas da líder do PSD com 272 votos. Quem reforçou a sua posição foi Pedro Passos Coelho que viu a sua lista eleger 16 Conselheiros (ficando a escassos 4 de Ferreira Leite) com 220 votos. Santana Lopes foi o grande derrotado tendo a sua lista (encabeçada por Pedro Pinto) apenas 5 Conselheiros e tendo somente 68 votos. Ou seja o Congresso dividiu-se entre duas grandes listas, a de Ferreira Leite e a de Pedro Passos Coelho, deixando todas as outras a quase 200 votos de diferença.
In blog PSD

Lino tb não sabe

Mário Lino desconhece motivos da demissão de Júdice - O ministro Mário Lino lamenta a demissão de José Miguel Júdice da gestão do plano de reabilitação da Frente Ribeirinha de Lisboa, mas garante desconhecer os motivos. - Rádio Renascença 22, Jun 2008 - 15:09

domingo, junho 22, 2008

Guerra de bastidores. Já?

GUERRA NAS HOSTES DE FERREIRA LEITE - O núcleo duro de Ferreira Leite afasta Aguiar Branco, braço direito de Rui Rio. Nos corredores ontem no congresso Aguiar Branco tornou claro que está zangado com os mais próximos de Manuela Ferreira Leite, segundo se viu, e inclusive o mesmo ausentou-se do congresso e não regressou...
In blog afecto ao PSD

Esta é nova

BA, do BE, escreveu num site uma peça de opinião em que refere as responsabilidades do santanismo na CML – o que subscrevo a 100% – e diz adiante várias coisas que subscrevo parcialmente. Mas às tantas sai-se com esta, para consumo interno, de certeza: «Sobre a Praça das Flores e a licença atribuída à Skoda, já tudo foi dito e escrito e a posição de demarcação do Bloco de Esquerda foi bastante clara.»
Demarcou-se? O BE demarcou-se? Sá Fernandes demarcou-se? Esta é mesmo muito nova. O que aconteceu foi bem, o contrário: Sá Fernandes apoiou, o BE calou e uma pessoa, mesmo que coordenador autárquico nacional, mas uma pessoa veio a público arrear a bronca. Mas uma pessoa: Pedro Soares.
Se o BE se demarcasse e entrasse em choque, por exemplo, com Marcos Perestrello, adeus coligação a CML. Dizer outra coisa, só para ceguinhos da política. Querer ir mais longe do que os factos, pode render umas horas de sossego, mas não mais do que isso: umas horas.
Leia aqui três posições da CDU sobre estas matérias: Praça das Flores e Jardim da Estrela.

Frente Ribeirinha

Não vai haver construção à beira-rio, promete Câmara de Lisboa - Fonte: Público Publicado há 2 horas - Não vai haver construção à beira-rio, promete Câmara de Lisboa Não vai haver construção à beira-rio. A promessa foi ontem repetida pelo vereador do Urbanismo da Câmara de Lisboa, Manuel Salgado, durante a apresentação dos planos da autarquia...

sábado, junho 21, 2008

Os próximos capítulos são os mais importantes

Que diabo se terá passado? É verdade que Júdice não ia ganhar ordenado, mas ia ganhar mais protagonismo e mais beija-mãos. Mas Júdice, que já não é militante do PSD, cortou com a CML / PS no 1º dia do Congresso ferreirista. Mas em simultâneo diz que por Sócrates ficava lá. Dir-se-á: olha, mais um da claque do Marcelo: os empresários precisam de um governo do Bloco Central. Mas isso acontece no exacto dia em que Ferreira Leite acaba com esse mito: «Só se estivesse doida». Assim mesmo. Mais clara do que Cavaco alguma vez foi.
Como fica então Júdice? Hoje de manhã ainda pensei: este vai juntar-se a Ferreira leite. Mas agora isso não me parece nada verosímil.
E diz-me quem o conhece que «isto não fica assim». Alguém vai pagá-las. E será antes das eleições. Acredito. Talvez seja já no livro que hoje aí fica ptometido nos semanários - que voltam a ganhar pujança nestas últimas semanas: já há que tempos que não se aproveitava nada do vício chamado Sol - Expresso. Agora volta a valer a pena folheá-los logo de manhã. É saudável que assim seja...
Voltando a Júdice: acho que, nesta altura do campeonato, Sócrates estava a precisar de tudo menos disto: uma complicação com um «pivot» que tinha arregimentado há um ano (já agora: por que será que não houve nomeação em tantos meses? - Cavaco terá algo a ver com isto?). E logo um deste calibre... Mas não só: a triangulação Governo PS / CML PS / Júdice ex-PSD; ex-mandatario de Costa PS está agora a criar fricções.
Mário Lino não fica de fora. É do seu ministério que dependem a frente ribeirinha e a APL.
«Se fosse só por Sócrates, ficava», disse Júdice. Os dois ou três ataques contidos nesta frase, eu entendo-os como dirigidos exactamente a estas personalidades: Salgado, Lino, Costa e, claro, o seu «inimigo» de estimação neste caso: Sá Fernandes (e o BE, tenho a certeza, mas, na cabeça e na mentalidade que o enforma, nem Sá Fernandes nem o BE têm a dimensão suficiente para este estrilho todo. Ele está a atirar mais alto...).
Mesmo que todos desmintam, a começar por Manuel Salgado a cuja sede de protagonismo nada disto será alheio - até pela surpresa desagradável de não ter sido ele o vice-presidente de Costa (foi nessa função de repente ultrapassado por Marcos Perestrello, vindo directamente do aparelho do PS, tendo nessa qualidade deixado para trás e cilindrado um independente como Manuel Salgado, cheio de si e da fama do seu atelier, que vendeu para integrar a CML nas áreas do Urbanismo - em que não está a sair-se nada bem, a julgar pelo que se viu na quarta-feira passada...).
Enfim, está aqui criado um imbróglio lixado, senhoras e senhores...
A Frente Ribeirinha ainda há-de dar frentezinhas.
Esteja atento ao desenvolvimebto dos próximos capítulos.

Portela

O que fazer nos terrenos da Portela? - Arquitecto holandês diz que Lisboa tem uma «oportunidade única de levar a cabo um bom desenvolvimento sustentável». O que pensa o leitor? - Portugal Diário 21, Jun 2008 - 15:32

Se isto não é crise, então o que é «crise»?


Problemas. Problemas. Problemas. A Câmara de Lisboa é uma fábrica de nada se não de problemas. Obra não produz. E talvez, quem sabe?, os problemas advenham exactamente daí: falta de obra feita. Um ano depois, é um zero à esquerda.
Hoje num barco a ondear no Tejo nem sequer houve disposição para gozar o cenário: os problemas ocuparam os espíritos.
A Zona Ribeirinha mudou a face das coisas: de grande fonte de propaganda tornou-se numa grande fonte de complicações.
De facto: 1. Júdice nem tomou posse e já se demitiu da Zona Ribeirinha. (2. Salgado anunciou ontem um passeio de barco esta manhã para ver o Tejo e apresentar projectos. 3. «Querem vantagem política», ainda chegou a dizer Júdice antes de 4. telefonar a Sócrates a demitir-se). Mas depois 5. demitiu-se.
Mas esta crise tem muitos outros contornos.
Os jornais de hoje regurgitam de pormenores de uma crise grave.
O PCP fala de nova crise municipal a propósito do que se passou e continua a passar com a EPUL.
O PS acha que está a terminar o tempo da paciência com uma Câmara que não ata nem desata.
Mais: o Bloco, que tem hostilizado Júdice e que hoje aplaudiu a sua «demissão», também tem problemas com o seu vereador e a colagem deste ao PS. Mas, digo eu: o PS quere-o para quê?
Leia aqui vários artigos sobre estas questões.

sexta-feira, junho 20, 2008

Sete «cães» a um osso. Mesmo sete

Sete privados na corrida ao Hospital de Todos-os-Santos - Estão apresentados os consórcios interessados na parceria com o Estado para construir a próxima grande unidade de saúde em Lisboa. Soares da Costa, Alves Ribeiro, Mota...
Expresso 20, Jun 2008 - 18:15

Fogo de artifício a bordo no Tejo. Não há um tostão, mas como tristezas não pagam dívidas... força aí!

Lisboa poderá ter praia com ondas artificiais na Doca do Poço Bispo - O plano global para a zona ribeirinha de Lisboa que a câmara vai apresentar sábado à imprensa prevê uma nova praia, com ondas artificiais, na Doca do Poço do Bispo, qu... Sol - Sociedade 20, Jun 2008 - 18:07 Lisboa poderá ter praia com ondas artificiais na Doca do Poço Bispo - Destak- 20, Jun 2008 - 16:50 Frente Ribeirinha: Lisboa pode ter praia com ondas artificiais - Diário Digital- 20, Jun 2008 - 17:29 Nani à chegada a Lisboa: «Ganhámos uma equipa» - Extremo refere que Portugal tinha vontade e qualidade para chegar mais longe Plano prevê reserva de espaço para acantonamento em caso de catástrofe - O plano de intervenções da Câmara de Lisboa para a frente ribeirinha, a apresentar sábado à imprensa, prevê a reserva de um espaço na zona de Madredeus/Beato para acan... Sol - Política 20, Jun 2008 - 17:46 Frente Ribeirinha: Avenida Brasília será desnivelada e Alameda dos Oceanos prolongada - O Plano de intervenções para a frente ribeirinha de Lisboa que será apresentado sábado à imprensa propõe o desnivelamento da Avenida Brasília e o prolongamento para su... Visão 20, Jun 2008 - 17:29

quinta-feira, junho 19, 2008

Baratas: esgotos não são limpos...

Lisboa: surto inesperado de baratas - Fonte: Portugal Diário Publicado há 5 horas - ...Habitalimpa, diz que é a Câmara Municipal de Lisboa (CML) que deve limpar os esgotos e, como...vários prédios na zona de Telheiras, em Lisboa, está a preocupar vários moradores...Mário Chicó há 26 anos, em Telheiras, Lisboa, e conta que «nunca tinha acontecido...

Ena, ena...

Lisboa sobe três lugares na lista de cidades com melhor qualidade ... - IOL - 18 horas atrásCapital portuguesa encontra-se à frente de Nova IorqueLisboa subiu três posições na lista das cidades com melhor qualidade de vida, de acordo com um estudo ...
As cidades com melhor qualidade de vida IOL

Até que enfim que alguém actua

Inquérito a camionistas pode valer até 5 anos de prisão - Bloqueio. A Procuradoria Distrital de Lisboa quer investigar todos os crimes que ocorreram durante as manifestações de camionistas dos últimos dias. O DN contactou juristas... - Diário de Notícias 19, Jun 2008 - 02:00

PCdoB

Jerónimo esteve no Brasil. Veja. E há outras novidades - mas é lá... Leia.

Finanças de Lisboa

As câmaras mais endividadas:
«- 71 municípios enfrentavam uma situação de ruptura financeira;
- 216 câmaras, equivalente 70% das autarquias, não tinham capacidade para pagar as dívidas de curto prazo; e,
- 73 municípios pediram empréstimo ao banco, mais 10 do que em 2005.
- Lisboa lidera as autarquias mais endividadas: a câmara da capital devia mais de 980 milhões de euros em 2006, quando Carmona Rodrigues era presidente.»
In 'SIC on line', hoje.
Mas:
Lisboa nega situação de «ruptura» - A Câmara de Lisboa admite uma situação de «dificuldade financeira» mas nega uma «ruptura», tal como é referido no Anuário Financeiro de 2006, que a Câmara dos Técnicos...
Sol - Política 18, Jun 2008 - 21:16

quarta-feira, junho 18, 2008

Sete medidas

15:38 - AR: PCP propõe sete medidas para ajudar sectores mais afectados pela crise - Lisboa, 18 Jun (Lusa) -- O PCP defendeu hoje que o Governo deve usar a "margem do défice" para ajudar os sectores mais afectados pela crise e vai propor sete medidas, incluindo um aumento intercalar do salário mínimo. (...). Leia mais.

Eh, pá!


Nem este? Não valeu de nada recolocá-lo lá, no Cais do Sodré?
Li aqui que nenhum relógio tem horas certas em Portugal...

Editorial

Moção «de censura»
Foi ontem na Assembleia Municipal. Pela mão de Vítor Gonçalves e do PSD. A CDU absteve-se. E fez bem. Isto não leva a nada.
Estaria em causa a Praça das Flores, alugada à Skoda.
E agora que a moção foi aprovada - o que é que vai mudar? Isso impede que este tipo de negócio se repita? Isso evita que o Jardim da Estrela seja agora alugado ao Continente? Que o espaço público se vá privatizando aos bocadinhos e por uns tempos aqui outros ali? Além de que censurar Sá Fernandes e deixar ilesos Marcos Perestrello e, em última análise, António Costa - é o supra-sumo da batata.
Ou seja: dá-se uma folga ao partido maioritário, o PS (embora minoritário eleitoralmente) e chateia-se a bom chatear uma franja da coligação que actualmente detém os pelouros, o BE.
É pouco. É curto. É nada.

Igreja de Santo António / Campolide

A cair aos bocados...

Prémio 'O problema é exactamente esse'

Disse Ferreira Leite à saída do encontro com Sócrates: "Não existem divergências de fundo entre as posições do PSD e as do Governo"... Podia ter sido para entalar o PM. Mas não: é mesmo a sério.

terça-feira, junho 17, 2008

Zona riberinha: plano: para a semana

Plano de intervenção da Câmara discutido na próxima semana - O plano de intervenção para a frente ribeirinha elaborado pela Câmara de Lisboa será discutido na próxima semana em reunião do executivo municipal, anunciou hoje o autarca... - Sol - Política 17, Jun 2008 - 22:31

Passadeiras

«Alguém vai pagar por não ter pintado as passadeiras» - António Costa quer resolver o problema em Lisboa rapidamente - Portugal Diário 17, Jun 2008 - 22:30

Aliciamento fase 1

Aumento do abono de família publicado hoje em Diário da República. 25%. Prevejo que este ano que vem há aumentos a sério na Função Pública. Sondagens obrigam.

€ Gás

Preço do gás desce menos em Lisboa do que no interiorDiarioEconomico.com - 2 horas atrásEm Lisboa desce menos porque o regulador quer um preço único no país. Numa época em que a subida dos preços dos combustíveis é a palavra de ordem, ...Tarifas vão baixar 3,4% em Julho TVIFamílias vão poupar até 4,5 euros no gás a partir de Julho Diário IOLFamílias vão poupar até 4,5 euros no gás a partir de Julho IOL

Promessa não cumprida. Mais uma

Lisboa: 500 moradores protestam - Cerca de 500 moradores do Bairro das Amendoeiras, em Chelas, Lisboa, concentraram-se ontem ao final da tarde frente ao edifício do Instituto de Habitação, onde a comissão... - Correio da Manhã 17, Jun 2008 - 02:20

Mau caminho

Carvalho da Silva critica política de "cedências" do Governo - O secretário-geral da CGTP, Carvalho da Silva, criticou hoje a política de "cedências" que o Governo tem levado a cabo nas últimas semanas para responder à insatisfação de alguns sectores devido ao aumento dos preços dos combustíveis.

Linha de Sintra

Maioria dos utentes insatisfeitos - Setenta e nove por cento dos utentes da Linha de Sintra estão descontentes com os novos horários dos comboios, implementados depois da reabertura do túnel do Rossio. - Rádio Renascença 16, Jun 2008 - 20:07

segunda-feira, junho 16, 2008

Painel PSD total

Na SIC Notícias agora mesmo à minha frente. Debate sobre futebol (mais uuuuum, mais uuuuum: ao mesmo decorre na RTP o Prós e Contras. Tema: futebol, para variar). Volto à SIC N. Um painel de três comentadores: um do Porto (Guilherme Aguiar), um do Benfica (F. Seara) e um do Sporting (Dias Ferreira). Três militantes do PSD. De três facções do PSD. Ou seja: PSD total. Num canal de um militante do PSD (Pinto Balsemão, para quem ande muito distraído). De todas as facções.

Sondagem Aximage

«Intenção de voto em Junho
PS – 35,2 %
PSD – 30,3 %
CDU – 7,8 %
CDS-PP – 3,7 %
BE – 7,8 % (há erro no original)».

«No último mês, o PS perdeu 1,3 pontos, os mesmos que o PSD ganhou no mesmo período. Os partidos à esquerda pararam de crescer (o BE ficou nos 7,8% e a CDU desceu de 8,2 para 7,8%) e, à direita, o CDS continua nos 3,7%. Pode isto significar que a subida do PSD desde Abril (mais 4% desde a saída de Menezes da liderança) se deve à transferência de intenção de voto do eleitorado do centro-direita.»
Ler mais aqui e ainda mais aqui.

70 buzinões no País amanhã às 5 e meia até ás seis... - Uma proposta do MUSP


Leia os pormenores todos aqui...: «Protesto confirmado em 70 locais diferentes do país - "Buzinão" esperado para amanhã contra aumento dos combustíveis - 16.06.2008 - 18h32 - Lusa
Milhares de buzinas deverão soar amanhã em quase todo o país, numa acção nacional de protesto contra o aumento dos combustíveis promovida pelo Movimento dos Utentes dos Serviços Públicos (MUSP), à qual aderem várias estruturas congéneres."É uma forma de fazer sentir ao Governo a insatisfação e a indignação" dos cidadãos, explicou à Lusa o presidente do MUSP, adiantando que estão confirmados mais de 70 "buzinões" em diferentes locais do país, incluindo as capitais de distrito.»

Em Lisboa e noutros pontos
«Em Lisboa, o "buzinão" vai ter lugar entre o Marquês de Pombal/Saldanha, Alcântara e Campo Grande/Parque das Nações.»
«As acções, que vão decorrer entre as 17h45 e as 18h00, estão a ser mobilizadas por diversas comissões de utentes, sindicatos e organizações sócio-profissionais.
Realizam-se também iniciativas em Almada e no Seixal, entre as 17h00 e as 19h00, e um buzinão com marcha lenta entre as 07h00 e as 09h00.
Setúbal, Oeiras, Vila Franca de Xira, Loures, Azambuja/Alenquer, Porto, Vila Real de Santo António, Olhão, Silves, Lagos, Castelo Branco, Covilhã e Viseu são outras cidades com protestos agendados entre as 17h45 e as 18h00.»

domingo, junho 15, 2008

Registe...

... Marques Mendes diz que poode voltar...

Obama, a cor da pele e Luther King

Não é pela cor da pele. Desta gostei mesmo, V.D..

Apesar dos apesares...

APEL faz balanço positivo da Feira do Livro - A Associação Portuguesa de Editores e Livreiros (APEL) faz um balanço positivo da edição deste ano da Feira do Livro de Lisboa, que termina este domingo. - Rádio Renascença 15, Jun 2008 - 20:35 Enviar por email

BE aproveita para lançar um tal «José Soeiro»... para lançar a confusão

Não pode ser por outra razão se não para lançar a confusão. Há uns dias, aquando daquela charada alegrista-bloquista, o Bloco aproveitou para lançar um nome que «por mero acaso» coincide com o do conhecido deputado por Beja. Só que um é um jovem em ascensão meteórica. O outro foi caldeado na luta. Veja as fotos. Currículo, só conheço um e deixo-lho aí também. Resista à baralhação. A mesquinhez tem destas coisas - esperteza saloia à parte. às vezes, a confusão dá jeito a certas pessoas e organizações. Falta de nível - é o que é.

Violência escolar


Em discussão na Comissão Parlamentar
de Educação
esta semana
e na próxima. Leia no DN.

Poucas vendas no Parque Eduardo VII

Os últimos seis ou sete anos da Feira do Livro têm sido péssimos, segundo os editores e livreiros. Este ano foi ainda pior. É a crise, claro. Ver no DN.

sábado, junho 14, 2008

PSD e CML / 2009

Lisboa
Tal como em Dezembro de 2001, a conquista da Câmara de Lisboa (por Pedro Santana Lopes) ao PS representou um trampolim para José Manuel Durão Barroso ganhar as legislativas em Março de 2002, a situação em 2009 não é muito diferente. Caso o calendário não junte as duas eleições, o candidato de Lisboa é outro dos grandes desafios da nova líder do PSD. A tentação em convidar Pedro Santana Lopes é grande junto da nova entourage do PSD, mas há quem prefira Fernando Seara, apoiante de última hora nas directas, e até António Capucho. Neste último caso, há quem aposte num cenário de remeter Santana para Cascais e fazer avançar Capucho em Lisboa.
DN

Sem rebuço. No Brasil a coisa é anunciada assim: PRIVATIZAÇÃO. Ponto. Mais simples não era possível...

Novo aeroporto será construído em Alcochete, na margem sul do rio Tejo - Portugal Digital - 4 horas atrásSão Paulo - A construtora Norberto Odebrecht está formando um consórcio para participar da privatização e construção do novo aeroporto de Lisboa, ...

Irlandeses: aguentem aí!

Não custa nada: até à vitória final. É só repetir, repetir, repetir até que o resultado agrade. É o que acho que se podia começar a fazer nas legislativas: repetir, repetir até...
Deve ser uma nova regra da democracia à moda eurocrática... Veja só o desplante:
Nova votação para salvar Tratado de Lisboa - Diário IOL - 3 horas atrás - Para salvar o Tratado de Lisboa «não há outra solução» senão uma nova votação pelos irlandeses, mas isso depois de uma «adaptação» do texto ao país, ...
.
Se é por esta via que se salvam as carreiras dos vários Sócrates por essa Europa fora, confesso que mais lhes valia ficarem assim: derrotados: é um preço demasiado alto: as pessoas acabarão a reflectir e a perceber que esta palhaçada não dignifica quem a defende... Lembra-se, ontem?: José Sócrates encara «não» irlandês como derrota O- Primeiro-ministro português considerou sexta-feira como uma derrota o «não» da Irlanda ao Tratado de Lisboa, mas defendeu que o processo de ratificação «deve continuar... TVI - Informação 14, Jun 2008 - 18:49
.
Honra seja feita ao El Pais: «"Crisis, caos, desconcierto, incertidumbre", éstas fueron las primeras manifestaciones que trascendieron ayer entre la clase política europea a medida que iba tomando cuerpo el rechazo del Tratado de Lisboa por los irlandeses. El proyecto europeo volvió ayer a naufragar, esta vez, de la mano de Irlanda, el único país que se atrevió a consultar a sus ciudadanos el texto que sustituía y recogía la sustancia de la Constitución.»
E já ontem tinha gostado do outro título, bem real: "El País: «Irlanda mergulha UE na sua pior crise» - Irlandeses, que representam 1 por cento dos 500 milhões de Europeus, disseram não ao Tratado de Lisboa" - citado em 'Portugal Diário' 14, Jun 2008 - 10:59»

sexta-feira, junho 13, 2008

Ainda parece ficção científica. Mas daqui por quatro ou cinco meses teremos de equacionar este tipo de coisas e outras...

Como será com a Câmara de Lisboa se o PS perder a maioria absoluta no País? E se Sócrates não quiser ver-se na contingência de ter maioria relativa e virar as costas? E se, nesse quadro, o PSD com uma lista só para a Câmara de Lisboa?
Eis uma série de novos raciocínios.
Leia o que escrevi sobre essas novas hipóteses, aqui. Por exemplo, que «(...) aposto em como, se Sócrates hesitar mesmo, António Costa pensará duas vezes.
Não por causa de Santana. Esse já morreu. Nem Manuela Ferreira Leite ia nessa. Seria o descrédito global do PSD para mais de 20 anos.
Mas por causa de três factores distintos: 1º - a baixa votação que o PS obteve, a que se junta... 2º - o desgaste assustador que Sá Fernandes acarretou (não está a somar nada: está a subtrair); e, 3º - a elevada probabilidade de Carmona e PSD / Ferreira Leite juntarem votações. (...)
»
.
Actualização
Perguntam-me alguns amigos: «Mas porquê deixar de fora desta análise o movimento de Helena Roseta?»
(Antes de mais pode ler aqui um 'aproach' aos «Cidadãos». Aí se recorda que «em recente jantar de comemoração do primeiro ano do movimento, ficou desde já garantido que este se apresentará de novo a votos "até porque temos de prestar contas aos eleitores"».)
Mas há mais do que isso: entendo que o chamado MIC de Manuel Alegre, mas sobretudo os chamados CPL estão cada vez menos na área do PS. Penso isso por muitas razões que cada vez mais me convencem de que tenho razão desde o início - Junho/Julho de 2007. Desde logo, o afastamento de Ana Sara Brito que integrou a lista de António Costa; depois as ligações directas ao movimento de cidadãos auto-mobilizados, liderado por Manuel João Ramos; mas também a composição do staff de Roseta - ninguém ligado sequer ao PS, ex-PS... o que se queira; finalmente, a falta de qualquer ligação ao terreno: juntas de freguesia, secções - seja o que for ligado ao PS em toda a cidade de Lisboa: nada. A «rua PS», em 2007, ainda respondeu à chamada com uns milhares de votos. Mas vai responder cada vez menos. Note que eu não falei aqui de a votação de Roseta baixar: falei de a «rua PS» cair nos CPL. Que vão perder muita dessa rua PS, mas que poderão manter a votação mercê de outros fenómenos. Por exemplo: potenciando a actual visibilidade mediática de Roseta (nas redacções quase todas ela é uma espécie de novo fenómeno Sá Fernandes dos anos 2000-2007, arrebanhando por isso muitos dos votos que na altura engrossaram o BE, em consequência dessa visibilidade do cavaleiro das providências cautelares, expressando desse modo a sua esperança em Sá Fernandes, hoje longe dessa aura. Roseta beneficiará destes dois factores (sua visibilidade e desilusão e desagregação dos votos expressos no BE). Mas em curta medida, sempre.
Foi por tudo isso que não contabilizei os CPL na análise nacional/lisboeta do entrosamento de votos PS/PSD... parece complicado. Mas não é: é até bem mais simples do que parece.

Sapadores / Lisboa

Lisboa: Joaquim Leitão sucede a António Antunes no comando do Regimento de Sapadores Bombeiros - Fonte: Sol Publicado há 6 horas - O actual comandante mantém-se em funções até ao seu sucessor, actual segundo comandante da Autoridade Nacional de Protecção Civil, tomar posse, o que acontecerá «em breve», afirmou a fonte.

Irlanda diz NÃO

Marvila!

- Marvila vence marchas de Lisboa - Jornal de Notícias- Marvila vence marchas de Lisboa Jornal de Notícias - 51 minutos atrás Marvila venceu as marchas populares que desfilaram quinta-feira à noite, em Lisboa, no âmbito das festas da cidade organizadas h
10:55 AM
- Marvila vence marchas de Lisboa - Jornal de Notícias
- Marvila vence marchas de LisboaJornal de Notícias - 51 minutos atrásMarvila venceu as marchas populares que desfilaram quinta-feira à noite, em Lisboa, no âmbito das festas da cidade organizadas há 65 anos pela câmara ...

Novo inquérito neste blog

Abri uma sondagem aqui ao lado: é sobre o aluguer de espaços públicos em Lisboa. Abra. Vote.

Dignidade, pede Ruben

Com tanto aluguer de espaços públicos para publicidade, já estamos no caminho da poluição visual... diz Helena Roseta. E está de certeza em causa a «dignidade do espaço público» / Para o vereador da CDU Ruben de Carvalho, está em causa a «dignidadedo espaço público». Ruben de Carvalho encara as contrapartidas prestadas pelas empresas àautarquia como uma «substituição de obrigatoriedades da Câmara». «Abdica-se de obrigações municipais perante cedências a privados», sustentou. O vereador comunista contesta ainda a «poluição visual» que,considera, advém destas iniciativas.» / Lusa

Coincidência: todas as 6 são do PSD

Juntas de freguesia de Lisboa propõem plano de emergência para combater pobreza - Fonte: Público - Publicado ontem às 9 horas - Juntas de freguesia de Lisboa propõem plano de emergência para combater...presidentes de seis Juntas de Freguesia de Lisboa reuniram ontem com Paula Teixeira da...PÚBLICO fonte da Assembleia Municipal de Lisboa (AML). Paula Teixeira da Cruz disse...

Curioso

Paralisação das transportadoras: Porta-voz dos camionistas é militante activo do PSD - Fonte: Diário Económico - Publicado ontem às 17 horas - ...de Évora. E, recentemente, fez parte da comissão de honra da candidatura de Fernando Negrão à presidência da câmara de Lisboa – onde ele próprio se candidatou a presidente da Junta de Freguesia de São Nicolau. Sem sucesso. No último mês, foi o...

Mas não é só a crise

«Avenida magra para ver as marchas -01h53m - ricardo paz barroso - A baixa afluência de público à avenida por onde se desenrola a Marcha de Santo António, em Lisboa, não tirou pujança aos marchantes de Santo António, que, por entre nervos, sorrisos e coreografias, tentaram convencer o júri do seu valor.»
JN

Pessoa: desde ontem também no Largo de São Carlos


Câmara de Lisboa inaugura nova escultura de Pessoa - Expresso - 7 horas atrásA escultura do belga Jean-Michel Folon, "Hommage à Pessoa", adquirida pela Câmara Municipal de Lisboa na sequência da exposição que teve lugar no Castelo de ...
Foi ontem.

Irlanda em referendo

«Tratado de Lisboa. A taxa de participação do eleitorado da Irlanda no referendo ao documento europeu ficou perto dos 40%, uma situação que poderá favorecer o "não". A verificar-se este resultado e perante a ausência de um plano alternativo, a União Europeia corre o risco de viver mais uma crise / Os resultados oficiais são divulgados hoje (...)» DN.

Scolari, sacanote também...

Por sua culpa... «o presidente da FPF foi o último a saber que, em vez de viajar para Lisboa, tinha de ficar na Suíça a controlar danos antes de iniciar a procura de um novo seleccionador.»
António Tadeia, DN

quinta-feira, junho 12, 2008

Tiros em Monsanto


Ainda o Clube de Tiro. Leia aqui sobre a indignação justa da Plataforma por Monsanto. Mas para que não se diga que só se ouviu uma parte, pode ter acesso aqui à posição da Direcção do Clube. Sugiro que leia sobretudo o relato atinente aos factos dos dias 20 de Janeiro e 27 de Fevereiro deste ano. Desconheço se houve diligências e desfechos posteriores. Lamentavelmente ninguém da CML falou sequer disto que aqui vemos chapado no site do Clube. Coisas destas não se compadecem com a mera rasteira politicóide. Deviam ser aclaradas. Totalmente aclaradas junto da opinião pública. Desafio o Gabinete de Sá Fernandes a ser claro. Mais claro. Muito mais claro: o que é que realmente se passou, o que é que se passa, o que é que se vai passar? Dizer apenas tipo sacudir a água do capote que «ah, não sabíamos, e tal» - é coisa pouca, é coisa nenhuma. Pés no chão, malta. Coisa séria, (wo)men.

A minha carreira política, diz Sócrates


José Sócrates sobre Tratado de Lisboa - "É fundamental para a minha carreira política"
Sic - País 12, Jun 2008 - 19:36
Sócrates admite que Tratado de Lisboa «é fundamental» para a sua carreira - Destak- 12, Jun 2008 - 16:16
.
À esquerda tem o botão do vídeo. Accione-o, por favor. E agora dê atenção à desfaçatez de Sócrates: o homem tinha mesmo acabado de dizer que não podia esquecer o Tratado de Lisboa nem o referendo na Irlanda porque o Tratado é importante para o Governo, é importante na sua carreira política. Pois bem, ouvimo-lo dizer exactamente isso e depois, quando Heloísa Apolónia o confronta consigo mesmo, vejam a cara de espanto dele.
Como é possível tanta cara de pau? Veja o vídeo da SIC Notícias. É muito instrutivo de uma certa forma de estar na vida pública: sem vergonha nenhuma. Lamento. Mas está na cara.

Silêncio e tanta gente

Não tenho nada a ver com isso. Ou até tenho, sei lá.
(Quero que o PS perca a maioria absoluta, isso quero. Por um lado, através do crescimento da CDU e por outro por todos os meios ao alcance das várias franjas da sociedade.)
Repito: não tenho nada a ver com isso. Mas... ninguém acha estranha a letargia do PSD nacional, local, geral? Que silêncio... Que bom...

Mas isto é possível? Tiros continuam em Monsanto...


No dia 1 de Junho, os miúdos de muitas escolas foram a Monsanto celebrar o seu dia. Pois bem: enquanto «estas crianças participavam nas comemorações do dito dia, com acções de sensibilização ambiental, brincadeiras, leitura e outras actividades. Ao mesmo tempo, ao lado, no Clube Português de tiro a chumbo, com a conivência de sempre por parte da CML e da maioria dos seus vereadores umas quantas pessoas incomodavam estas mesmas crianças com tiros de caçadeira, poluíam os solos com chumbo e punham em perigo a sua integridade física».
Quem assim denuncia o crime ambiental que pelos vistos continua sem pudor é a Plataforma por Monsanto. Que aqui denuncia mais coisas e mostra outras preocupações, poor exemplo, com o Festival DeltaTejo que aí vem...
E agora, senhor Vereador Sá Fernandes? Ainda vai permitir que os membros do seu Gabinete se arroguem em paladinos dos Espaços Verdes? Ou aquele bocadinho de Monsanto, o Clube de Tiro a Chumbo que foi proibido, não é um «Espaço Verde»????
Longe vão os tempos em que tudo o que é site e blogs do BE transcreviam comunicados da Plataforma e sobretudo o de Novembro em que se saudava a ordem da CML de fim do Clube de Tiro ali. Hoje, os comunicados da Plataforma não merecem nem uma linha, senhores «ambientalistas» de bons ambientes... nos Paços do Concelho?
E o pior é o silêncio sobre os factos. Isto já aconteceu há 11 dias. Não deram conta? Ninguém os alertou? Foi preciso ser a Plataforma a vir a lume. Lamentável. Lamentável. Estou enfurecido e até um pouco envergonhado com isto.
Isto é possível no meu país... É mesmo possível. Eles afinal continuam lá aos tiros. Naquele dia deu-se conta. Mas... e no resto dos diads do resto dos anos?

Agora as portagens?

12-06-2008 - Portagens podem aumentar em Lisboa - O Tribunal de Justiça europeu vai hoje decidir se é ou não legal a aplicação da taxa reduzida de IVA, às portagens.

Acabou!

Esta madrugada começaram a desmobilizar - Camionistas suspendem paralisação - O protesto dos camionistas foi suspenso esta madrugada. O anúncio do fim dos piquetes aconteceu por volta das 02h00, de acordo com a RTP. O bloqueio foi levantado aos poucos e ao longo da madrugada a desmobilização foi grande.
Combustíveis - Protesto chega ao fim, Governo confirma medidas - Hoje às 06:48O protesto das transportadoras de mercadorias chegou ao fim com o anúncio do levantamento dos piquetes. Entretanto, o Governo confirmou a aplicação de algumas medidas de ajuda ao sector dos transportes. - Mário Lino confirma aplicação de medidas para transportadoras - Protesto de transportadoras chega ao fim

quarta-feira, junho 11, 2008

Ciclovias

19:00 - Lisboa: Rede de bicicletas de uso partilhado criada no Verão do próximo ano Lisboa, 11 Jun (Lusa) - A Câmara de Lisboa aprovou hoje um estudo para a criação de um sistema de bicicletas de uso partilhado, com cerca de 2500 bicicletas distribuídas por 250 postos na cidade.
«O vereador comunista Ruben de Carvalho defendeu que o estudo hoje aprovado não esclarece eventuais responsabilidades jurídicas em caso de acidente dos ciclistas.
A CDU teme ainda outros "problemas de segurança" decorrentes de uma utilização massiva e não controlada daquele meio de transporte.
"Dada a forma como está o espaço público andar de bicicleta vai ser uma aventura", argumentou.»

Narciso / última hora

Narciso Miranda pode ser expulso do PSRádio Clube - Lisboa,Lisboa,Portugal... será expulso do partido, a não ser que, antes, decida desfiliar-se eentregar o cartão de militante, tal como fez Helena Roseta. ...<http://radioclube.clix.pt/noticias/body.aspx?id=9324>

Greve? Lock out? Paralisação? E até com ordenados pagos?



Apesar dos muitos títulos de 'Greve', manda a verdade que se diga a verdade.

1. Os camionistas, por eles mesmos...
«A comissão de empresários do sector dos transportes que está a promover o protesto – idêntico ao que hoje tem início também em Espanha – rejeita a existência de qualquer ilegalidade. Diz que se trata de uma paralisação e não de uma greve. “Mesmo que os trabalhadores parem vão receber os salários normalmente”, afirma Jorge Lemos, membro da comissão. Mais: os donos das empresas “têm legitimidade para fazer parar as frotas”.»

2. Sindicatos, firmes...
«Amável Alves compreende as reivindicações das empresas. Mas aconselha os trabalhadores por conta de outrem a não aderirem ao protesto. “A greve é um direito apenas dos trabalhadores. Quem hoje chegar ao seu local de trabalho e receber ordens para não sair com o camião, deve dizer-nos: ‘O meu patrão está a impedir-me de trabalhar.’” O sindicato afecto à CGTP denunciará as empresas junto do Governo. “Contestamos que os trabalhadores sejam usados como um instrumento de luta das entidades patronais. E é preciso que se diga que estas são as mesmas entidades que há 11 anos recusam rever os contratos colectivos de trabalho, que pagam salários desactualizados e que fazem os trabalhadores trabalhar 12, 13, 14 horas sem descanso”, acrescenta o sindicalista.»

3. Associação empresarial...
«Contudo, a direcção da Antram não se associa à paralisação, porque estão em curso negociações com o Governo. Para quarta-feira (hoje) está marcada mais uma reunião.»

Lido em 'Público Última Hora', ontem de manhã, às 8 e tal... Nada foi alterado até agora...

Porto / Benfica (em futebol, claro)

O mal de uns é o conforto dos outros...

It's the economy...

"As obras de engenharia civil são as únicas que vão crescer, pois no sector da habitação não há grandes melhorias", diz o presidente da AECOPS, Ricardo Pedrosa Gomes - leio no 'JN', a propósito de este crescimento resultar da injecção de contratos feito pelo Governo através da adjudicação de obras públicas.
Espero que não seja... p'ròs mesmos..., como é habitual sempre, a um ano de eleições.

Só este!

Santana também quer uma medalha da República.
(Ou da raça?)
(Ou da Raça? - que gaffe, man!!!!).
E reclama no blog - Santana: só ele... Diz o 'CM', aqui.

Por causa de ser apupado

Ontem, em Viana, Sócrates «ignorou» o documento que o STAL lhe quis entregar. (Cavaco disse a um assessor para recolher o documento).
Registe. Li no 'CM'.
O 'Expresso' regista que nas t'shirts havia inscrições como «Também somos Portugal» e que os manifestantes anti-Sócrates eram da CGTP.

A propósito das (péssimas) contas das empresas municipais

Leio agora no 'CM': «Cardoso da Silva diz que o cenário é "pouco animador" mas recusa entrar em pormenores antes de discutir a situação com o executivo camarário» - honra lhe seja feita. Não é essa a regra daquela casa... Ali já tem acontecido de tudo, mesnos isto, que é o que se devia esperar de uma insituição colegial:
1. Os vereadores e seus gabinetes saberem do aluguer da Praça das Flores pelos jornais;
2. Serem os jornalistas (portanto ainda antes de as edições sairem) a darem a notícia;
3. Nada se daber nem pelos jornais e as coisas acontecerem;
4. Haver negociações a decorrer para determinado fim, realizar-se uma sessão ou mesmo um contacto a pedido de alguém com pelouros - e mais tarde sabermos que toda a informação fora sonegada...
De tudo. Por isso, registo uma declaração que seria normalíssima para mim há uns anos atrás. Hoje, é uma coisa extraordinária...

terça-feira, junho 10, 2008

Se os Sindicatos se distanciaram, como é que isto é uma greve? Se é de patrões, não é lock out - proibidíssimo?

O que é que se passa?
2008-06-10 14:52
Camionistas
Paralisação suspensa no centro do país
Em Lisboa e no Algarve os piquetes mantêm-se.
Ao segundo dia de greve a paralisação das empresas de transporte de mercadorias está suspensa em alguns pontos do centro do país. Mas, em Lisboa e no Algarve os piquetes mantêm-se.
Esta madrugada de terça-feira a paralisação chegou a ser suspensa, mas por pouco tempo. Por volta das duas da manhã, a comissão organizadora do protesto dava o dito pelo não dito e cumpria a vontade manifestada pela maioria dos piquetes que ia contra a desmobilização.
Já na região Centro, os camionistas começaram a fazer-se à estrada aos primeiros sinais do dia. Na zona de Coimbra, Figueira da Foz e Pombal a paralisação não resistiu à segunda noite passada ao relento. Mas em Souselas e no IP3, junto à Portela do Mondego ainda resistiam vários grupos de piquetes.
Também em Aveiras, perto de Lisboa, patrões e empregados mantiveram-se firmes durante a noite e todos os camiões que por aqui passaram tiveram de parar. No Sul e em alguns postos da região centro mantém-se a paralisação e ainda se vêm muitos camiões encostados na beira da estrada.
TVI

Esquadra da PSP do Alto do Lumiar / Perguntas com pontos de fuga


Sr. Deputado Miguel Coelho,

O Senhor decidiu «solicitar (a 6 de Junho) ao Sr. Ministro da Administração Interna que informe: 1º - Que critérios levaram a Direcção Nacional da PSP a alterar unilateralmente o uso das instalações cedidas pela Câmara Municipal de Lisboa; 2º - Se é intenção da Direcção Nacional da PSP cumprir o espírito do Protocolo estabelecido, instalando uma esquadra policial que sirva com eficácia o conjunto das populações residentes nas freguesias que integram o Alto do Lumiar.»
O modelo de pergunta sugere já duas respostas anunciadas: «Eficácia» para a primeira e «Sim» para a segunda. E pronto: fica o calendário cumprido, como se diz na gíria da actividade política. Aliás, na introdução às perguntas, o Sr. Deputado não mostra grande fé na concretização da tal «esquadra policial» para «o Alto do Lumiar», já que diz, a páginas tantas: «Acontece que esta esquadra policial iria servir uma das zonas de maior expansão da cidade de Lisboa, a qual abrange uma camada significativa de populações e apresenta alguns problemas complexos em matéria de segurança pública.»
Repare. «iria servir». Não escreveu: «vai servir» nem «deve servir». Escreveu «iria», no condicional - uma forma verbal que, usada nestes contextos, significa rigorosamente («iria», mas) já não vai servir. O Senhor lá saberá. O Senhor certamente sabe que já não vai haver ali esquadra nenhuma de policiamento de proximidade. O seu instinto traíu-o? O Senhor sabe mais do que nos diz?
A coisa está decidida? (E o Senhor parece sabê-lo muito bem.)
Ou seja, resumindo e concluindo: eu leio que «esquadra» para policiamento já era.
E leio isso porque suponho que o Senhor está mais informado do que eu e fala no condicional e faz aquelas perguntas meio escapatórias.
Porque saberá que não vai haver policiamento. Mas tem de fazer o requerimento porque os militantes e as populações (eleitores) do Alto do Lumiar o desejam. Mas não haverá esquadra de policiamento de proximidade naquela zona, suponho.
Lamentavelmente, é isso que leio no seu requerimento: Bye-bye, esquadra de policiamento do Lumiar.
Mas o Senhor fez aquelas perguntas. Note: aquelas e não outras. Porque já saberá, deduzo, que elas não vão alterar nada daquilo que o MAI (o MAI, Sr. Deputado, e não a PSP) já decidiu.
Como é evidente para qualquer cidadão com dois olhos na testa.
Mas se o Senhor, como Deputado do PS, com o poder de encosto que isso lhe confere, perguntasse ao MAI quando e onde é que... isso, sim, podia ajudar à segurança do Lumiar. E se perguntasse se «estas instalações actualmente já disponíveis vão ser usadas para o fim com que foram cedidas (polícia de policiamento e não polícia de outra coisa, como o trânsito, por exemplo», então, ainda melhor.

Desculpe a intromissão. Ficam as sugestões para que as perguntas ao Dr. Rui Pereira possam um dia destes ser feitas mas sem pontos de fuga.

D. Stanley, o Magnânimo

Estado pode ficar com casino... "por 40 milhões" - Casino Lisboa. Mário Assis Ferreira, administrador da Estoril Sol, diz que o Estado pode ficar com edifício, desde que sejam renegociadas as contrapartidas financeiras...
Diário de Notícias 10, Jun 2008 - 02:00

segunda-feira, junho 09, 2008

Para que conste...

... e para que não me venham tapar os olhos. Divergências entre Sá Fernandes e o BE ou parcelas dele, sempre as houve, sempre se perceberam. E são mais do que estas aqui referidas. Mas para memória futura, «linko» estas aqui.

Alta de Lisboa

Comece por ler aqui o que inseri neste blog há cinco dias.
Notícias da semana passada dão como certo que «a Sociedade Gestora da Alta de Lisboa (SGAL) vai investir 5 milhões de euros para «resolver» as reclamações dos já residentes neste projecto urbanístico, nos próximos 18 meses» (...).
In Diário Económico
Eis aqui um pouco de história sobre a Alta de Lisboa:
«O Plano de Urbanização do Alto do Lumiar (PUAL), hoje conhecido como Alta de Lisboa, foi concebido na década de 80 e aprovado em 1998. Visava acabar com os bairros degradados da zona, criando áreas habitacionais condignas, através do realojamento e também a construção de habitações de venda livre, num espaço total de 300 hectares.
Para o efeito, a CML celebrou uma parceria com uma entidade privada, SGAL-Sociedade Gestora da Alta de Lisboa, segundo a qual a autarquia cedia os terrenos e a SGAL assumia os custos da construção das habitações e de vários equipamentos e infra-estruturas viárias.
Actualmente, a Alta de Lisboa é a zona de maior expansão da cidade, contando com uma população de 32 mil habitantes, 6% da população da capital, prevendo-se atingir os 65 mil residentes, na data da conclusão do projecto, em 2016.
Os moradores da Alta de Lisboa têm manifestado publicamente a sua preocupação com o atraso na execução do PUAL, sobretudo com a necessidade da melhoria das acessibilidades. A abertura do troço do Eixo Norte-Sul foi fundamental, mas falta ainda a conclusão da nova Avenida Santos e Castro, da Porta-Sul em Calvanas, e a construção do Eixo Central. Por outro lado, são também reclamadas mais e melhores redes de transportes públicos, equipamentos escolares e outros de cariz social que, no conjunto, contribuam para uma boa qualidade de vida das populações. Por fim, é exigido que sejam criadas todas as condições para uma eficaz segurança de pessoas e bens.»
In site concelhio do PS/Lisboa

Então o negócio era só este? Não acredito...

Candidato presidencial “fortíssimo” - O líder do Bloco de Esquerda, Francisco Louçã, defende que o histórico socialista Manuel Alegre seria o candidato às próximas eleições presidenciais (...)