sexta-feira, fevereiro 29, 2008

Menezes debaixo de fogo

Coitado de Luís Filipe Menezes. Ninguém o apoia. Há aí um blog de malta do PSD que fa'xavor... Chama-se apropriadamente «Guerras...». Não meto link para não criar mais «guerras». Ou meto? Mas nem era disso que ia falar. É que fui agora ao Sol on line /Política e o que me deu logo nas vistas? Que o artigo mais lido, com mais de 4300 visitas é exactamente aquele de Menezes ter irritado Cavaco Silva e ter entrado em guerra com Santana Lopes. É este. Até Manuela Ferreira Leite há dias veio deixar no ar que em 2009 já haveria outra situação no PSD. E há dias houve aí uma nota pequena que muito me chamou a atenção e para a qual chamei a sua atenção aqui. Tem a ver com um nome que cada vez mais se perfila: António Borges (não é a primeira vez e antes nunca avançou, mas nada me admirava que desta vez fosse mesmo avante - se houver condições para eleições directas antes de 2009). Santana com as suas jornadas parlamentares itinerantes e Morais Sarmento por causa das taxas e da publicidade na RTP e a Ordem dos Médicos noutro plano mas não menos preocupante para Menezes serão as dores de barriga desta semana de Menezes. Ou seja: Não dão descanso ao homem. Estão a dar descanso ao Governo. Que, apesar das dores de tanta constestação na rua, tem a consolação de não haver aí uma alternativa à vista - e simula que tudo está no melhor dos mundos e até assobia para o ar. Isto é: quanto mais atacam Menezes sem encontrarem alternativa, mais descansado anda Sócrates, mesmo sem maioria absoluta nas sondagens de hoje (é esse o traço de união de todas).
Paralelamente e também noutro plano ou talvez não: soube-se esta tarde que cinco deputados municipais do PSD / Montijo renunciaram ao mandato - de uma vez. Intrigante...

PJ e MP ás turras. Ministro deu aval. Que burrice...

Considerando tudo o que se tem sabido e mais isto... ainda bem que antevi logo a gravidade da coisa... aqui e que fui informando a evolução, como, por exemplo, aqui..

1,39 euros... Estes idosos são uns malandros...

A multinacional LIDL acusa em tribunal uma idosa... sabem de quê? De tentar roubar um creme que vale 1,39 euros... Grandes malandros, estes idosos... «(...)um creme para as mãos, no valor de 1,39 euros, no supermercado Lidl. A administração da unidade de Paços de Ferreira desta multinacional alega que Nazaré Gomes tentou furtar o produto, mas a idosa declara que apenas se esqueceu do creme no fundo do saco no qual transportava também embalagens de sal e massa». DN

Sondagem Marktest




quinta-feira, fevereiro 28, 2008

Bairro Alto

Lisboa: António Costa disponível para acordo com comerciantes do Bairro Alto - O autarca socialista afirmou que a julgar pelos protestos, os comerciantes "não terão compreendido" o processo de discussão pública que termina sexta-feira: "foram notificados para se pronunciarem sob......RTP - Nacional (28/02/2008)
Lisboa: António Costa disponível para acordo com comerciantes do Bairro Alto - O presidente da Câmara de Lisboa, António Costa, afirmou hoje que está disposto a chegar a acordo com os comerciantes do Bairro Alto que contestam a proposta da autarquia de reduzir os horários de funcionamento....Visão (28/02/2008)

Negócios CML-EPUL-Benfica

Futebol: António Costa sem comentários sobre investigação da PJ aos negócio..."Não tenho nenhum comentário a fazer. É uma de várias investigações em curso com a qual temos colaborado conforme temos sido solicitados", afirmou António Costa aos jornalistas à margem da apresentação ......RTP - Nacional (28/02/2008)
Futebol: António Costa sem comentários sobre investigação da PJ aos negócio... - António Costa escusou-se hoje a comentar a investigação da Polícia Judiciária aos contratos entre a Câmara de Lisboa e o Sport Lisboa e Benfica, afirmando apenas que a autarquia "tem colaborado"....Visão (28/02/2008)

Marvila não é gueto

Moradores acusam autoridades de transformarem Marvila em «guetos para pobrezinhos»: A Associação Tempo de Mudar do Bairro dos Lóios acusa as autoridades de transformarem a «freguesia de Marvila em guetos para pobrezinhos», com todas as implicações sociais que daí advêm, explicou hoje à Lusa um elemento da direcção (...).

Bairro Alto

Horários e ruído estiveram ontem mais uma vez na sessão. Moradores deram a sua versão das coisas. Hoje começa a discussão dos novos horários do comércio do bairro: Lisboa: Câmara e comerciantes do Bairro Alto discutem hoje redução dos horários nocturnos - Fonte: RTP Publicado há 45 minutos- ...fazê-lo de forma a equilibrar esta estrutura complexa que é o Bairro Alto", salientou Delino Costa, que acusa a Câmara de Lisboa de estar a hostilizar quem "menos merece, e quem tem uma relação de décadas com o Bairro Alto". Em causa está a proposta...

quarta-feira, fevereiro 27, 2008

Sesimbra esclarece um pouco mais

Para quem tenha interesse: «(...) o Acordo do Meco não foi aprovado por um vereador mas sim por unanimidade pelo executivo do mandato anterior. Essa unanimidade repetiu-se na Assembleia Municipal. 2. O Plano de Pormenor da Zona Sul da Mata de Sesimbra cumpriu todos os trâmites exigidos por lei (...)».
In Rostos on line, hoje

Mera curiosidade...

Por mera curiosidade, veja o que li hoje, por alerta do Destakes (não é o jornal: é um site de alertas de informação). Refere-se ao percurso ideológico da ministra da Educação, do anarquismo até à 5 de Outubro. É aqui.

1287 empresas recebem da CML mais de 20 M €

Câmara de Lisboa liberta 20,4 milhões de euros para pagar dívidas - A Câmara de Lisboa aprovou hoje, por unanimidade, uma alteração ao orçamento da autarquia que liberta 20,4 milhões de euros para pagar as dívidas do município a 1287 empresas. ...Público - Geral (27/02/2008)

Carris outra vez contestada

Lisboa: Comissão de Utentes da Carris protesta contra reestruturação de carreiras - Lisboa, 27 Fev (Lusa)- Membros da Comissão de Utentes da Carris protestaram hoje contra a redução dos horários e carreiras na Estrada de Benfica que resultou do projecto de reestruturação `Rede 7`. Em declarações à agência Lusa, Carlos Moura, coordenador do Movimento, defendeu a necessidade de um transporte "mais confortável, em menos tempo e a custo reduzido" pois são estas as regras básicas do transporte público, adiantando que o Movimento tem propostas para garantir um transporte mais justo. (...)

terça-feira, fevereiro 26, 2008

Lisboa pouco amiga dos lisboetas...

Leia aqui os recortes que seleccionei do tal Relatório da Pobreza. E aceda ao próprio documento também...

Dêem atenção a isto. Um dia vão agradecer-me este alerta...

PSD: António Borges triste com o rumo do partido - Fonte: Rádio Renascença Publicado há 35 minutos - ...liderança do partido, disse aos jornalistas que este é um assunto que o deixa “bastante entristecido”. António Borges falava à margem de um encontro, em Lisboa, organizado pela Cotec-Portugal - Associação Empresarial para a Inovação.

Pobreza em Liboa assusta

Repetindo: «Observatório de Luta contra a Pobreza - Lisboa tem "problemas sérios" de envelhecimento, sem-abrigo e crianças de rua - 26.02.2008 - 14h38 Lusa - O presidente da Rede Europeia Antipobreza Portugal, Agostinho Jardim Moreira, afirmou hoje que Lisboa tem "problemas sérios" de envelhecimento da população, de sem-abrigo e de crianças de rua, uma situação que sublinhou no dia em que é apresentado o I Relatório do Observatório de Luta Contra a Pobreza na Cidade de Lisboa». Aqui.
Mais: «Na freguesia do Castelo começam a "surgir casos de pobreza encoberta, as pessoas têm vergonha de o dizer", ou de assumir a sua condição, revelou hoje à Lusa o presidente local, Carlos Lima.
O autarca local explicou que "não existe pobreza extrema na freguesia do Castelo", quando convidado a comentar o relatório do Observatório de Luta Contra a Pobreza na Cidade de Lisboa, onde é mencionado o Castelo como sendo "vulnerável à pobreza"»
. Aqui.
Nunca é de mais bater nesta tecla, dada a importância da questão..

Oferta do Pavilhão do Futuro a Stanley Ho

... Ena tantos a fazer peito... agora: um, dois. Agora mesmo (20.40, mais ou menos, a RTP 1 afirmou que tinha recebido um comunicado de Telmo Correia a dizer que considera normal a investigação: que será bom para esclarecer a coisa. É só peitaça. Depois, logo se vê. Pode ser que acabe tudo no arquivo - como é costume. Para já, é fazer peito e folgar um pouco. Aliviar a pressão...

Comissão mexe nos radares em Lisboa


Atenção: vai haver mexidas nos radares: retirada de uns e colocação de outros. Li aqui. E, já agora, um alerta: no Túnel do Marquês há uma ratoeira do diabo com esta coisa dos 50 à hora. Já fui apanhado duas vezes. Evite você que lhe aconteça o mesmo. O problema é o seguinte: um cidadão vai ali em quarta, em direcção ao Marquês, despreocupado, olha para o velocímetro, está tudo bem: nos 50, cravadinhos. O motor toma conta: parece que não precisa de travar. Mas às tantas, 100 metros depois da saída de Capolide, eis que piso começa a descer vertiginosamente. Você não olha para a velocidade, mas o motor, sem que você acelere, desata a puxar pelo carro. Já vai a 57, 58, 60. Quando dá conta e trava... já é tarde: já foi caçado.
Tenha cuidado com isto. É mesmo uma ratoeira. Quando a descobri, já era tarde...

Agressão a comentador desportivo à saída de programa na SIC

«Este país está a ficar perigoso», disse depois da agressão o comentador desportivo. Três encapuzados esperaram por ele depois do programa e tentaram a agressão... Leia aqui.

Ainda e sempre a CRIL

Apelo a Cavaco - Cidadãos na rua contra projecto do Governo para a CRIL - Por Margarida Davim, Sol - «Ontem A Associação de Moradores do Bairro de Santa Cruz vai pedir ao Presidente da República «uma tomada de posição urgente» sobre o traçado proposto pelo Governo para a construção do troço da Circular Regional Interna de Lisboa (CRIL) que vai ligar a Buraca à Pontinha (...)»

Transplantes hepáticos em Lisboa

Há aqui uma história um bocado complicada que me incomoda. Então os transplantes feitos em Coimbra e no Porto não têm o mesmo regime? Que coisa é essa? Quem decidiu isso? Por que é que ninguém nos diz? Veja a ponta do véu aqui: «Eduardo Barroso demite-se da Autoridade para os Serviços de Sangue e da Transplantação »...

CDU e coligações pós-eleitorais

No encontro da CDU da Covilhã, no sábado, foi mais uma vez expressa com clareza a filosofia da organização em matéria de alianças pós-eleitorais: «“A nossa posição em relação a outras forças políticas é a seguinte: nós estamos interessados na afirmação do projecto da CDU e ter a nossa própria intervenção, abrindo sempre a possibilidade, numa fase pós-eleitoral, de haver conjugação de esforços com o PS ou outros partidos, quer seja em juntas de freguesia ou na Câmara Municipal”». Para que conste e se entenda: «com o PS ou outros partidos». E isto é válido coma CDU em minoria como é válido com a CDU em maioria. Como sempre aconteceu. Dou sempre o exemplo da Amadora que conheço demasiado bem: ao longo de 18 anos de maioria CDU, houve sempre coligações ou acordos pós-eleitorais com todos (repito: todos os partidos, ora uns, ora outros: CDS, PSD e PS). Ou então veja o exemplo de Sesimbra hoje, por exemplo: a CDU detém a maioria na CMS, mas têm pelouros também os outros dois partidos com vereadores eleitos: PS e PSD. Tanto quanto acompanho, o que pauta a conduta da CDU nesta matéria é apenas a consideração local do interesse das populações.
Para quê então vir agora a lei eventualmente estragar este cenário de democracia alargada? Vantagens para as populações, não, de certeza.

Educação especial

Como sabe, a nova legislação deste sector é gravosa. A ministra diz que não, que pelo contrário. Mas acabo de receber um apelo que coloco ao seu dispor. Vem exactamente de um amigo que é dirigente de uma institução do sector, lá longe, na Beira Interior e que pede que assine a petição. Diz assim o apelo: «Vimos por este meio solicitar a assinatura da petição em http://www.petitiononline.com/luis2008/petition.html, que está a decorrer para a alteração do Decreto-Lei Nº 3/2008, de 7 de Janeiro que veio estabelecer novas regras sobre o atendimento a crianças e adolescentes com necessidades educativas especiais.Por favor reencaminhem para os vossos contactos. Gratos pela vossa atenção».

segunda-feira, fevereiro 25, 2008

Empréstimo à CM Lisboa

Haverá alguma alternativa que ninguém ainda descobriu? A verdade é que várias pessoas falam disso: há dias foi Sá Fernandes; agora, a Caixa: «A Caixa Geral de Depósitos revelou esta segunda-feira que continua em negociações com a Câmara Municipal de Lisboa para encontrar uma solução ao empréstimo da autarquia que foi chumbado pelo Tribunal de Contas (TC)».
In Portugal Diário

Um blog da treta. Mais um

Bom. Agora que já se percebeu o que é isto e para onde vai, já posso inserir o link. Era a este blog que me referia quando há umas semanas escrevi isto, aqui, no LL. Mas, antes de perceber o que dali viria, não quis divulgar a coisa. Agora já deu para entender: não vai para lado nenhum... como seria de calcular. Bah! (Já agora: será que este Jarbas é aquele Jarbas que eu estou a pensar? Vendido por quantos dinheiros ao capital sujo?!)
O link dessa tal treta é este, aqui. Uma bela perda de tempo. Mesmo à moda de um pato-bravo da blogosfera.

Os putos que se lixem... e os outros também... E em Lisboa não é melhor, diz o mesmo Relatório

Três relatórios, a mesma conclusão numa só semana
Estarão todos enganados e só António Vitorino e Sócrates estarão certos? É que já são três relatórios por estes dias a irem no mesmíssimo sentido: pobreza, pobreza, pobreza...
Não é só o Relatório da SEDES que traz a ideia de um «difuso mal-estar», como aquela associação cívica patenteia. Pode aliás ler aqui o resumo oficial desse relatório, que começa assim: «Sente-se hoje na sociedade portuguesa um mal estar difuso, que alastra e mina a confiança essencial à coesão nacional». Noutro Relatório, de que se teve conhecimento público, afirma-se que há falta de resposta social por parte das instituições da capital: «A falta de planeamento estratégico na capital e o desajustamento entre as respostas dadas pelo organismos públicos e as necessidades das populações são destacadas no I Relatório do Observatório de Luta Contra a Pobreza na Cidade de Lisboa.» (In TVNet, aqui). Bem pode pregar frei... Sócrates...
.
Sermões de São Sócrates aos peixes
Digo de outra forma. Os sermões de Sócrates sobre o País das Maravilhas são como os de Santo António aos peixes: ninguém para os ouvir. Bem pode ele embrulhar a coisa e António Vitorino vir à segunda à noite dar-nos música suave. A real realidade anda aí nas ruas. E o Relatório da União Europeia não esconde o mais sério...: «A população mais idosa (e especialmente do sexo feminino), as mulheres e as crianças são as mais atingidas pela pobreza, sendo que as despesas com a protecção social representavam 24,9% do PIB, longe da média de UE de 27,3%(...). Em Portugal o risco de pobreza e as desigualdades na distribuição dos rendimentos são dos mais elevados da União Europeia, segundo o Relatório Conjunto de 2008 sobre Protecção e Inclusão Social divulgado esta segunda-feira em Bruxelas.
Segundo o relatório, que será analisado e adoptado na sexta-feira pelo Conselho de Ministros da Segurança Social dos 27, em Portugal "o risco de pobreza após transferências sociais (20% em 2004) e as desigualdades na distribuição dos rendimentos (rácio 8,2 em 2004) são das mais elevadas na União Europeia (UE)"».
.
Lisboa - um mau «exemplo»
Especificamente Lisboa, a capital: ela é amplamente referida no estudo da União Europeia e a reflexão do Observatório da Luta Contra a Pobreza é todo dedicado a Lisboa.
A capital também não sai ilesa do relatório da UE, onde, às tantas, se diz o seguinte: «Em Portugal o risco de pobreza e as desigualdades na distribuição dos rendimentos são dos mais elevados da União Europeia, segundo o Relatório Conjunto de 2008 sobre Protecção e Inclusão Social divulgado esta segunda-feira em Bruxelas.
Segundo o relatório, que será analisado e adoptado na sexta-feira pelo Conselho de Ministros da Segurança Social dos 27, em Portugal "o risco de pobreza após transferências sociais (20% em 2004) e as desigualdades na distribuição dos rendimentos (rácio 8,2 em 2004) são das mais elevadas na União Europeia (UE)".»

Manuela e Vera Jardim

Ferreira Leite acha, também ela, tal como Marcelo, que o TC errou e devia ter aprovado logo o empréstimo. Uma posição a ter em conta. Também Vera Jardim, meu prof de Direito Económico em idos muito idos que «já lá vão» há muito, muito tempo, disse o mesmo. Leio aqui: «O socialista José Vera Jardim, que juntamente com Ferreira Leite é comentador residente do programa "Falar Claro" da Renascença, também criticou o Tribunal de Contas, afirmando que "foi longe demais" e teve "algum enviesamento" no sentido de interferir na decisão política».

Alusão errada: os dentes de Paulo Portas... Uma coisa que se dispensava bem

«O dr. Paulo Portas pode ter a certeza de uma coisa: há coisas que não se branqueiam numa cadeira de dentista». Ouvi agora mesmo da boca do ministro da Agricultura. E esta é uma alusão que, mesmo no meio da guerra, devia ser evitada a todo o custo. É a minha opinião.

Ah, ganda Pinto Monteiro!!!

Procuradoria abre inquérito ao caso Casino de Lisboa - Fonte: Jornal de Notícias Publicado há 27 minutos - ...inquérito ao denominado "caso Casino de Lisboa" relacionado com alterações à Lei do...Cândida Almeida. O "caso Casino de Lisboa" foi divulgado pelo Expresso, segundo...para impedir que o edifício do Casino Lisboa, situado no Parque das Nações, revertesse...
há 36 minutos PGR: Pinto Monteiro abre processo ao Casino Lisboa - Sol
há 43 minutos Pinto Monteiro abre inquérito ao Casino Lisboa - TVNET
há 52 minutos Casino Lisboa: Procuradoria decide abrir inquérito - oficial - RTP
há 58 minutos Procuradoria-Geral da República abre inquérito ao processo do Casino Lisboa - Público
há 58 minutos Casino Lisboa: Procuradoria decide abrir inquérito - Diário Digital

Empréstimo

Lisboa: Marcelo apoia decisão de António Costa - "O Tribunal de Contas não tem razão". Quem o diz é Marcelo Rebelo de Sousa no habitual comentário na RTP....Rádio Renascença (24/02/2008)

Por que no se callan ustedes?

Que viva el pueblo de Cuba!

domingo, fevereiro 24, 2008

Editorial


Nota prévia: antes de ler as cinco ou seis linhas que vou escrever como Editorial (e chamo-lhe assim pela importância da coisa), peço ao leitor que leia isto (coitado do meu quase-conterrâneo Pinto Monteiro) e isto (não havia mais ninguém para nomear para a PJ do Porto?) e mais isto...
Agora sim, o que quero escrever sobre o asunto. Nem vale a pena escrever muito: a coisa é intuitiva, acho.

Se era para desacreditar a PJ e o Ministério Público - tudo ao mesmo tempo -, então acertaram em cheio. Se era para dar uma noites tranquilas às diversas máfias, então não podiam ter feito melhor, não, senhores...

Mas o que é que leva alguém a fazer isto a uma instituição como a PJ que toda a gente diz ser um caso de bom desempenho e seriedade e de prestígio internacional? É para destruir? Então acertou.
E o que é que deu no Ministério Público que anda às turras?
E tudo isto em público. Digo «em público» como agravante: a voz pública, neste caso, agrava a questão, pelas consequências que o descrédito destas instituições acarreta: os mafiosos e similares ficam mais felizes e batem palmas a cada solavanco da máquina da investigação.

Rock in Rio: as isenções e a pontezinha

As coisas compeltam-se umas às outras. O festival mais protegido do País. Este ano com um «fait divers» à mistura: uma pontezinha foi o alibi para que as isenções de centenas de milhares de euros se repetissem. Leia o que acabo de inserir aqui.

Nova lei eleitoral autárquica

Sobre este tema, duas novas leituras que recomendo: esta e esta.
Para ter acesso à previsão meteorológica, clique aqui, por favor: encontra as temperaturas de hoje em Lisboa e para os próximos dias.
Todas as notícias sobre Lisboa, aqui, todos os dias, a toda a hora, ordenadas pela data/hora de publicação.

Ele é tão óbvio...

Assim é que a coisa está bem para Santana: em lume brando enquanto ele e o seu grupo preparam outros futuros. Por isso é que ... (clique nas reticências para ler).

PJ Porto anda em maré de «azar»...

Que mau número, começar assim. Quem é que está apostado em destruir a PJ e para quê?

«Cidade PT» atrai autarquias


PT planeia mega-sede para Lisboa, Cascais ou Oeiras - As câmaras de Lisboa, Cascais e Oeiras disputam a localização do futuro edifício da PT, que irá congregar entre 5 e 6 mil trabalhadores do grupo, num projecto conhecido por Cidade PT...

Zonas de Lisboa ainda com riscos de inundações

Ainda. Ainda há riscos de derrocadas e de cheias esta semana, dizem os especialistas - leio no 'Sol'.

A Câmara Municipal de Almada fez o que devia. Ponto final

«A Câmara Municipal de Almada fez o que devia»: enviou a coisa ao Ministério Público. Leio no 'Sol'. Mas o PSD agarra-se à miragem que nem gato a bofe: quer à viva força que tenha havido corrupção. Mas o PSD deve saber bem quando e como é que há corrupção: deve conhecer muito bem os sintomas. A menos que... casa de ferreiro, espeto de pau. Ou seja: «Vão-se mas é catar», como diz aquele meu amigo...

PSD / Lisboa 2006-2007

Mandaram-me um material antigo. Já não terá grande interesse. Mas não lho escondo. Fica aí para quem tiver muita pachorra. Trata-se de umas cenas de bastidores do PSD de alguns dos protagonistas de 2006-2007. Um ou outro ainda andam por aí.

sábado, fevereiro 23, 2008

Olá, olá, olá...

Isto ainda vai dar mais bronca, depois de isto vir a lume - vocês apostam?

Bem lembrado

A lei obriga o Casino Lisboa a dar ao Governo e o Governo à CML uns milhões por ano. Para destinos específicos. Mas isso nunca mais acontece. JPH sabe que «já entraram no instituto projectos camarários para as obras em causa. Estão a ser apreciados. Só depois o instituto despachará para o ministro da Economia, a quem compete desbloquear a verba».

Lei eleitoral das autarquias: o tabu continua e continua e continua...

Lei autárquica: Menezes garante acordo, mas... exige que os presidentes de freguesia possam votar os orçamentos municipais. (...)

Em louvor...

... da estabilidade e da normalidade que tanto apregoam ambos...

«O cantor morreu»...


«José Afonso morreu no dia 23 de Fevereiro de 1987, no Hospital de Setúbal, às 3 horas da madrugada, vítima de esclerose lateral amiotrófica. Será certamente recordado como um resistente que conseguiu trazer a palavra de protesto antifascista para a música popular portuguesa e também pelas suas outras músicas, de que são exemplo as suas baladas.»

Wikipédia

Homenageio «o cantor» aqui. Tem lá links que o levam a muitas músicas e muito mais.
Por favor, vá aqui, ao YouTube, e escolha uma das muitas músicas para ouvir hoje.

Nova le eleitoral das autarquias

Se lhe interessar o tema , leia aqui o que escrevi sobre a nova lei eleitoral autárquica, as guerras pelo poder no PSD e o que o País tem de suportar por causa disso...

PJ Porto

Razia na PJ / Porto. Director e sub-director. Li aqui.

sexta-feira, fevereiro 22, 2008

Ai, ai, poder, a quanto obrigas

Com o barulho das luzes, quase me esquecia de registar a votação da isenção de taxas para a Better World (leia-se: família Medina, Brasil) = organização do Rock in Rio Lisboa 2008. Mas o meu amigo Paulo Ferrero não deixou de registar com belo sentido de comparação entre as votações de 2006 e as deste ano. Leia aqui. Veja-se como o Bloco e o PS mudaram de trincheira...

Lei eleitoral das autarquias: PSD parece que não aceita

«O acordo para uma nova lei eleitoral autárquica, que vinha sendo negociada nos últimos meses entre PS e PSD, foi por água abaixo. O PSD irá explicar hoje que rompeu as negociações com o PS, por este partido estar intransigente na questão do voto dos presidentes de junta nos orçamentos e planos municipais».

Ainda bem que a CML vai pelo 40

É uma grande vitória: ter deixado claro que a CML vai pelo artigo 40 da tal Lei nº 2/2007 (Lei das Finanças Locais). Ainda bem que deixou cair o caminho do 41º, que colocaria a CML sob a alçada do Governo - um artigo insconstitucional.
O qe não entendo, mas registo com agrado, é a mudança do PSD. Tem andado esta semana toda a dizer que o problema é estrutural (41º), mas ontem, felizmente, na CML, foi contra a aplicação do 41 e aprovou com todos os outros eleitos o caminho do 40º. Só não sei é como é que vão votar os deputados municipais do PSD quando o novo Plano de Saneamento Financeiro lá chegar.

Oliveira Martins

O presidente do TC veio dizer que foi violado o art. 40º da Lei das Finanças Locais. Josna Haderer, Lusa, registou e o site da RTP transcreve.

quinta-feira, fevereiro 21, 2008

O País tem baixíssimas expectativas


Marktest.




Empréstimo à Câmara de Lisboa: proposta aprovada na sessão de hoje

É do seguinte teor em resumo a proposta que a CML acabou de aprovar:
1. solidariedade para com os credores;
2. esforço acrescido de poupança;
3. preparar o recurso do Acórdão;
4. criar um grupo de trabalho com um vereador de cdada força política para actualizar e complementar o PLano de Saneamento Financeiro.

Curiosidade histórica a propósito de empréstimos em Lisboa

Quem pensa que esta coisa do saneamento financeiro e dos empréstimos é coisa do século XXI, está redondamente enganado.
No site do GEO, Gabinete de Estudos Olisiponenses, um leitor deste blog foi descobrir umas quantas referências de há 127 anos... exactamente sobre este assunto que agora domina Lisboa. Veja só:

LISBOA. Câmara Municipal. Serviço Geral de Fazenda Municipal
TÍTULO: Relatório e documentos [...] do empréstimo de 1881 aprovado pela comissão municipal na sessão de 31 de Maio de 1894... / Câmara Municipal de Lisboa, Serviço Geral de Fazenda Municipal
Cota: AL 17-CX CMLEO 3195

TÍTULO: Contratos de empréstimos de 20 de Abril e 20 de Novembro de 1886, com o Banco do Comércio e Indústria de Berlim e a firma Merck Marx e Cª. de Lisboa / Câmara Municipal de Lisboa
Cota: AL 27-CX CMLEO 3194

TÍTULO: Relatório àcerca do estado financeiro d'esta Câmara organisado em virtude da Portaria do Governo de 31 de Janeiro de 1887 / Câmara Municipal de Lisboa, Serviço Geral da Fazenda Municipal
Cota: AL 298 RES CMLEO 3191

TÍTULO: Contrato de emprestimo com o Banco do Commercio e Industria, de Berlim e a firma Merck Marx e Cª. / Câmara Municipal de Lisboa
DESCRITORES: Empréstimos / Banco de Comércio e Indústria de Berlim
Cota: CS 2-CX CMLEO 3189

TÍTULO: Táboas de amortização dos empréstimos em vigor mandados organizar pela Comissão Administrativa do Município e imprimir em 11 de Dezembro de 1913 sob a direcção de António Alves de Matos / Câmara Municipal de Lisboa
Cota: AL 189 CMLEO 3196

quarta-feira, fevereiro 20, 2008

Entra Saldanha Sanches, Vital repete... e tal

Vital e Saldanha Sanches entram na liça. Há alguns pormenores no site da RTP já esta noite. Pode ler aqui.
Nota
Agora mesmo, às 23, a Renascença garantia que os três juristas a quem a CML vai pedir pareceres são de facto os que aqui anunciei: Vital, Jorge Miranda e Marcelo. Mas sei que um deles ainda há uma horas negava o contacto e alegava falta de tempo, como me garantiram alguns jornalistas... A ver vamos.

Redução de horários do Bairro Alto?

«A proposta em discussão é desastrada e poderá redundar num desastre. Por isso apelamos ao diálogo e à concertação. O Bairro Alto precisa de ordem e de ordenamento, e isso só será possível mobilizando e envolvendo toda a comunidade em torno de um projecto mobilizador. Um projecto que potencie o futuro em vez de o comprometer.»
Blog da Associação de Comerciantes do Bairro Alto

Desculpem a mudança de modelo. É o ponto final...

Desculpem, mas mudei outra vez o modelo, a pedido e porque a mim próprio não me agradava nada o outro. Prometo que não volto a mudar. Até por falta de tempo. (E estou farto de vocês todos.)

Empréstimo

Digo só uma coisa muito séria: é preciso centrar toda a acção na ideia de que há muitos problemas sociais (ordenados em atraso, empresas em dificuldades, desemprego no horizonte) encadeados nesta questão. O problema não é nem de humores nem de mero debate jurídico nem sequer de mera gestão financeira: já vai muito para lá disso.
Quanto maior a confusão, mais se lixa o mexilhão.

Empréstimo

Ponto 1
Dizem-me...: Marcelo parece que vai produzir um parecer sobre o empréstimo. Só ficará pronto na sexta-feira, ouvi. Entretanto, outro parecer já confirmado é o de Jorge Miranda...
Ponto 2
Mais noticiário sobre a matéria:
Lisboa: PSD defende empréstimo de 200 milhões de euros - O líder do PSD-Lisboa apresenta uma nova proposta para que a Câmara peça um empréstimo no valor global de 200 milhões de euros para pagar as dívidas da autarquia inferiores a três milhões de euros....Rádio Renascença (20/02/2008)
Lisboa/Empréstimo: Sá Fernandes diz que câmara fará empréstimo mesmo sem vi...Em declarações aos jornalistas à entrada para uma reunião de emergência do executivo para discutir o chumbo do Tribunal de Contas ao pedido de empréstimo de 360 milhões de euros para pagar dívidas da ......RTP - Economia (20/02/2008)
Lisboa/Empréstimo: Sá Fernandes diz que câmara fará empréstimo mesmo sem vi...O vereador lisboeta do Bloco de Esquerda, José Sá Fernandes, garantiu hoje que a Câmara pagará o que deve aos credores e pedirá para isso um empréstimo, mesmo sem o visto do Tribunal de Contas....Visão (20/02/2008)
Câmara de Lisboa foi segunda com empréstimo chumbado pelo Tribunal de Contas - A Câmara de Lisboa foi a segunda autarquia a ver um pedido de empréstimo para saneamento financeiro chumbado pelo Tribunal de Contas, desde a entrada em vigor da nova Lei das Finanças Locais. No entanto, há outras autarq...Público - Geral (20/02/2008)
Câmara de Lisboa reúne de emergência - Executivo de António Costa procura soluções para pagar a credores...Sic - Dinheiro (20/02/2008)
Autarquias/Empréstimo: Presidente de Poiares crê que outros municípios seguirão o modelo se tiver sucesso - 20 de Fevereiro de 2008, 17:40 - Coimbra, 20 Fev (Lusa) - O presidente da Câmara de Vila Nova de Poiares considerou hoje que a solução que a autarquia de Lisboa encontrar para o saneamento financeiro servirá de modelo para…

TC errou - diz Vital

"Decisão do TC é errada, diz Vital MoreiraO constitucionalista Vital Moreira, autor do parecer que fundamentou o pedido de empréstimo da Câmara Municipal de Lisboa chumbado terça-feira pelo Tribunal de Contas, considerou a decisão «errada» e criticou este órgão judicial por ultrapassar as suas competências. (...) Segundo Vital Moreira, o que o TC deveria ter feito era «verificar se o empréstimo tinha a ver com a consolidação de dívidas aos fornecedores nos prazos previstos na lei ou se os pressupostos eram correctos»".

Petição que vale a pena assinar

Já assinou a petição contra o roubo de 1,5 € por cada levantamento? Este é um assunto que interessa a todos os que não são banqueiros e não têm pais ricos. ... Uma coisa que vem logo dos bancos, que têm o negócio mais rentável do País: 5,5 M € / dia (CM)!

terça-feira, fevereiro 19, 2008

CML responde ao TC


António Costa acaba de deixar «uma mensagem de solidariedade para com os credores da CML», que são os principais prejudicados». Garantiu que a CML vai «honrar os seus compromissos». Quanto à lei que foi «pai», disse apenas: «As leis são como os filhos: ganham vida própria».
Modesto Navarro, PCP, afirma que «os autarcas de Lisboa têm de analisar» a situação, mas acha que «não podem as empresasa quem a CML deve e os seus trabalhadores» ser vítimas da situação.
Acabo de ouvir tudo isso e mais ainda na RTP 1. São 21:22. Antes, já tinha registado outras notas de última hora sobre o assunto, como segue.
«É apreciação política» aos méritos do Plano de Saneamento, diz o Gabinete de António Costa. Aqui.
Mais
TC faz «uma crítica dura», leio aqui.
Por outra parte, um sintético comunicado colocado há pouco no site da CML diz às tantas que vai haver várias diligências imediatas, designadamente uma sessão extra: «A Câmara Municipal de Lisboa irá proceder à análise do conteúdo do referido Acórdão, não se pronunciando sobre o conteúdo mesmo até terminar essa análise».

Empréstimo: a culpa «é» da Lei das Finanças Locais

O presidente da ANMP acha que, «caso o Presidente da República, Cavaco Silva, promulgue, "dentro de um mês", a regulamentação da lei sobre saneamento financeiro que o Governo preparou, "esse problema será resolvido".
Segundo o responsável, a lei definirá "bem" os artigos 40º e 41º, relativos, nomeadamente, ao desequilíbrio financeiro conjuntural e ao desequilíbrio estrutural ou de ruptura financeira.
Actualmente, "não está bem definido o que é saneamento e reequilíbrio financeiro e isso vai ficar perfeitamente definido" com a regulamentação.
Para Ruas, a única alternativa que resta ao presidente da Câmara de Lisboa, António Costa (PS), é "esperar pela promulgação da lei e agir de acordo com ela".
"Se tudo correr bem, a Câmara de Lisboa e as outras câmaras terão o problema resolvido
"».

TC recusa visto ao empréstimo


Coisa forte. O TC emitiu e divulgou hoje o acórdão sobre o empréstimo. Pode consultá-lo aqui. É uma recusa do visto. Para já, não haverá empréstimo.

«Perante este chumbo, António Costa poderá ter de recorrer a um outro mecanismo previsto na Lei das Finanças Locais: o reequilíbrio financeiro. Neste caso, a câmara continua a poder contrair um empréstimo a um prazo mais dilatado (20 anos) para fazer face às dívidas, mas pressupõe a prestação regular de contas ao Governo e o cumprimento de rigorosas metas de redução de despesa». In J Neg
Mais
há 32 minutos Tribunal de Contas chumba pedido de empréstimo da Câmara de Lisboa - Jornal de Negócios
LISBOA: Tribunal de Contas chumba pedido de empréstimo à Câmara - Fonte: TSF Online Publicado há 28 minutos - ...chumbou o pedido de empréstimo feito pela Câmara Municipal de Lisboa e que se destinava ao pagamento de fornecedores da autarquia. Recorde-se que o plano de saneamento financeiro da Câmara de Lisboa dependia, na sua quase totalidade, da contracção de um empréstimo...
há 32 minutos - Câmara de Lisboa: Tribunal de Contas chumba empréstimo para pagamento de dívidas - Público
há 32 minutos - Tribunal de Contas chumba pedido de empréstimo da Câmara de Lisboa - Jornal de Negócios
Tribunal de Contas recusou visto aos 360 milhões de euros pedidos pela Câmara de Lisboa - Fonte: Jornal de Notícias Publicado há 29 minutos - ...recusou visto aos 360 milhões de euros pedidos pela Câmara de Lisboa Jornal de Notícias Director: José Leite...recusou visto aos 360 milhões de euros pedidos pela Câmara de Lisboa (em desenvolvimento)...
há 30 minutos - Lisboa/Empréstimo: Tribunal de Contas recusou visto aos 360 milhões de euros pedidos pela Câmara - RTP
há 28 minutos - LISBOA: Tribunal de Contas chumba pedido de empréstimo à Câmara - TSF Online
há 30 minutos - Lisboa/Empréstimo: Tribunal de Contas recusou visto aos 360 milhões de euros pedidos pela Câmara - RTP
há 31 minutos - Câmara de Lisboa: Tribunal de Contas chumba empréstimo de Costa - Sol
há 32 minutos - Câmara de Lisboa: Tribunal de Contas chumba empréstimo para pagamento de dívidas - Público
Há 30 minutos - Tribunal de Contas chumba empréstimo de Costa - Por Margarida Davim - Os juízes do Tribunal de Contas (TC) chumbaram o pedido de empréstimo da Câmara de Lisboa por unanimidade. Em causa está a fundamentação apresentada por António Costa (...).

Empréstimo à CML

Dificuldades de última hora com o T Contas.

Financiamento ilegal indirecto

A multa do TConst ao PSD.

Autarquias: lei eleitoral e acordo PSD-PS

(...) «a posição de Menezes face aos presidentes de junta de freguesia contraria em absoluto uma carta do secretário-geral, José Ribau Esteves, datada de 30 de Janeiro. Na missiva dirigida aos autarcas, Ribau pedia compreensão para as alterações, em nome da "governabilidade"».

Rua António Maria Cardoso, Lisboa

Recordar em banda desenhada "o terrível passado do edifício, as crueldades que tiveram lugar dentro daquelas paredes, os gritos e lágrimas sufocados naqueles quartos" foi o objectivo de um arquitecto italiano que fez da sede da PIDE na António Maria Cardoso o cenário da sua primeira obra. Ainda não há a certeza de vir a ser editada em Portugal, leio no JN.

Déjà vu?

CMC, isto não é a sério, pois não?

segunda-feira, fevereiro 18, 2008

Não se pode falar de oportunismo, não, senhores...

Caladinho, era melhor - digo eu. Modéstia, moderação, talvez... Acho eu. O que foi feito em sete meses? (E entendo. Estamos no início. Mas para quê abrir logo a torneira, ainda em cima do sangue quente? Dou de barato que esta prioridade nem sequer tenha entrado nas prioridades até hoje, mas não dou de barato que se apareça logo com uma «soluçaozinha». Não dou de bararto esta notícia linkada aí em baixo que me chegou há meia hora.)
.
Teste
Agora mesmo li cá em casa em voz alta, para ver as reacções, o primeiro parágrafo desta notícia.
Resultado: um coro. Vai um um e diz: - Olha que oportunismo... E outro: - Podia ser um bocadinho menos óbvio... Réplica: - Menos escandaloso... Finalmente: - Mas em bicos de pés para quê?
Toma!
... Dá para tudo...

Procuradoria-Geral vai dar parecer sobre o Casino Lisboa


Pelo sim, pelo não. Quem pediu o parecer foi Manuel Pinho (RR): «O Governo, através do Ministério da Economia, vai avançar ainda hoje com um pedido ao conselho consultivo da Procuradoria Geral da República para que elabore um parecer sobre o caso do Casino de Lisboa. O Ministério de Manuel Pinho esclarece, contactado pela Renascença, que não vai tomar qualquer tipo de posição ou decisão, sem antes ter em mãos a opinião da Procuradoria».

Dose para «cavalo»

Bolas! Forte, forte, é isto... Tão forte, que até dá angústia...

Mau tempo. Não: péssimo! E os colectores muito mal cuidados, claro...


Muita precipitação, sem dúvida. Mas não só. Sumidouros entupidos. Colectores entupidos. Falta de investimento, é o que é. Seis anos de forró sem um chavo para isso. É o que é...
Lisboa está parada. Os Sapadores não têm mãos a medir. Não há Metro. De Loures, a Protecção Civil apela para que as pessoas nem venham para Lisboa.

Mesmo estúpido...

Agora estúpido, estúpido é isto!

O dobro!

Custo de obras públicas derrapa para o dobro - Falta de qualidade do projecto, alterações e deficiências de fiscalização entre as causas. “Não aceito fatalismo de que há sempre erros”, diz presidente do Tribunal de Contas (...)
JN

130 mil, diz Palma

Lembram-se dele? O grande ecologista rendido ao capital. Pois bem: está de regresso. À comissão «independente». E vem ao 'DN' de hoje explicar... que «o novo aeroporto e a ponte Chelas/Barreiro (que está a ser avaliada pelo LNEC), vão implicar um aumento de cerca de 130 mil carros/dia nas travessias do Tejo, o que representa mais 60% que o tráfego médio diário que hoje cruza o rio (cerca de 220 mil carros).»

domingo, fevereiro 17, 2008

Casino Lisboa

Para memória futura: Telmo Correia garante que «Não, senhores: desminto e desminto»; e Santana explica a coisa: afinal foi Durão Barroso e Arnault («ele sabia...»). Leia aqui, aqui, aqui, aqui, aqui e aqui...

Atenção ao desenrolar desta cena...

Luís Filipe Menezes ameaça quebrar acordos com o PS - Fonte: Diário de Notícias Publicado há 19 horas: Ponto 1: Fala Menezes: «O presidente do PSD, Luís Filipe Menezes, admitiu ontem não avançar nos acordos políticos com o PS caso não seja ultrapassado o impasse relativamente ao mapa judiciário. Menezes, que falava num encontro de autarcas sociais-democratas em Leiria, deu como exemplo de um acordo a furar a Lei Eleitoral Autárquica, já combinada entre os dois partidos. Para o líder do PSD, segundo fontes presentes na reunião (que decorreu à porta fechada), ou o PS aceita as propostas do seu partido quanto ao mapa judiciário - um dos pilares do Pacto da Justiça - ou a lei que estabelece os executivos de maioria nas câmaras e que retira poderes aos presidentes de junta fica na gaveta.»
Ponto 2: Fala Sócrates (ver SIC on line): «"Lamento que se ponha em causa um pacto para a justiça só porque se mudou de líder. Isso significa turbulência e instabilidade e é nocivo para o país", disse Sócrates, em declarações aos jornalistas em Viana do Castelo, à margem da inauguração de uma fábrica de pás para produção de energia eólica. Sócrates lembrou que os pactos parlamentares são assinados "entre partidos e não entre líderes" e sublinhou que o "país precisa de estabilidade no caminho da reforma da justiça"».

Muito interessante


Entre os meus amigos e familiares conheço vários que hoje não votariam outra vez Sócrates. E dizem-no espalhafatosamente e com muito mais raiva do que me provoca a mim a governação de Sócrates. Pois bem, parece que não são só amigos meus. Leio no 'Público Última Hora', transcrevendo a Lusa, que na reunião de ontem no Rato essa referência apareceu. E agora veja as respostas de Sócrates: «De acordo com um dos presentes na reunião, uma das 30 intervenções foi de um militante que declarou a José Sócrates que muitos dos professores que votaram no PS em Fevereiro de 2005 não o fariam neste momento. Segundo o mesmo socialista, Sócrates respondeu que não estava a trabalhar para as corporações, mas para o país e que o país precisa das medidas que o Governo está a tomar. Outro militante presente na reunião relatou que o secretário-geral do PS assinalou que não governa para obter simpatia e que não está preocupado em obter simpatias.»

PS / Lisboa

Registo que desde 31 de Janeiro, há portanto 18 dias, que não há nenhuma notícia interessante para o PS / Lisboa. Confirme isso aqui. Custa a crer.

Bairro Alto

A degradação que já assusta.
JN

ASAE

Isto é possível? Casa de ferreiro, espeto de pau?

Professores

Este modelo não fazo meu género. Reconheço. Ir assobiar para a porta de uma pessoa... enfim, já vi melhor ideia e os milhares e milhares que se manifestam nas ruas também. Mas, em tudo isto, se alguma coisa dói, é sobretudo o seguinte: o medo que se está a instalar em vários degraus e momentos da sociedade em Portugal. E não é medo do regime, como antigamente. É medo da «révanche» incentivada por Sócrates quando se indigna com a indignação das pessoas e chama perseguição às formas diversificadas de as pessoas que se sentem injustiçadas mostrarem a sua indignação. Sócrates, no poder, sabe ao que está e sabia ao que ia quando para lá se dirigiu. As pessoas nas suas vidas, não: as injustiças entram-lhes pela casa dentro sem serem esperadas.
Acho que são casos de legítima defesa dos cidadãos angustiados. Que assim perturbam infelizmente os dias de quem os perturba. Melhor fora que não precisassem de vir para a rua. Em casa, no quentinho, está-se bem melhor, claro.
Ou, como disse Carvalho da Silva ontem falando para Sócrates, no encerramento do Congresso da CGTP: «"Deixe de ser forte com os fracos e fraco com os fortes". (...) "não tenha esta obsessão contra os trabalhadores e os sindicalistas". "Isso mata qualquer hipótese de diálogo"».
Quanto ao que se terá passado ontem no Rato, o que me preocupa não é a irritação de Sócrates, que respeito, claro. O que me preocupa mais é mas é isto: «(...) poucos se atrevem a dar a cara e o nome, temendo serem prejudicados na avaliação que se aproxima ou mesmo serem alvo de processos disciplinares. Alguns falam até em perseguições nas escolas - "quem é do contra fica com turmas e horários piores", afirma uma professora, que pede o anonimato».

Novo Aeroporto

Alcochete implica imediata revisão do Plano de Ordenamento Regional. Mas não deve conduzir a novas cidades, diz o Governo. Só reabilitação. Li aqui.

Casa Fernando Pessoa: desejo-lhe melhor futuro


Escrevi isto aqui agora mesmo: «(...) Primeiro foi Júdice (Manuela, claro), depois Clara, a seguir Viegas, depois (agora), Inês. (...) Casa Fernando Pessoa (...). Desejo-lhe melhor futuro».
Leia. Pode ter interesse.

sábado, fevereiro 16, 2008

Lisboa e o Governo

Por uma vez e sem exemplo: concordo com isto. Aliás, descaradamente, em várias questões o Governo abre agora um jogo que tinha fechado até Agosto. Não, não é a lei da vida: é a lei da preferência partidária. Mas o que se faz a Lisboa - isso é sagrado, em nome da igualdade de tratamento para situações iguais - tem de ser garantido para as outras autarquias...

Reflexão PSD

Paula Teixeira da Cruz e Pacheco Pereira juntos no tal grupo de relexão. Chamam-lhe Movimento. Se calhar vai mesmo mexer.

Miragem de Belém por silêncio

Dirigentes de gerações mais recuadas e mais recentes vêm a terreiro sugerir descaradamente que Manuel Alegre esteja caladinho dentro do PS («dentro não incomoda»). Em troca, vão falando da sua natural candidatura a Belém em 2010. Depois das legislativas de 2009, passado o perigo, a coisa fia mais fino.
Isto, no 'Público'. No 'Sol' de hoje leio e acho que tem piada a resenha dos três actos parlamentares de Alegre em 3 anos. Um deles, queixando-se de que a sua viatura oficial não tem tracção às 4. Indigno!

Lisboa: Baixa-Chiado

Diz o 'Público', tendo por fonte a Lusa, que em Março será apresentado à CML o plano de revitalização da Baixa. Aqui também.

Interessante. E dá que pensar

Isto dá-me que pensar. E faz-me lembrar aquela história da nossa infância: «Sô p'ssor, aquele menino estava lá fora a dizer mal do sô p'ssor no recreio»...

CGTP: Congresso em 2º dia


Manuel Carvalho da Silva associa desigualdades sociais a corrupção - Fonte: Público Publicado há 1 hora - ...Congresso da CGTP, que começou ontem e que termina hoje em Lisboa, Carvalho da Silva afi rmou que “as desigualdades sociais...greve geral de Maio de 2007 e o protesto em Outubro de 2006 em Lisboa. Foi também anunciado que cerca de 168 mil trabalhadores se...

Túnel do Rossio reabre hoje

Túnel do Rossio: 140 milhões de euros - Fonte: Portugal Diário Publicado há 28 minutos - ...acção, referente à rescisão do contrato, totaliza 31.780.000 euros. E foi interposta no Tribunal Administrativo de Círculo de Lisboa a 3 de Dezembro de 2007, após seis pedidos de tentativa de conciliação e da decisão final da Refer em optar pela rescisão

Plano de pormenor aprovado em Sesimbra

O da Mata de Sesimbra, agora muito falado. Foi ontem à noite. «O presidente da Câmara de Sesimbra, Augusto Pólvora congratulou-se com a aprovação do Plano de Pormenor e salientou a importância do empreendimento turístico para o concelho de Sesimbra», segundo o 'Público'.
Pode ler aqui uma parte da história, que já vem de 1973 nos tribunais.
Por que é que eu tenho a sensação de que a aliança PS+BE se repetiu ontem em Sesimbra?

sexta-feira, fevereiro 15, 2008

quinta-feira, fevereiro 14, 2008

Aí ao lado: sondagem sobre o empréstimo

Sondagem neste blog
Participe! É só clicar no botão da votação!
Era uma pena se você não votasse...

Lisboa: Voz do Operário faz 125 anos


«A Voz do Operário tem raízes nas lutas por melhores condições de vida e de trabalho na segunda metade do século XIX e começou com um jornal homónimo, criado por um grupo de operários da indústria tabaqueira em 1879.
Custódio Braz Pacheco, figura destacada das organizações laborais e impulsionador do movimento associativo, foi um dos dinamizadores do jornal, que seria suspenso devido a dificuldades financeiras em Junho de 1883, ano em que os tabaqueiros decidiram fundar a Sociedade Cooperativa A Voz do Operário, para a qual cada um contribuía com uma quota semanal de vinte réis para manter a publicação do periódico.»
Jaime Gama foi uma das personalidades presentes ontem na sessão dos 125 anos da Voz.
Leia mais aqui.

Lisboa: escolas em péssimo estado. Protocolo resolve alguns casos

"Só quatro por cento das escolas do concelho estão em boas condições". Agora, mediante um protocolo com o Governo, alguns casos vão ser resolvidos.

quarta-feira, fevereiro 13, 2008

Duas rodas vão ter estacionamento em Lisboa - proposta do PCP

«A Câmara de Lisboa aprovou hoje por unanimidade uma proposta do PCP para a criação de lugares de estacionamento para bicicletas e motas junto aos interfaces dos transportes públicos e nos parques de estacionamento municipais a preços reduzidos.
Segundo a proposta de Ruben de Carvalho e Rita Magrinho as direcções municipais de planeamento urbano e de segurança e tráfego são incumbidas de criar "áreas de estacionamento apetrechadas e dedicadas ao parqueamento de veículos de duas rodas, junto aos interfaces modais de transportes, jardins e parques, equipamentos colectivos e principais pólos comerciais".» Leia aqui.

Entre quase 70 casos para reanalisar: Hotel do Governador enfrenta possível declaração de nulidade


Na sessão de hoje, a CML aprovou a lista de processos a sujeitar a auditoria interna e os procedimentos a adoptar na sua reanálise. Entre eles, o Hotel do governador, em Belém. Na foto, do 'Expresso': as ruínas que lá estavam antes. (...) «Os vereadores do PCP indicaram dez processos, entre os quais está o do Hotel do Governador, em Belém, da empresa Carlos Saraiva, que segundo a edição da semana passada do Expresso «enfrenta uma possível declaração de nulidade», por violar o PDM, ao não ter tido plano de pormenor.
Ruben de Carvalho e Rita Magrinho indicaram igualmente o processo de transformação das antigas instalações da fábrica Regina, em Alcântara, e da antiga fábrica J.B Cardoso, na mesma zona da cidade, por falta de plano e revisão simplificada do PDM.»

Trabalhadoras da Misericórdia ameaçadas

Nem quero acreditar no que leio: «(...) O Sindicato denunciou que as funcionárias foram informadas para não participarem na manifestação ou iriam tomar nota dos seus nomes. "Isto é uma ilegalidade, a Santa Casa está cheias de democratas de fachada", declarou Luís Esteves, do Sindicato da Função Pública do Sul e Ilhas, que promoveu o protesto.» (...)

«Radiografia» do susbsolo de Lisboa

«Todas as condutas, esgotos, redes de comunicações e infra-estruturas instaladas no subsolo de Lisboa vão ficar registadas numa base de dados informática no âmbito de um projecto que visa a "melhor coordenação de obras" no espaço público.
O principal objectivo do projecto da autarquia, denominado 'Lx Subsolo', "é diminuir o impacto provocado pelas obras na vida dos cidadãos", através do conhecimento antecipado das alterações que as infra-estruturas vão ter nos diferentes locais da cidade, explicou à Lusa a responsável do programa, Márcia Munõz.» (...)

«Sapadores Bombeiros de Lisboa concentraram-se frente à Câmara Municipal em protesto»

Como??!
Li só agora mesmo em pormenor a frasezinha e fiquei estarrecido: « possibilidade de virem a encerrar os 11 quartéis à noite e ao fim-de-semana.» Aqui.
Mais
«Elementos dos Sapadores Bombeiros de Lisboa concentraram-se hoje frente à Câmara Municipal em protesto contra a retirada do passe social, alterações no horário de trabalho e fecho de quartéis à noite e fins-de-semana.
Em declarações à agência Lusa, João Nunes, dirigente do Sindicato dos Trabalhadores do Município de Lisboa (STML) e coordenador do departamento sindical de bombeiros, disse que em causa está a retirada do passe social aos bombeiros, já efectuada, as anunciadas alterações nos horários de trabalho e a redução de horas extraordinárias sem discussão com os trabalhadores.
«Os bombeiros não podem concordar com esta retirada de direitos adquiridos por causa do estado a que chegaram as finanças da Câmara de Lisboa», sublinhou o dirigente sindical.» Destak on line. E pode ler aqui também.
CML responde
É a contenção orçamental, diz a CML. Aqui.

Governo pode «dar» comboio ligeiro Torres / Lisboa

Para compensar perda do aeroporto, dizem. Leia aqui, por exemplo.

Rede Sete da Carris: os Utentes não desistem

«O Movimento de Utentes da Carris, enquanto grupos de utentes de várias zonas de Lisboa, há muito vinha questionando a pertinência da exiguidade de horários nocturnos e dos percursos que serviam as nossas freguesias, bem como a completa ausência de cobertura de importantes zonas habitacionais das mesmas. Porém, a situação criada com a implementação reestruturação das carreiras de autocarros da Carris – Conhecida como Rede Sete – quer na sua primeira fase, mas principalmente na segunda fase, tornou imperativa a tomada de posição e luta contra as medidas adoptadas.»
Leia mais aqui, incluindo o Caderno Reivindicativo para toda a Cidade.

Nova ponte: rodo-ferroviária e entre Chelas e o Barreiro

Tem de ser. A nova ponte tem de ter as duas vertentes: rodoviária e, claro, ferroviária. Almada e Barreiro manifestaram ontem essa opção. António Costa também foi peremptório ontem.
«"A escolha da melhor travessia tem a ver com as prioridades: se for para descongestionar a Ponte 25 de Abril, deve ser na Trafaria; se for para melhorar o trânsito entre o Norte e o Sul, deve ser a norte da Vasco da Gama; se a prioridade for o aeroporto, deve ter um ponto de amarração em Alcochete; mas se a prioridade for o desenvolvimento regional, deve ser Chelas/Barreiro". Costa acrescenta que esta ponte permite "o desenvolvimento da área metropolitana e de uma cidade em duas margens e de uma zona que tem 70% do emprego da região"(DN)

Sondagem Marktest

1. Já votou na sondagem aí ao lado direito?
2. Veja a sondagem da Marktest na imagem. Clique em cima para ampliar, se necessário.

Segurança para táxis em Lisboa


«Mais 200 táxis de Lisboa vão passar a ter uma ligação permanente à polícia com o programa Táxi Seguro, elevando para mil o número de viaturas com aquele equipamento. A instalação do sistema de segurança custa 139 euros (mais IVA), montante que é assegurado em 33 por cento pelo Ministério da Administração Interna e 27 por cento pela Câmara de Lisboa, através de um protocolo entre as duas entidades e a fundação Vodafone. Os restantes 40 por cento são um investimento do taxista. (...)»

Quem é que vota mais à esquerda, carago?

Veja aqui, no site da Marktest. Clique nas imagens para ampliar...

terça-feira, fevereiro 12, 2008

TTT Lisboa / outra margem

Travessia: «Chelas-Barreiro», diz Costa - Portugal Diário - 8 horas atrás - O presidente da Câmara de Lisboa, António Costa, afirmou, esta terça-feira, que qualquer das hipóteses, para a nova ponte sobre o Tejo, «conforme estão ...

Eleições europeias, legislativas e autárquicas no ano que vem

Não está estudado pelo PS o calendário eleitoral de 2009 - leio. Aqui.

Lisboa: Circular das Colinas, não

(...) António Costa referiu a necessidade de ser realizada uma alternativa à chamada "circular das colinas", "que aproveite o túnel do Marquês e as ligações do Marquês à Almirante Reis, onde serão incluídos sentidos únicos". (...)
Público Última Hora

Duas rodas em Lisboa

Lisboa: PCP propõe criação de estacionamento para motas e bicicletasNuma proposta que será discutida quarta-feira na reunião do executivo municipal, Ruben de Carvalho e Rita Magrinho defendem que as direcções municipais de planeamento urbano e de segurança e tráfego ......RTP - Nacional (12/02/2008) ...
Lisboa: PCP propõe criação de estacionamento para motas e bicicletasOs vereadores comunistas na Câmara de Lisboa vão propor a criação de lugares de estacionamento para bicicletas e motas juntos aos interfaces dos transportes públicos e nos parques de estacionamento municipais a preços... Visão (12/02/2008) ...
Lisboa: PCP propõe estacionamento para motas e bicicletasOs vereadores comunistas na Câmara de Lisboa vão propor a criação de lugares de estacionamento para bicicletas e motas juntos aos interfaces dos transportes públicos e nos parques de estacionamento municipais a preços re...Diário Digital (12/02/2008) ...

Carris contestada em Lisboa

«Movimento de Utentes da Carris manifesta-se contra alterações de carreiras - 12 02 2008 16.53H - O Movimento de Utentes da Carris manifestou-se esta tarde contra a implementação da segunda fase da rede 7 pela transportadora, em Alcântara, alegando que o plano não resolve as acessibilidades dos cidadãos, a Carris nega acusações.
Os representantes dos utentes afirmam que «as alterações das carreiras prejudicam as acessibilidades e que isolam as pessoas», reforçando que «são situações concretas e reais que afectam as populações», afirmou um dos responsáveis do movimento, Carlos Moura.» (...)
Li aqui.

Câmara de Lisboa

Um novo organograma do Urbanismo «está a ser preparado e deverá ser apresentado e discutido em reunião de Câmara muito em breve». (Li agora no 'Sol', escrito por Margarida Davim)

Sondagem neste blog, ali ao lado na coluna da direita

Vote. Dê também a sua opinião. É só um teste...

Aquaparque, Lisboa

Só entra o vereador do Urbanismo. DN.

Câmara de Lisboa: integração de precários

Sindicato diz que a proposta de Costa «não corresponde». Leia no CM.

Como vai ser?

Se isto for assim, que lugar para Helena Roseta e tantos na mesma circunstância (já não serem ou nunca terem sido militantes do PS)? Por exemplo: no encontro do fim-de-semana passado não estiveram presentes, nem como ovbservadores?

segunda-feira, fevereiro 11, 2008

Sindicância e novas investigações (agora internas, para já)

Quase 70 novos processos vão ser alvo de investigação interna naCML, depois da Sindicância. À proposta de António Costa, que a CML aprovou, de que fossem sugeridas pelos vereadores novas situações, foram enviadas as listas de casos por parte de cada bancada. O resultado foi esse: mais 70 casos.

Casa Fernando Pessoa


A CFP estava sem direcção. Já não está: Inês Pedrosa é a nova directora. Aqui.
«A nova directora tem todas as condições para assumir o novo cargo», fez saber a Presidência da CML.
«No dia 9 de Abril vai arrancar na Casa Fernando Pessoa o primeiro festival de letras de Lisboa, uma iniciativa inspirada no festival literário de Ouro Preto, no Brasil, e que Inês Pedrosa ajudou a trazer para a capital portuguesa. Esta será a primeira grande iniciativa a ter assinatura da nova directora da Casa Fernando Pessoa num ano em que a programação já estava definida pelo seu antecessor». DN.

Já está: Lisboa está fora do mapa

Rali Lisboa-Dakar «vira» Argentina-Chile: li aqui agora mesmo.

Sobre o empréstimo à CML

Sondagem
Chamo a sua atenção para o inquérito aqui ao lado, na coluna da direita (salvo seja).

Autárquicas preocupam Sócrates

... Especialmente as de Santarém, onde - leio aqui - os problemas se sucedem sem solução à vista.

Cunha Ribeiro já saiu do INEM

Ana Jorge aceitou a demissão do presidente do INEM.

Tiros em Díli

Dois ataques: Ramos Horta em casa (ferido no estômago); Xanana em deslocação (ileso: Reinado morto). Ramos Horta foi alvejado - «na barriga» - li aqui e agora estou a ver na RTP 1. Reinaldo morreu na emboscada (Lusa).

domingo, fevereiro 10, 2008

No RCP, António Costa contra Belmiro, JM Fernandes e JA Cerejo

Oiça aqui (clique no link que encontra nos «relacionados», no final do artigo).

Sondagem

Sondagem neste blog
.
Participe. Vote

Coloquei aí na coluna da direita, logo a seguir ao corvo lisboeta, uma sondagem sobre o empréstimo da CGD à CML... Durante uma semana vamos fazer a experiência de recolher opiniões e contabilizar os resultados...

Os dias horríveis de Sócrates

Aparentemente está tudo bem. A propaganda oficial não dá o braço a torcer. Mas já viram os dias horríveis de Sócrates nas últimas semanas? Ele foram coisas como o recuo (feliz a meu ver, mas que o deve ter roído todo por dentro) no aeroporto, a demissão de Correia de Campos (já nem falo da outra), aquela parvoíce dos projectos assinados na Guarda (meu distrito: a falta de qualidade daquelas «maisons» de emigrantes deve ser o que mais chateia Sócrates - a mim é de certeza isso que mais me espanta). Depois, aquela cedência a 'lobbies' com a terceira travessia do Tejo. Mas não lhe deram descanso: logo, logo, foi Manuel Alegre a deixar claro que Sócrates está seu refém e que se o chateiam muito avança para «votos no país». E não felizes com isso, vem agora Carlos César a dizer duas coisas chatas para Sócrates: que o Governo esquece os Açores e a Madeira e que na Saúde as coisas estão todas erradas e a taxa moderadora até é ilegal. Desde há uns dias, a malta das artes, especialmente da música, não largam a ministra da Educação por causa do ensino da música no País. Ontem mesmo, as freguesias da AML vieram dizer que são contra a nova lei eleitoral das autarquias e o próprio António Costa repetiu que é contra esta lei por criar maiorias artificiais - como já antes aprovara na CML uma moção contra a redução do número de vereadores da câmara de Lisboa...
Santa Maria. Que mais irá acontecer a Sócrates?

5 000 licenciamentos pendentes

«A Câmara de Lisboa tem pendentes cinco mil processos de licenciamento de restaurantes, bares e cafés, revelou hoje o autarca da capital, António Costa, depois de o semanário Sol ter avançado que o restaurante "Eleven" funciona sem licença".
"Esse restaurante em particular não sei. Sei que há cinco mil processos de licenciamento de restaurantes, bares, cafés e snack-bares pendentes", disse António Costa (PS) aos jornalistas quando questionado sobre se o restaurante "Eleven" funciona sem licença.»

Freguesias de Lisboa rejeitam lei eleitoral das autarquias

António Costa diz-se contra a lei eleitoral das autarquias por criar «maiorias artificiais». Repetiu-o ontem na reunião magna das freguesias. Li isso no «DN» de hoje, domingo, dia em que actualizei este post.
«As 226 freguesias do distrito de Lisboa aprovaram este sábado por unanimidade em assembleia-geral uma moção de rejeição do projecto de lei do PS e PSD para a revisão da lei eleitoral autárquica já aprovado na generalidade no Parlamento, escreve a Lusa.
A moção classifica o projecto de lei de «manifestamente inconstitucional», contestando nomeadamente «os seus pontos em que retira aos representantes das freguesias o direito de votar as Opções do Plano e Orçamento» das Câmaras». (...)

Ainda a PSP no Grémio Lisbonense

1. Isto, a ser rigoroso, é de uma gravidade extrema. 2. Há quem se tenha manifestado contra. Incluindo, como se esperava, a própria CML. (Veja as imagens da PSP aí mais abaixo). Curiosidade: serão 80 os actuais sócios do GL. «A Câmara Municipal de Lisboa comprometeu-se a arranjar instalações alternativas para que o funcionamento da colectividade esteja assegurado. Houve mesmo uma deliberação da Assembleia Municipal nesse sentido.» DN.

Radares de Lisboa

Câmara quer alterar localizações - lê-se aqui.

sábado, fevereiro 09, 2008

Hospital D. Estefânia, Lisboa

O director clínico da D. Estefânia quer que a unidade se mantenha ('Expresso', pág. 25).

BES

Coincidência ou não, a verdade é que na semana em que se soube que estão despachadas pelo Governo 11 mil camas na Comporta, o BES aparece em seis (seis) grandes páginas do Expresso e outras tantas do Sol, a auto-promover os seus aspectos sociais e de inovação...

«Segurem-me, se não eu...»

Na minha aldeia havia um tipo que não primava pela coragem. Quando havia bronca na rua, agarrava-se aos do lado e gritava, nervosíssimo: - Segurem-me se não eu... O pessoal segurava-o, claro, para evitar uma tragédia. E assim se eximia ao desafio. Lembrei-me dessa história quando hoje li: «Não me desafiem para coisas que é perigoso desafiarem-me", afirmou». Aqui. Vitalino Canas, aliás, já veio dizer que uma «corrente de opinião valoriza» o PS, pois confirma-o como um "partido onde existe diálogo". Claro.