terça-feira, setembro 30, 2008

Marktest


PSD vs PSD

Retirar ou não os pelouros a Sara Brito - melhor, reclamar tal - eis a questão que está a dividir PSD na Assembleia de PSD na CML. Coisas. Lusa in Expresso, aqui.
  • A propósito: no PSD os arguidos já podem ser candidatos. Veja aqui.

Uma tarde dos diabos

Uma tarde dos diabos. Coisa horrível de se viver.

Marcelo encolhido e com receios


"Só espero que isto não seja pretexto para mais à frente a ERC querer que a RTP acabe com o meu programa", avisa Marcelo.

Posições do PCP

Hoje o Correio da manhã veio acrescentar uma nódoa nova em cima de nódoas antigas no que toca ao PCP. De forma ligeira, refere que também o PCP estaria a ser beneficiado porque paga uma renda pequena num centro de trabalho, em Marvila. Esqueceu-se de se esclarecer junto do próprio PCP, mais uma vez, lamentavelmente. Esqueceu-se de averiguar que essas instalações o PCP as recebeu da CML porque entregou à Câmara as instalações onde hoje está a Casa Museu do fado e da Guitarra Portuguesa. Que mau número, o do «CM»!
Por isso, hoje o PCP, a par de uma Nota sobre as questões do Património e seu uso, divulga outra Nota sobre as permutas e trocas que o Partido fez com a Câmara opor razões de interesse público municipal - em que o Partido foi mesmo lesado.
  • Leia aqui quer as duas Notas quer o 'take' que a Lusa acaba de difundir.
  • Actualização: um jornalista do «CM» de quem não me é permitido duvidar, acaba de me afirmar (estamos em 1 de Outubro, são 21.30) que o jornal tentou na tarde anterior obter uma opinião do meu Partidosobre esta matéria. Mas não foi possível obtê-la. Ok. Devia ter sido dada inofrmação imediata. Mas as pessoas são o que são. Peço desculpa pelo/a faltoso/a.

Setúbal

Público, hoje: «Carlos Sousa regressou agora à situação de cidadão independente de partidos e a hipótese da sua recandidatura à Câmara de Setúbal, apoiado por um movimento de cidadãos, tem sido falada naquele concelho. Mas, segundo o PÚBLICO (apurou), Carlos Sousa não tenciona voltar à actividade autárquica nem ser candidato às próximas eleições.»

Casas dispersas - estudo ainda por pagar em parte, queixa-se a Lusófona

Lisboa: Estudo da Lusófona custou centenas de milhar de euros, câmara pagou parte - Universidade - Fonte: RTP Publicado há 13 horas - ...a autarquia cede terrenos para construção. Os casos mais polémicos já estão a ser investigados. Lisboa, 29 Set (Lusa) - A Câmara de Lisboa pagou parte do estudo sobre o património disperso da autarquia concluído há cerca de um ano...

segunda-feira, setembro 29, 2008

Benesse, diz Ruben

O vereador comunista na Câmara de Lisboa Ruben de Carvalho afirmou hoje que a autoridade política da vereadora da Habitação está "danificada" mas que não pede a demissão de Ana Sara Brito, que viveu vinte anos numa habitação municipal.
"A autoridade política quer do presidente, quer da vereadora sai danificada desta situação", afirmou Ruben de Carvalho à agência Lusa, sublinhando que o PCP não pede, contudo, a retirada de pelouros a Ana Sara Brito, como foi hoje defendido pelo vereador social-democrata Fernando Negrão.
Para o vereador comunista, "trata-se de uma titular de um cargo público que usufruiu indevidamente de uma benesse pública, embora não ilegalmente".
"Não se coloca um problema de demissão. Se o próprio concluir que deve pedir a sua demissão, isso diz respeito ao próprio", afirmou.
O PCP não pede, contudo, a retirada de pelouros à vereadora socialista, reiterou Ruben de Carvalho quando questionado sobre o impacto dessa "diminuição de autoridade política" que, argumenta, atingiu Ana Sara Brito.
O autarca comunista ilustra a "diminuição" de autoridade: "Quando responder a um munícipe acerca de atribuição de casas numa reunião pública de Câmara, pode dar-se uma troca de palavras desagradável".
Para Ruben de Carvalho, na atitude da vereadora "não há nenhuma irregularidade porque não há regularidade" nesta matéria, realçando a "ausência de critérios e regulamentos" na atribuição do património disperso da Câmara.
O PCP nunca teve responsabilidades em matéria de Habitação, esclareceu ainda o vereador, que sublinhou que "este não é um problema de hoje mas de sempre".
ACL/APN, Lusa
.
Chamo a sua atenção para um dado que para mim é novo: «Ana Sara Brito admitiu hoje em conferência de imprensa que, em 1987, foi morar para uma casa atribuída pela autarquia, quando tinha o pelouro da Acção Social (...)». Leia aqui.
  • Mas peço-lhe que não se deixe baralhar: Santana Lopes, Helena Lopes da Costa e Miguel Almeida estão arguidos pelo Ministério Público por abuso de poder e outros crimes. Isso, nem Sara Brito apaga.

Ana Sara Brito

Ana Sara Brito estará ainda a falar com os jornalistas na conferência de imprensa que convocou para esta tarde (em consequência da aparição pública do seu caso em destaque no que se refere a uma casa cedida por Abecasis e que manteve como vereadora ao tempo de Sampaio e já agora como vereadora de Costa - só «devolveu» o imóvel em Dezembro de 2007, mas assumiu funções em 1 de Agosto de 12007). Não se demitirá. Anaclotilde Correia, logo no início da conferência de imprensa, e bem, só colocou isso mesmo em linha:
  • E pronto. Está consumado. Santana e Helena, arguidos, já nem são notícia. Conseguiram, eles e o «DN» baralhar e dar de novo. Parabéns. Mais bem jogado era impossível.
  • Desenvolvimento da notícia da Lusa, aqui, aqui e aqui.
  • Margarida Davim dá mais algus pormenores aqui.
  • Gina Pereira trata do assunto aqui.

domingo, setembro 28, 2008

Que diabo

Marcelo acha que Santana é que deve ser o candidato do PSD para Lisboa, porque tem mais hipóteses e até é capaz de ganhar - foi na RTP 1 há bocado. A ética que se lixe, pensa Marcelo. E Manuela?
Seara disse há três semanas que achava piada ter sido convidado para a Festa do «Avante!» e não ter sido convidado para a Unversidade de Verão do PSD.
Moita Flores esteve neste fim-de-semana na festa dos TSD, na 1ª filinha...

Tudo o que foi dito e escrito


Para que conste. Eis toda a trama das pressões admitidas e negadas de Sócrates sobre a imprensa, rádio e televisão por causa do diploma e da Independente... Os depoimentos dos próprios «em directo e ao vivo». Aqui.

Valente Sesimbra

O que é farinha torrada? Um alimento tradicional de pescadores de Sesimbra. Agora, a autarquia local vai criar uma marca regional com essa receita... «(...) a célebre farinha torrada - uma tradicional receita de farinha, açúcar amarelo, ovos, limão e chocolate - vai ser certificada como uma marca da terra. A comunidade local, a conhecedora do "segredo", irá ajudar a que este doce tradicional seja distinguido através do Programa Integrado de Valorização da Frente Marítima. A ideia é manter vivas as tradições gastronómicas e divulgar turisticamente este bolo seco, que ganhou fama ao longo de décadas a bordo das embarcações de pesca artesanal, em tempos difíceis, quando todo o dinheiro era pouco para garantir a subsistência alimentar.
Álvaro Nero, de 81 anos, com uma vida ligada ao mar, ainda hoje faz da pesca parte do seu ganha-pão. Conheceu bem os efeitos da farinha torrada quando a fome apertava sem terra à vista. "Dava força para trabalharmos mais. Chegámos a estar no mar aos três dias só a comer farinha torrada, que era feita em casa pela mulher. Não havia dinheiro para levar carne. Era o que tínhamos para matar a fome e era bem bom", diz.
»
In DN, hoje

Polícias furiosos

Um dos sindicatos denuncia. Não descansam. Ficam sem vida própria. Fazem horas e não as recebem. Ficam sem os seviços «gratificados». Prejuízo duplo. Nação oblige. Ok. Mas... estão esgotados... E se um deles se encabrestar comigo aí na rua ou numa operação stop?

Luxo

Câmara paga rendas de luxo por realojados - Fonte: Jornal de Notícias - Publicado há 9 horas
...estacionamento. Este é apenas um dos luxos que, desde 2004, a Câmara de Lisboa permite aos desalojados do Bairro da Liberdade. As localizações...estacionamento. Pequenas extravagâncias que a Câmara Municipal de Lisboa assegura há quatro anos às famílias do Bairro da Liberdade...

Métodos execráveis

Estes métodos de Santana e companhia são execráveis. Ninguém da Direcção Nacional do seu partido lhe passa cartucho. Mas ele e os seus amigos fazem a festa e deitam os foguetes a ver se pega. Por exemplo: agora dizem que ele pode vir a candidatar-se por Setúbal. Da direcção local dizem que não há contactos. Mas isso interessa alguma coisa? O que importa é que haja alguém em algum jornal que publique a coisa, a ver se pega... Hoje é o 'CM'.
No 'JN' pergunta-se o que poderia levar Ferreira Leite a apoiar Santana depois de tantas divergências. Ler aqui.
Há uns dias, num blog do PSD, a coisa era posta com toda a clareza: Santana e amigos fazem presão sobre pressão. Ler aqui. Mas uma coisa não pode ser ignorada: Santana e outros são arguidos. O mesmo blog, aliás, não o deixa esquecer: leia aqui.

Coisas do Brasil

Site do Ministério brasileiro do Trabalho e Emprego...

Interlúdio

: um sorrisinho.

sábado, setembro 27, 2008

São Vicente




A queda de um monumento nacional - Igreja de São Vicente de Fora, em Lisboa, está fechada ao público devido à queda de estuque do tecto (...)
Portugal Diário 27, Set 2008 - 16:45

3 200 - que certeza...

Primeiro veio no 'Expresso' desta manhã. Depois noutros.
«Lisboa: CML atribuiu 3.200 casas por cunha - Fonte: Correio da Manhã - Publicado há 4 horas
A Câmara Municipal de Lisboa (CML) atribuiu mais de 3 mil casas por cunha, dadas à autarquia como contrapartida de benefícios atribuídos a cooperativas...»
há 7 horas Câmara de Lisboa dá 3200 casas por cunha - Diário Digital
.
Actualizações
Prescrição em 10 anos. Ler aqui.
1º comunicado da CML. Ler aqui.

Sabia do seu apoio a causas humanitárias? Eu, não.


Serviço público

Quer ver as capas de tudo o que se publica no País? Vá por aqui (pode abrir um a um...).

Começou outra guerra

O que Ferreira Leite dissera:
« - "Se desse uma festa de grande opulência num bairro de barracas seria uma enorme afronta a quem lá vivia";
- "O Primeiro-ministro fez um lamentável espectáculo de riqueza e opulência numa região cheia de problemas"»
Agora a resposta de Perestrello ontem:
«Marcos Perestrello, secretário nacional do PS para a organização do comício, atirou: "[O comício] custou milhões de vezes menos do que o prejuízo que Manuela Ferreira Leite causou com o negócio do Citigroup", uma operação efectuada em 2003, quando era ministra das Finanças».
In CM
.
Estão a prever a contra-resposta, em câmara lenta, mas que não vai perder pela demora?
Faço notar que já há uma semana houve um arremedo: Ferreira Leite acusou Constâncio de querer abafar a crise lançando a discussão sobre o nuclear «que não está em cima da mesa», disse. Mas esta passou despercebida. Agora é que a coisa aqueceu e vai continuar, pelo que prevejo.

EUA: o debate

Democratas e republicanos reclamam vitória no debate televisivo Obama/McCain - Os campos republicano e democrata reivindicaram, sem surpresa, a vitória do seu candidato no primeiro debate televisivo entre os dois concorrentes às presidenciais norte-americanas, John McCain e Barack Obama. (...)
> McCain: "Não podemos permitir um segundo holocausto"
> Obama: "Oito anos de políticas erradas apoiadas por McCain"

Portugal e corrupção

Uma agência, a Transparência Internacional, TI, estuda a corrupção. Uma espécie de barómetro sobre quem é o mais corrupto. Portugal é ali visado: hoje está mais corrupto do que há um ano. Já me tinha parecido.
Leia pormenores no Expresso, aqui.
No 'CM', destaco: «A TI classifica Portugal como um dos "notáveis exemplos de deterioração do índice de percepções da corrupção", a par da Itália e da França.»

Chelas

PJ investiga associação de apoio social em Chelas - A Polícia Judiciária está a investigar a Associação Tempo de Mudar, no Bairro do Lóios, em Lisboa, por suspeita de ilegalidades praticadas por uma anterior direcção. ...
Jornal de Notícias 26, Set 2008 - 23:53

Agitação feita no «DN» continua

A propaganda ao nome e à imposição de Santana para Lisboa feita sempre pelo mesmo escrevedor do «DN» continua hoje aqui. E assim será até que Ferreira Leite ponha um ponto final nesta burla. Isto é agitação pura: «Se for candidato a Lisboa não o serei ao País», terá dito PSL. Como quem dissesse ao contrário: «Vá, Manuela, ou me indigitas para Lisboa ou tens-me à perna no Congresso e sou mesmo capaz de provocar um congresso extraordinário e andar para aqui a morder-te nas canelas para todo o teu sempre». Chantagem pura. Mas quem é que ainda vai nisso. Os métodos são os mesmos há séculos. Conheço-os de ginjeira.
.
Sobre as chantagens de Santana leio ainda no 'Expresso' de hoje, em meia coluna na última página, que Santana leva a táctica ao ponto de propor um «pacto de convergência» a Ferreira Leite. Como quem dissesse descaradamente: «Se queres paz, indigita-me para a Câmara de Lisboa».
É truque. É descaramento. Mas ele sabe que assim pode pegar. Sabe aliás que, mesmo ficando ela com a pedra no sapato para sempre, esta será a única meneira de a levar a indiditá-lo. Será que ela cede à chantagem e renega tudo o que pensa e tudo o que tem dito? Será que ela vai no engodo de mais força ao folclore apalhaçado do que à acção política séria?
.
A propósito: deram conta daquela do cheque de Santana agora devolvido pela Câmara? «Passei um cheque de mais dinheiro do que gastei à CML para não andarem a chatear-me»... Olhem bem que conceito de serviço público e de serviços administrativos tem e espalha este homem...
.
Quanto à qualidade desta gente, peço só que vejam este exemplo. É só um. Mas vale por muitos.
.
No que se refere à investigação sobre casas, o mesmo escrevedor parece tão aflito quanto o cidadão que quer salvar Santana da confusão que se estabeleceu quando as investigações da Judiciária levaram precisamente a indícios de três crimes de três altos elementos do santanismo (que, com tais elementos, pouco se safará como escola, digo eu): «(...) indícios de abuso de poder (no caso de Santana Lopes) e de corrupção e de falsificação de assinatura de funcionário (no caso de Helena Lopes da Costa e Miguel Almeida)».

sexta-feira, setembro 26, 2008

PSD vs PSD

Grandes tareias dentro do PSD. E também o registo de um regresso. Não leia tudo o que aparecer nos links: veja só do que se trata e o que quero dizer... A sério. Aqui, aqui, aqui e aqui.

Bacocada

Isto é uma grande bacocada. Que um ministro não pode produzir. Nem em privado, quanto mais em público.

Bragaparques / Ricardo. Continuo a acompanhar o julgamento

Aqui.

Vírgula

Despreza a vírgula? Então leia e pense. (O texto está em português do Brasil: ele faz parte de uma campanha fabulosa da ABI).

Está bêbado?

PS nos 36%, PSD nos 30 (nem lá chega), CDU nos 13 (quase), BE nos 12 (quase). É esta a sondagem da Marktest, de ontem, hoje publicada, e que espero colocar aqui em breve.
Mas há pessoas que não sabem ler.
E este devia estar bêbado mesmo. Leia-me aqui.

Nem pense nisso, diz Manuela

Manuel Ferreira Leite já leu a sentença às pretensões descabidas de Santana Lopes. Ontem à noite disse forte e feio aos jornalistas que:
1. Santana tem de esperar;
2. Quem decide é ela;
3. Os critérios são os dos princípios do PSD da actividade e da postura na política.
(Seja lá isso o que for, de certeza que Santana não se encaixa: já foi por causa de um texto de Cavaco deste teor também que a margem de Sampaio para o demitir do cargo de 1º Ministro ganhou asas, como se sabe. Ora, conhecida a proximidade de Ferreira Leite a Cavaco, a sentença está lida).
Uma coisa ficamos a saber agora com clareza: ao contrário do que os santanistas andavam a espalhar (que ela admitia como boa a hipótese Santana para Lisboa), Ferreira Leite afinal não está para aí virada.

Sporting

Município tem de dar terreno extra ao Sporting - Diário de Notícias - Lisboa - 4 horas atrás - O Sporting conseguiu ontem uma importante vitória sobre a Câmara Municipal de Lisboa (CML). ...

Campanha de branqueamento

Francisco Almeida Leite insiste em indexar a atribuição de casa por Helena Lopes da Costa ao nome de João Soares. Como se HLC estivesse a fazer um favor ao ex-presidente da atarquia... Onde é que este homem aprendeu a fazer jornalismo. É que ele insiste, insiste, insiste. Todos os dias. Hoje também. Lá está escrito mais uma vez que em 2004, no tempo de Santana, foi atribuída uma casa aos pais do «antigo telefonista de João Soares». Depois esta expressão: antigo telefonista de João Soares - como se o funcionário estivesse especialmente próximo, digamos, no Gabinete da Presidência... Isto é descaradamente uma campanha de poeira ar ar para esconder ou amortecer junto da opinião pública o facto de os arguidos serem oputros: Santana, Helena e Miguel - todos do PSD, todos da equipa de Sanana. Está na cara que assim é. Oops!

Exemplos

No PSD e no PS há cada um... que «não é flor que se cheire»... Leia aqui exemplos de hoje mesmo.

quinta-feira, setembro 25, 2008

Seara e o PS de Sintra

O comunicado da CDU de Sintra e o relato de alguém que esteve na sessão da polémica... Leia tudo aqui.

O capitalismo e o liberalismo que se lixem

It's the economy, stupid...: «Congressistas de acordo quanto às bases do plano de ajuda à economia americana - Os congressistas democratas e republicanos estão de acordo quanto às bases do plano de ajuda à economia norte-americana apresentado pela Administração Bush, disse hoje o presidente da Comissão Bancária do Senado, Christopher Dodd, aos jornalistas.»

Terrenos

Tribunal Arbitral dá razão ao Sporting na questão dos terrenos de ... - O Jogo - 2 horas atrásO Tribunal Arbitral, criado para resolver o diferendo entre a Câmara Municipal de Lisbopa (CML) eo Sporting, decidiu favoravelmente aos "leões" ...

Galerias romanas podem ser visitadas

Túneis com dois mil anos recebem milhares de curiosos - 00h30m - 'Descobertas' em 1770, ao reconstruir a cidade, foram consideradas as termas romanas de Lisboa, na actual Rua da Prata. Afinal, as galerias serviram para suportar edifícios. A partir desta sexta-feira, podem ser visitadas por todos. (...)

Bronca em Sintra

«Fernando Seara retira pelouro a vereador do PS»

E gira, e gira, e gira

Estão a ver por que é que digo que o circo está de volta? Histórias destas... é todos os dias.

quarta-feira, setembro 24, 2008

Editorial

Lamentável baixeza
.
Mais uma nota, antes dos jornais da manhã (que me vão chatear). Esta nota tem a ver com o facto de Helena Lopes da Costa ter metido Margarida Sousa Uva ao barulho. Por duas razões: a primeira é que MSU terá apontado um caso do tipo segurança social de uma mão de três filhos sem casa e para quem MSU pediu uma casa. E daí? É para isso que servem estas casas: para abrigar quem precisa - mas ao chamar MSU à colação, Helena está apenas a apelar ao imaginário do PSD: MSU hoje está lá no bem-bom de Bruxelas, Durão tem um halo de apreço de muita gente do PSD; em segundo lugar, e muito mais importante (foi essa história que de repente me bateu e me chocou): MSU, mulher de Durão Barroso, está a ser usada de forma ignóbil e subtil, disfarçada, estratégica. MSU está a ser lançada num tabuleiro de xadrez de longo alcance. Santana também é arguido no mesmo processo. Helena sabe das histórias que constam de há 30 anos atrás. Trinta anos de tormento e de vinganças colaterais - como aquela da ida para Bruxelas deixando o Governo na mão do incapaz... E, na sequência dr tudo isto, esta foi mais uma jogada fraudulenta, desta vez jogada de baixaria, de canto, de esguelha, orquestrada por Helena Lopes da Costa com a conivência expressa ou tácita mas sempre malévola dos restantes comparsas. Uma hipótese a que nenhum deles nunca vai aludir, que nunca admitirão, não por saudável pudor mas por vergonhosa mentalidade. Uma situação que muita gente está a lamentar, mas em silêncio, por vergonha e talvez até por medo de represálias - coisa bem useira naquele meio. Tudo isto foi concebido para, na prática, obrigar os Barroso a virem a terreiro defender - violentados - os indefensáveis que buscam nestes truques, e à sua maneira, alguma salvação (só por utilitarismo, numca por razões de busca de dignidade. É que está muito fresca no PSD a consequência da situação de arguido para Carmona. E, afinal também pesa o facto de a moldura penal da arguição ir até aos três anos de prisão).
Dignidade, digo? Como se isso fosse possível.
Não, com gente deste jaez.
Tudo isto é, aliás, de uma baixeza lamentável, incomodativa.
.
(Lamento profundamente ter de escrever isto. Até parece que estou a defender os Barroso e, ao meter-me pelo PSD profundo dentro, sinto-me intruso em família alheia. Não é nada disso: estou a defender o direito à dignidade na vida pública. Coisa que esta gente, que «aqui» conheci durante vários anos, nem sabe onde mora.)

Beliscadela

Não acredito que António Costa esteja assim tão peocupado com isto. Mas só um bocadinho, talvez: é uma beliscadela dispensável, nesta altura do campeonato.

Santana. E agora, que mais confusões vão lançar?

Eventual abuso de poder de Santana, diz o Tribunal. Pode ser punido com pena de prisão até três anos. Aguardo, amanhã, pelos comentários de alguns santanistas acontonados nos jornais, designadamente no «DN». Leia aqui coisas como esta (o jornal cita o Tribunal e eu re-cito): «"ilícito eventualmente praticado no âmbito de um processo para atribuição de fogos para habitação social"».
.
E o homem não se cala. Hoje mesmo Paula Teixeira da Cruz afirmou que o rejeita para o cargo... Está arguido. Mas não pára. Blá, blá, blá...

Santana Lopes e amigos lançam a confusão. «Diário de Notícias» promove-a

Não pode ser por acaso. O «DN» está a produzir em catadupa o grande confusionismo. Na atribuição ilegal de casas, esta gente tem falado de tudo, sobretudo de João Soares e do PS, menos do que está em cima da mesa: os arguidos são Santana Lopes, Helena Lopes da Costa, Miguel Almeida. Ponto. Tudo o resto é poeira ao ar. Que mau serviço estão a prestar, senhores «jornalistas». Santana agradece a Francisco Almeida Leite. Eu, honestamente, ainda não percebi onde é que o homem quer chegar - mas deve ter um rumo. Vou estar atento. Vamos ver se tudo isto não acaba numa qualquer ligação espúria - como a estas horas estaria a escrever Orlando Gonçalves, de saudosa memória, no «Notícias da Amadora» dos temnpos do combate sem tréguas contra estas maningâncias - outro termo bem do seu agrado à época...
Aquela manchete de ontem, então, claramente encomendada por aqueles três políticos de um dos PSDs que conhecemos, foi um primor de confusões atrás das quais os mesmos se escondem. Veja aqui e aqui.

terça-feira, setembro 23, 2008

Cuba

Cuba por todos. Todos por Cuba.
Uma campanha de solidariedade.

Lisboetas e Lisboa

Lisboetas são os mais descontentes com a vida na cidade - Braga é uma das cidades europeias onde é mais fácil encontrar uma boa casa a preços razoáveis e os habitantes de Lisboa são dos mais descontentes com a vida na capital...
Jornal de Notícias 23, Set 2008 - 15:02

Mais-valia e conversa de putos (salvo seja)

«Há mais-valia, pois». «Qual?» «Há mais-valia. Tenho o direito de ter opinião». «Há mais-valia porque sim». E prontos... Aqui (últimas linhas).

Escolas: «Associação de Municípios e AML não concordam»

«(...) O presidente da Câmara Municipal do Barreiro, Carlos Humberto, salientou que quer a Associação Nacional de Municípios, quer a Junta Metropolitana de Lisboa “não estão de acordo” com a descentralização como está proposta pelo Ministério da Educação.
“Na AML não existe disponibilidade para avançar com esta proposta, até que as coisas estejam mais esclarecidas” – sublinhou.
Por outro lado, sublinhou que “cada município é autónomo” para tomar as decisões, no entanto, referiu que sobre esta matéria – “há um espaço de articulação de posições no âmbito da Área Metropolitana de Lisboa”. (...)»
In Rostos on line

Quilómetros à fartazana

Aqui.

Para memória futura

Eis as promessas arroladas nos jornais de hoje, terça, e de ontem, segunda:
1. Passadeiras pintadas, «protegidas» com anti-derrapente e com pins a meio da via (verba não referida) - Marcos Perestrello - «até 2010»;
2. 5 milhões para passadeiras junto de escolas - idem - «em 2009»;
3. 5 milhões para 40 km de ciclovias - Sá Fernandes: «quase 80 km» - «até 2011», «Belém - Cais do Sodré, a 5 de Junho de 2009» - António Costa.
Aqui, aqui e aqui.

Viagem ao interior do PS pela pena de um militante da Secção de Belém

« (...) O acordo alcançado com o Movimento Cidadãos por Lisboa, encabeçada pela Arquitecta Helena Roseta, gerou opiniões divergentes na assembleia. Na parte que me toca, havendo a possibilidade de chegar a acordos que ofereçam mais estabilidade e maior capacidade de realizar trabalho camarário através de pessoas com provas dadas, sou a favor. Mas o camarada Dias Baptista referiu o mais importante quando afirmou que este acordo é um prenúncio da disponibilidade de António Costa e do PS para chegar a esses mesmos acordos. Sabendo de antemão que, nem o PCP, nem o BE, nem a própria Helena Roseta vão perder a oportunidade de se insinuarem junto do eleitorado com a proximidade das eleições legislativas. (...)»
Ricardo Fresco, in site do PS/Lisboa

Mais e mais circo

Muito circo vem aí. Leia. Oeiras entra na roda?

segunda-feira, setembro 22, 2008

Em Almada é que é bom, diz MJ Ramos - e eu, que conheço, concordo plenamente

Dia «sem carros» em Lisboa. Dois opinadores. Um não gosta e o outro diz que é uma fantochada.

As casas de Helena

(...) Em Março passado, a SIC noticiou que Helena Lopes da Costa atribuiu também um fogo municipal, com uma renda de 400 euros, à ex-directora de Acção Social da autarquia e actual directora da Segurança Social de Lisboa e Vale do Tejo. A deputada, escreve o público, confirmou.
Por mais que HLC venha com aquela coisa dos pobrezinhos para os quais toda a gente lhe pedia casa, nada apaga nódoas como esta aí em cima e muitas outras. Uma directora de serviços (e outros casos de favorecimento) não se baralham com situações verdadeiramente sociais. Cunhas e pedidos do tipo segurança social não se misturam... O discurso destes dois (Helena e Miguel) é típico: poeira ao ar e logo se vê. Mas talvez se enganem desta. Talvez a malta comece a abrir os olhos.

domingo, setembro 21, 2008

Circo

O circo está de volta. Lamentável, mas real.

Novo Aeroporto


Primeiros trabalhos já decorrem no novo aeroporto - A NAER garantiu que a estação meteorológica prevista para o Campo de Tiro de Alcochete, que vai receber o Novo Aeroporto Internacional de Lisboa, já está instalada, explicando que ainda no existem novidades em relação ao nome do consultor técnico. Fonte oficial da NAER explicou que a transferência da estação...

21, Set 2008 - 18:03', 'O Mirante'

«Era sócio dela» - a tese volta


Alguns pormenores podem ter interesse. Aqui, perguntas e respostas em tribunal. Em cena: Domingos Névoa e as juízas. Em tema: Ricardo e José Sá Fernandes.
Estou um bocado impressionado com os pormenores e o seu significado neste trecho dos depoimentos de Domingos Névoa: por que será que o empresário nme se dá ao trabalho de construir uma história mais forte, maios convincente? Escrevi aqui sobre estas minhas deambulações.

Já? Helena Roseta já começa a fazer marcha-atrás e ainda nem começou? Ou sou eu que sestou a ler mal?

Fernanda Câncio: Voltando ao seu plano para a habitação... Costa disse que ia repovoar Lisboa.
Helena Roseta: Não tenho ilusões nenhumas de que não é um plano que regula o mercado, nem é um plano que vai repovoar Lisboa. Repovoar Lisboa será o resultado de muitas coisas, não de um plano só. Mas um primeiro passo é colocar os agentes em contacto uns com os outros: as juntas de freguesia, os habitantes, as associações de proprietários e inquilinos. Criar uma plataforma comum. Os inquilinos estão interessados em que haja mais casas para alugar, os proprietários estão provavelmente interessados em que haja mais reabilitação, as autarquias em que haja mais combate à pobreza e à solidão, há problemas gravíssimos, por vezes muito escondidos, de fogos degradadíssimos, temos milhares de fogos em Lisboa que não têm casa de banho, nem cozinha, nem água, as pessoas ainda têm a pia ao pé do fogão...

Abaixo as nacionalizações. Abaixo a intervenção do Estado - grita Bush no meio do deserto

Crise financeira - Tesouro dos Estados Unidos revelou plano de 700 mil milhões de dólares para salvar a banca - O departamento do Tesouro norte-americano publicou ontem à noite uma ficha explicativa do plano governamental de 700 mil milhões de dólares (483 mil milhões de euros) que está a ser negociado com o Congresso para salvar o sector bancário nos Estados Unidos.

Ah, bom. Assim a coisa fica clarinha

Afinal, quem propôs Santana para concorrer à CML foi o sector santanista/menezista, um dos elementos mais sem nível que conheço no PSD. À testa deste movimento, claro, Carlos Carreira, de cuja lista para a distrital que ganhou não quiseram pertencer nunehuma das personalidades prestigiadas no PSD de Lisboa. Mais interessante é isto. Santana é arguido num processo agora conhecido em que está suspeito de abuso de poder etc. por atribuir casas da Câmara a amigos. Os seus dois co-arguidos neste caso é que vêm dizer agora que Ah e tal, têm é medo de Santana. Ou seja: eles sabem que se Santana for candidato, serão menos castigados na imprensa por uns tempos. E fazem disso muralha de defesa e canhão de ataque.
... Tristeza.

Costa

Autárquicas/Lisboa: António Costa disponível para recandidatura em 2009 para «mandato de fundo» - Fonte: Sol - Publicado há 7 horas - ...de Estado e da Administração Interna de José Sócrates foi eleito a 15 de Julho de 2007 para a presidência da Câmara de Lisboa em eleições intercalares, provocada pela queda do executivo municipal liderado por Carmona Rodrigues, depois de o ex-presidente...

sábado, setembro 20, 2008

Bronca dupla

Manuel Pinho é um artista. Vende a casa de Garrett para demolição e arranha-céus e nomeia a pessoa com quem faz negócio chorudo... Aqui.

Um bocado de um exagero...

Numa só página... tanta picagem em cima do nome de Louçã... Passa-se no site da TSF, hoje. Transcrevi-o para aqui por curiosidade para que possa ver o excesso doentio.

Compensa, pois...

Um terreno em Lisboa, junto das Twin Towers, vendido pela CML à AECOPS para a susa sede há quase 20 anos, foi depois vendido por muitos milhões a mais. Isto é que é investir em betão - ou não fosse a AECOPS do ramo!

«Expectativa esperada»

Assassinar a língua portuguesa é isto. Não há lá ninguém que edite os textos? Honestamente. O parágrafo dedicado ao PSD, esse, então, está mesmo horrível.
Para lá disto, continuo a registar que o site está moribundo, quase morto. Não há lá ninguém a quem a política interesse mesmo? É que, ao fim e ao cabo, estamos a falar de um, partido que está no poder em Lisboa e no País... Mas nem parece, com tanta modorra. Ou é assim mesmo, sei lá. Talvez o poder adormeça as pessoas e deixem o líder sozinhito a escrevinhar uma coisitas de mês a mês... Por exemplo: o que é feito da garra de Marta Rebelo? Dos entusiasmos dos antigos vereadores do PS na CML Rui Paulo Figueiredo ou Dias Baptista?

Seara?

João Marcelino, DN: «Depois de tudo o que se sabe, e se calhar de outro tanto que não se sabe, é duvidoso que Manuela Ferreira Leite (MFL) pudesse assumir o nome de Pedro Santana Lopes como candidato à presidência da Câmara Municipal de Lisboa.
A notícia de que o ex-primeiro-ministro está envolvido num processo de eventual abuso de poder (tal como o estão Helena Lopes da Costa e Miguel Almeida - JCM) com certeza que resolve este dilema e abre as portas a uma decisão solitária de Fernando Seara. Agora só depende dele trocar o quase certo (de Sintra) pelo incerto (de Lisboa, onde há uma clara maioria de esquerda).
E Seara quererá? A mediática visita do autarca de Sintra à última Festa do Avante!, toda cheia de sorrisos e palavras de apreço para a organização político-cultural do PCP, leva-me a crer que sim. Seara quer, sobretudo se as sondagens lhe mostrarem uma janela de oportunidade. Neste momento, MFL não pode aspirar a conseguir um candidato mais forte do que ele para enfrentar António Costa. Pois... tinha Santana, se quisesse engolir um sapo. Mas, desde agora, para alívio de Pacheco Pereira e de todos os outros elementos que suaram para a levar a assumir o PSD, já não tem essa necessidade. Ora aí está uma notícia oportuna! Só se tornará numa notícia francamente má se Seara não quiser avançar. Aí, MFL vai perceber o que sofreu Marques Mendes nas últimas autárquicas quando teve de se desenrascar com Fernando Negrão...»
Mas aparece no horizonte também Paula.

Que ar tão poluído!

Poluição do ar em Lisboa 'rouba' seis meses de vida - Cerca de menos seis meses de vida, para quem reside ou trabalha na Avenida da Liberdade, em Lisboa. Esta é a estimativa que consta num estudo da Faculdade de Ciências e Tecnologia sobre os efeitos da poluição nesta artéria.

Diz um cidadão por Lisboa...

... que os cidadãos por Lisboa estão a ficar «feridos de morte». Aqui.

quinta-feira, setembro 18, 2008

Viva a República, grita o homem, para justificar o injustificável. Coitada da República que tem as costas largas

Em causa: a Sociedade Frente Tejo. Aquela de que se demitiu José Miguel Júdice, lembra-se?
Hoje a AR discutiu uma coisa: a diospensa de concurso público para obras até 5 milhões. Sobre isso, disse o PCP...
«O PCP vincou a "retirada á autarquia do seu papel de gestão de território" entregando-a a "uma Sociedade controlada a partir do Governo e que não sabemos como vai gerir o território".
"Vai contra todos os princípios de transparência e controlo democrático e público daqueles terrenos"».

Depois, de outras intervenções, o absurdo vindo do PS:
1.
«Na defesa da opção do Governo o deputado socialista Ramos Preto lembrou que o código dos contratos públicos resulta da transposição de directivas europeias que não impedem medidas excepcionais como esta.
"Os limites da contratação pública estabelecidos estão dentro do quadro do que é o direito comunitário", disse Ramos Preto, sublinhando que o diploma "não prejudica a competência municipal em matéria de gestão de território".
"O fim último da Sociedade Frente Tejo é reabilitar a frente ribeirinha tendo em vista a celebração do centenário da República", afirmou, terminando com um "Viva a República!"
2.
«Também o ministro dos Assuntos Parlamentares, Augusto Santos Silva, corroborou os argumentos do deputado socialista, afirmando que as medidas excepcionais estão previstas no direito comunitário e que são justificadas com a urgência de ter as obras prontas a tempo do centenário da República, em 2010.
"As competências municipais em termos de urbanização, edificação e ordenamento do território não são alteradas e a Sociedade Frente Tejo a elas tem de obedecer" concluiu.»

Sociedade Frente Tejo
«As obras a realizar pela Sociedade Frente Tejo, avaliadas em 154 milhões de euros, abrangem operações de reabilitação e requalificação urbana na zona da Baixa Pombalina, na área compreendida entre o Cais do Sodré, Ribeira das Naus e Santa Apolónia, incluindo a reocupação parcial dos edifícios da Praça do Comércio.
Abrange igualmente a reabilitação dos quarteirões da Avenida Infante D. Henrique situados entre o Campo das Cebolas e Santa Apolónia.»

In Expresso

Obras sem concurso, sim, pois...

P'rà frente é que é o caminho, dizem eles... : Chumbadas resoluções para suspender Sociedade da Frente Ribeirinha. Uma das propostas de suspensão é do PCP. Pode consultá-la aqui.

Mastodonte

Lisboa: 4.651 subscrevem petição «Salvem o Largo do Rato» - Um conjunto de cidadãos lisboetas entregou hoje na Assembleia da República a petição «Salvem o Largo do Rato», com 4651 assinaturas, para contestar um projecto de construção de um moderno prédio de habitação naquela zona de Lisboa. - Diário Digital 18, Set 2008 - 17:08

Horror de cabeças

«Explosão em prédio terá sido "aviso" a brasileiras.» Suponho que se trata de uma cruzada e que é feita em nome de Deus. Se foi por esta razão, que método bárbaro e criminoso... E afinal, segundo o «CM» de hoje, já é a terceira explosão lá para aquelas bandas em situações deste tipo: junto de casas de prostituição.

Como era de esperar

Máfias brasileiras até já criam comando em Portugal... Faço notar que estes «bichos» (organizações deste tipo), ou são liquidados à nascença ou espalham-se como fogo.

40 mil devolutos?

Devolutos dariam para acolher 80 mil pessoas - Jornal de Notícias - A cidade de Lisboa terá, segundo um estudo elaborado pela Empresa Pública de Urbanização de Lisboa (EPUL), cerca de 40 mil fogos devolutos, 26900 dos quais fora do mercado...
Na sessão da CML terá sido dito que o estudo está desactualizado e que essa é a razão pela qual, embora esteja pronto há um ano, não foi divulgado. Mas agora foi-o... Coisas...
No estudo aponta-se que há mais de 11 mil fogos não arrendáveis por razões de segurança e por irem para demoloção. Para resolver o problema da habitação em Lisboa, apontam-se duas soluções: via verde para os licenciamentos e dinamização do mercado de arrendamento.

Esse é então o desafio para Helena Roseta.

Cavaco mete-se outra vez com o Governo. Agora é todos os dias

Presidente da República recusa comentar possível intervenção do Governo - Cavaco Silva considera que a questão dos preços dos combustíveis exige reflexão - O Presidente da República, Cavaco Silva, escusou-se a comentar a possibilidade de o Estado intervir para fazer baixar os preços dos combustíveis para os consumidores, referindo apenas que a questão é "complexa" e que exige reflexão.
Governo ameaça intervir se os preços dos combustíveis não baixarem nas bombas
Combustíveis: Autoridade da Concorrência avança com análise aprofundada

quarta-feira, setembro 17, 2008

Afinal, o Governo cede

Todos os dias há um ou mais episódios em que o Governo, tendo antes feito peito ao PR, acaba por rever a sua posição. Hoje na imprensa já são duas. O PS tinha feito frente ao PR mas já amoleceu: PS está a reponderar Estatuto dos Açores "O tempo é bom conselheiro". Quem o diz é Ricardo Rodrigues, vice-presidente da bancada parlamentar do PS, ao admitir que o partido está a ponderar os argumentos que têm vindo a ser públicos sobre o estatuto político-administrativo dos Açores, entre os quais se conta o do socialista António Vitorino que, na segunda-feira, subscreveu as dúvidas de Cavaco Silva sobre a questão dos poderes presidenciais. (...)
Agora é na Educação e na questão do 12º ano: Educação: Governo admite mudar lei para garantir 12º ano obrigatório até 2009 - Fonte: Diário Económico - Publicado há 7 horas - ...transferência de competências na educação até ao 9º ano. Mais dez autarquias deverão seguir o exemplo até ao final da semana. Lisboa e Porto, as duas maiores câmaras do país, para já não vão aderir ao projecto porque não têm condições. (...)
E o PR não pára: ainda hoje os jornais se fazem eco de mais duas: 1) Cavaco Silva dá razão ao PG-R por um lado e, por outro, 2) o PR «apela a que Governo e juízes se entendam». Recordo que o Presidente do Supremo veio reclamar mais ordenados para os juízes, função sindical mas com justificação política (qualidade da justiça «para impedir outros problemas» - e quando a jornalista lhe pede para explicar, Noronha diz apenas que não diz mais por ora).
Coitado de Sócrates, repito. A esta hora está farto de amaldiçoar a tal «convergência e cooperação estratégica». Digo eu.

terça-feira, setembro 16, 2008

Que bacocada...

... a de Hermínio Loureiro. Aqui. Foi a Leonor Pinhão que me alertou, hoje, na sua coluna do «CM».

Saramago escreveu sobre Lisboa. O texto foi agora mostrado num sítio / site com o seu nome

José Saramago aderiu à blogosfera? Não, meus amigos. Pelo menos não no sentido em que andam para aí a bocanar nos jornais e nos telejornais. O blog de Saramago é uma página, mais uma, da sua escrita.
O único texto da autoria de Saramago, dos 4 que já lá cantam, é sobre Lisboa e reza assim nas primeiras linhas:
«Palavras para uma cidade
Tempo houve em que Lisboa não tinha esse nome. Chamavam-lhe Olisipo quando os Romanos ali chegaram, Olissibona quando a tomaram os Mouros, que logo deram em dizer Aschbouna, talvez porque não soubessem pronunciar a bárbara palavra. Quando, em 1147, depois de um cerco de três meses, os Mouros foram vencidos, o nome da cidade não mudou logo na hora seguinte: se aquele que iria ser o nosso primeiro rei enviou à família uma carta a anunciar o feito, o mais provável é que tenha escrito ao alto Aschbouna, 24 de Outubro, ou Olissibona, mas nunca Lisboa. Quando começou Lisboa a ser Lisboa de facto e de direito? Pelo menos alguns anos tiveram de passar antes que o novo nome nascesse, tal como para que os conquistadores Galegos começassem a tornar-se Portugueses…
».
E foi inserido também um texto de Pilar del Rio (assina apenas como Pilar). O texto é a apresentação do novo livro de Saramago, «A viagem do Elefante», já pronto e em breve nos escaparates.
.
NOTA
PARA ACEDER AO SITE DE SARAMAGO, SE POR ACASO APARECER A LEGENDA «SERVICE UNAVAILABLE», POR FAVOR, REGRESSE AO «LL» E VOLTE A CLICAR. EMPRINCÍPIO ABRIRÁ LOGO. SE NÃO, REPITA ATÉ ABRIR. JÁ ME ACONTECEU SÓ ABRIR À TERCEIRA. MAS NUNCA DEIXOU DE ABRIR.

Os argumentos de António Costa, um a um

Costa ainda não quis assinar este protocolo que está neste momento no écrã da SIC - são dez para as nove - por duas razões principais:
1.
"Em primeiro lugar, não seria responsável da nossa parte assumirmos novas responsabilidades em matéria educativa, sem conseguirmos tratar bem as responsabilidades que já temos", justificou."Aquilo que foi feito nas últimas décadas na cidade de Lisboa é absolutamente trágico para o ensino na cidade e foi por isso que estas escolas chegaram a este estado de degradação".
2.
"Em segundo lugar, a Câmara estava numa situação financeira calamitosa. Hoje, felizmente, já não estamos, temos as dívidas em dia, mas temos ainda que ter uma gestão financeira extremamente prudente".
Pergunto: então mas se o Governo diz que descentraliza as verbas para as novas tarefas, como se conjuda isso com o problema da situação financeira? Ou não será antes porque, como estou farto de escrever no LL, para as despesas de hoje até será suficiente a verba transferida, mas já conhecemos todos a história: daqui a dois ou três anos, já faltarão 10 ou 12% e daqui por 5 anos já há um desfalque de 20%? Não será antes por falta de confiança nas decisões dos governos nestas matérias? Não será antes porque é mais do que sabido que nesta matéria os governos não têm sido pessoas de bem?
Leia mais pormenores aqui.

Sócrates

Aqui escrevi: Coitado.

Pinho 'nhec-'nheco

E aqui: Conversa da treta...

Ainda o protocolo: só 29% das câmaras assinaram (92 em 308)

Atenção: as grandes cidades ficaram de fora. Por que será? Mais de noventa autarquias assinam protocolos com Ministério da Educação - Noventa e duas das 308 autarquias portuguesas assinaram hoje com o Ministério da Educação os protocolos de descentralização de competências, motivando a transferência de cerca de 11.500 funcionários não docentes e 255 escolas para as suas tutelas.
Veja a lista dos conselhos que assinaram, por ordem alfabética no mesmo artigo de cima.
Mais ainda: Achei piada a este comentário no Público on line: «16.09.2008 - 19h22 - Fidalgo, Setúbal - Esta transferência de competências, e estes protocolos, não passam de presentes envenenados, para o Governo ficar com dinheiro para pagar mais publicidade. Lembram-se daquela das crianças contratadas, numa sala de aula fictícia, com o sr. PM ao lado, ou já se esqueceram do filme? Já agora: se o protocolo é tão bom, porque razão a CMLisboa o rejeitou? E então porque é que a sra. ministra também não criticou 'duramente' a CMLisboa, como fez com outros?»

Apelo

António Costa e as questões ambientais e financeiras...

... e a mobilidade em Lisboa. Aqui.

Concerto

Houve quem me dissesse que foi uma chatice. Mas houve quem achasse o máximo. O concerto de Madonna pode ser parcialmente visto aqui.

A si não lhe fica a ideia de que os ministros andam a atear fogos com Belém e que depois lá vem Sócrates apagá-los?

Cavaco Silva defende escolaridade obrigatória até ao 12º ano - O Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, defendeu hoje o alargamento da escolaridade obrigatória até ao 12º ano, manifestando a sua convicção que é uma "meta para o futuro" e que não demorará muito a ser definida.
12º ano - Cavaco contraria ministra da Educação - O Presidente da República considerou que o alargamento da escolaridade obrigatória até ao 12.º ano é «fundamental para o desenvolvimento» do país. A ministra da Educação tinha admitido deixar cair esse objectivo (...)
Mas a senhora (ministra da Educação) anda a dizer coisas diferentes todos os dias sobre esta matéria. Veja aqui um resumo de algumas dessas contradições produzidas pela ministra desde sexta-feira.

segunda-feira, setembro 15, 2008

Afinal...

Educação: Autarca de Lisboa "completamente de acordo" com transferência de competências para municípios - 2008-09-15 17:47:52 - Lisboa, 15 Set (Lusa) - O presidente da Câmara de Lisboa, António Costa, afirmou hoje estar "completamente de acordo" com a transferência de competências na educação para as autarquias, elogiando a decisão do Governo nesta matéria.
"Estamos totalmente de acordo com o programa de transferências. A razão pela qual não assinámos ainda é uma questão de oportunidade", disse António Costa (...).

Registem

Registem. António Costa disse hoje o seguinte: «Temos as dívidas em dia». Não sei se queria dizer que a CML tem as contas em dia ou se era mesmo as dívidas. Se era «as contas em dia», acho isso estranho. Como é que se pagaram as dívidas de qualquer coisa como 500 milhões, ou mesmo 400 ou mesmo 360 que se comunicaram às entidades que tinham de deferir o recurso à medicina dos empréstimos? Como é que se explica então o drama? E se já não há dívidas, para quê continuar as desculpas com o estado calamitoso das finanças para não pagar horas extra a quem as faz, não financiar os serviços, carros parados à espera de peças - como ainda em Julho foi noticiado concretamente? Mas se são as «dívidas que estão em dia», bem (estou na paródia, evidentemente), isso já sabíamos. Mas a sério: pelo contexto percebe-se perfeitamente que Costa se refere ao mesmo que vimos no jornal que o PS / Lisboa editou em Julho com a célebre manchete «180 milhões pagos». Penso que esta faca de dois bicos vai sair cara ao PS / Lisboa e a António Costa. Juntas de Freguesia, Colectividades de todo o mundo, uni-vos: a CML já não tem dívidas: já pode pagar-lhes o que falta e o que está em baixa.
Por exemplo: quando amanhã na Assembleia Municipal se exigir que a CML reabilite e trate o Bairro Alto, apostam que lá virá outra vez alguém dizer que a CML não tem dinheiro nem para mandar cantar um cego?
Mas assim, meus senhores, as coisas não batem certo umas com as outras, pois não?
É como a bota e a perdigota.
E este é apenas um exemplo. Mais virão: empresas, trabalhadores da CML, moradores a reclamar obra etc..
Estou cá para ver.
E, infelizmente, vou ver isso muitas vezes daqui até Outubro de 2009.

Afinal ainda mexe

Casa Fernando Pessoa: Temporada 2008/2009 com congresso, exposições e livro de Adriana Calcanhoto - Fonte: SIC Online - Publicado há 6 horas - ...dramatizações. Até ao final do ano será também celebrado com a Gebalis, empresa pública gestora dos bairros municipais de Lisboa, um protocolo que permitirá desenvolver nos mesmos ateliers de criação artística, música e expressão plástica, ...
É caso para dizer: eleições obrigam...

Cá está...

Hoje - Lisboa exclui-se do protocolo de transferência de competências na educação - Fonte: TSF Online Publicado há 84 minutos - Lisboa 14 Set 08 às 18:33 A Câmara Municipal de Lisboa não vai assinar, para já, o protocolo que transfere...cinco dos 80 jardins de infância e escolas básicas de Lisboa que estão a ser requalificados, o presidente da Câmara...

domingo, setembro 14, 2008

Escolas, câmaras, governo. António Costa não «obedece» a Sócrates

Editorial

Esta história de os autarcas, e com razão, não quererem novas competências na educação e na acção social escolar sem que tudo esteja muito bem assegurado em matéria de verbas, anda mal contada e faltam aqui muitos elementos de rigor.
Vem JA Ganhão, vice da ANMP, e diz que a ministra e o secretário de Estado se estiveram nas tintas para a associação. Vem a ministra e diz que isso é posição do vice, mas que a ANMP não disse nada oficialmente.
Mas afinal aparece que o Conselho Directivo tinha dito.
Vem Cavaco e diz que seria bom que todos se entendessem nisto: governo e autarquias. Vem a minsitra e agradece o apoio de Cavaco.
Vem Sócrates e, nas «Novas Fronteiras», apela ao sucesso dessa transferência dessa responsabilidade.
E, finalmente, mas não menos importante, os jornais garantem que Lisboa, Porto e Gaia, das maiores câmaras, não aceitam essas transferências. António Costa foi uma das vozes contra o processo, dizem-me e já vi algo escrito, embora agora mesmo tenha tentado confirmar, mas sem sucesso. (Actualizo: já encontrei: está aqui, na última linha. Grande dor de cabeça para Sócretes: nem o seu nº 2 - ainda o será? - repito: nem o seu nº 2 acata as suas ordens???)
Lisboa contra? Rui Rio a favor?
Que confusão.
«Coitado» de Sócrates. (O que lhe vale é a defesa que Fernanda faz das suas coisas. Hoje, na «Notícias»: «Não, senhores, a reforma do Código Penal não tem nada a ver com a criminalidade. Nem com a violenta nem com outra». Ah, ganda Fernanda!)

sábado, setembro 13, 2008

Três notícias

No Local do Público Última Hora, hoje, estas três seguidinhas, entre a uma e as três e meia da tarde:
- PSP deteve 15 pessoas no Grande Porto
- GNR detém 13 pessoas em operação no sul de Leiria
- PSP detém 12 pessoas em Lisboa e Loures

Aliviar o Governo e ficar com as críticas, não...

Depois das escolas, a segurança. E agora outra vez as escolas...
Os autarcas têm muito má experiência desta coisa de o governo lhes passar responsabilidades e competências mas deixar minguar as verbas cada vez mais de ano para ano.
Foi assim com as escolas - mas alguns voltam à carga.
Está a ser por isso surpreendente como é que alguns autarcas estão a assinar contratos de segurança. Logo segurança...
Leia aqui o contário que escrevi sobre isto.
Sobre estas duas questões, ler, por exemplo:
1. A questão escolar:
- Cavaco pede diálogo entre autarcas e Governo sobre Educação - Fonte: ESPIGUEIRO Publicado há 18 horas - ...dezenas” as autarquias que manifestaram intenção de assinar o documento. Contudo, vários autarcas, entre os quais o de Lisboa, fizeram saber que não pretendem assinar o contrato e outros querem negociar directamente com o Executivo. À Antena1, o vice-presidente...
- A ANMP não concorda com este modelo, diz o seu Conselho Directivo.
2. A segurança:
Ministro da Administração Interna anuncia novos contratos locais de segurança para Faro - Fonte: Barlavento - Publicado há 5 horas -...as freguesias da Apelação, Camarate e Sacavém, e em 2009 numa...constituído pela Governadora Civil de Lisboa, Dalila Araújo, representantes...Comando Metropolitano da PSP de Lisboa. O protocolo foi assinado por...Pereira, a Governadora Civil de Lisboa, Dalila Araújo, e o presidente...

Para o ano é que é bom. Horizonte negro em eleições obriga... Mas onde fica a creedibilidade do BP?

Vítor Constâncio antecipa baixa da inflação no próximo ano - O governador do Banco de Portugal, Vítor Constâncio, mostrou-se hoje, em Nice, convencido de que o fraco crescimento económico verificado este ano levará a uma diminuição da taxa de inflação no próximo ano nas economias europeias.
Pois... e os ministros e peritos europeus são todos incompetentes:
Ministros europeus das Finanças falam em risco de recessão - 19 horas atrás - A reunião ocorre dois dias após novas estimativas da Comissão Européia mostrarem que Alemanha, Espanha e Grã-Bretanha devem entrar em recessão... - O Globo Online
Europa mais perto da recessão - Jornal de Notícias - A Zona Euro está mais próxima da recessão do que os Estados Unidos, segundo a OCDE, que reviu em alta as suas previões de crescimento económico dos EUA..

Pior do que esperava

O Governo está a governar pior do que esperavam perto de 54% dos portugueses. Li no «CM«. E que Sócrates tem o voto de mais gente do que Ferreira Leite, mas não passa dos 38%. E que os partidos se posicionam assim:
- PS - 35,7% (tivera 33,1 há um mês - subiu cerca de 7%),
- PSD - 28,9 (31,1),
- CDU - 10,4 - força política que percentualmente mais subiu. (Tivera 9,1 - subiu cerca de 14%),
- BE - 9,3 (9,4% - subiu 0,8%).
- CDS - 3,8 (4,4).
De zero a 20, o líderes têm: Sócrates, 7,5; Portas, 8,4; MFL, 9,5; Jerónimo, 10,9; Louçã, 11,7.

sexta-feira, setembro 12, 2008

A fazer peito - I

Rui Pereira tentou. Fez peito a Cavaco. Mas aí entraram logo os socráticos todos: eh, pá, com ele não, Rui. E agora? Mas Rui é teimoso. Ainda veio, numa conferência de imprensa, esclarecer a coisa, deixando tudo ainda mais nebuloso.
... Então Sócrates lá pediu mais um sacrifício a Silva Pereira: vai lá, pá. Pede desculpa. O Governo assume, pá.
E ele lá foi ao açougue.
E recebeu um abraço do patrão: «Porreiro, pá».
Rui Pereira meteu a viola no saco. Nunca mais faz peito a Cavaco.

A fazer peito - II

A imagem não podia ser mais deslocada. Mas já viram bem esta coisa de Sarah Palin andar já a fazer peito a Medvedev? A dizer que declara a guerra à Rússia se esta entrar outra vez na Geórgia. Estamos feitos ao bife com esta falcoa, ex-miss do Alasca. Que ainda teria primeiro de ganhar as eleições. Esperemos que tal não venha a suceder.

Plataforma por Monsanto faz queixa de maus tratos dados a Monsanto pelo Festival Delta Tejo

... E com toda a razão. Repare nas fotos e ajuíze por si mesmo. Aqui.
O Delta Tejo já foi em Julho e teve um cartaz muito interessante. Isso devia ser motivo para que as medidas subsequentes não falhassem...
O Bloco, como se Sá Fernandes já nem fosse nada com ele, dá razão à Plataforma.
Sá Fernandes não se comove: não tomou as medidas antes - obrigando a organização a prodecer à reposição ou não as sabe fazer cumprir, e não liga nada a estas ninharias, claro.
Olha se isto fosse no tempo de Carmona Rodrigues ou Santana ou no tempo inicial de Sá Fernandes a bramar no deserto contra a CML gerida pela coligação PS/PCP... o que não diria Sá Fernandes...

quinta-feira, setembro 11, 2008

Prémio «Eu roubo mas eu faço»

Conta-se que no Brasil o herói dos anos 90 era um governador que não escondia que roubava. E respondia assim nos bastidores às acusações: «Eu roubo, mas eu faço». Ou seja: pelo menos ele fazia obra. Achava ele que por isso estava justificado o roubo.
Uma amiga brasileira dizia-me ontem, quando eu, delicadamente, lhe falava daquela coisa a que chamaram «mensalão»: «Olha, sabe? Lá no interior, na minha terra, a gente não chama isso de mensalão: é roubo mesmo». E eu com tantos punhos de renda...
Agora oiçam esta:
Repare que o homem nem por sombras diz que a autarquia não foi prejudicada, nem diz: «Cortem-me o pescoço se houve um cêntimo de prejuízo para a Câmara». Não. Ele diz: «se se provar». É bem diferente, não é?

Entra Manuel Alegre

Acordo PS/Roseta pode levar a «novas formas de entendimento» à esquerda, diz Alegre - Fonte: TSF Online Publicado há 26 minutos - Lisboa / PS / 05 Set 08 às 08:01 / Num texto colocado na sua página da Internet , Manuel Alegre considera «um facto novo e politicamente relevante» o acordo de cooperação celebrado entre o presidente da Câmara Municipal de Lisboa, António Costa, e o movimento «Cidadãos por Lisboa».

A CDU manifesta-se sobre a aliança PS / Roseta

Aqui.

Repovoar Lisboa... Vejam lá se este título não é ainda mais sarcástico...

... e se não dá vontade de agendar desde já uma pergunta para a campanha de 2009: «Então, o que é feito?»
Eis o título que andou por aí nas últimas 48 horas:
António Costa atribui a Roseta a tarefa de repovoar Lisboa - O presidente da Câmara Municipal de Lisboa, António Costa, entregou a Helena Roseta a tarefa de liderar um projecto que visa repovoar Lisboa. Segundo o Público, a vereadora do movimento cívico Cidadãos por Lisboa tem de elaborar até ao final do mandato um programa local de habitação ...
Construir 11, Set 2008 - 03:30
No entanto, acho que se António Costa pensa que não responde pelo Ambiente e pelo repovoamento ou relações multi-culturais, é engano: é ao PS que terão sempre de ser pedidas as responsabilidades de gestão, as contas de mandato e o acerto político. Não servirá de desculpa para sacudir a água do capote dizer «Ah, e tal, Sá Fernandes. Ah, e tal, Roseta e Júdice...» Não: tudo é com todos, como sempre foi em todas as campanhas autárquicas em Portugal. Ajoelhou, rezou - como diz o meu amigo de Fortaleza. Ou seja: está lá, responde.

Divisão

Prédio do Rato divide arquitectos - Entre os arquitectos, está longe de haver consenso sobre o prédio para o Largo do Rato, em Lisboa, chumbado em Julho pela Câmara, que admite a falência do modelo de auscultação pública sobre projectos marcantes da cidade.
Jornal de Notícias 10, Set 2008 - 23:30

Melhor prova era difícil

Se no PS já se coloca a fasquia tão baixa, é certo e sabido: teme-se a derrocada nas urnas.

quarta-feira, setembro 10, 2008

O princípio do fim da cooperação estratégica entre Belém e São Bento

Aqui.

Disparatada, diz Ruben sobre afirmação de Sá Fernandes

"Já só falta o PCP" (disse Sá Fernandes), numa referência aos convites aos comunistas para assumirem também responsabilidades na governação da autarquia. Uma observação que o líder do PCP na câmara, Ruben de Carvalho, considera "disparatada", por os comunistas não se reverem na política do PS para Lisboa.
(...)
À medida
Quanto ao caso da tarefa de Roseta...
Ruben de Carvalho mostra-se igualmente crítico: "Não sei se encontraram uma pessoa para a função ou uma função para a pessoa."
Ana Henriques, Público
A sensação que pode ficarquanto às tarefas novas de Manuela Júdice é també a de fato à medida.

Ironias em Lisboa

Considerando tudo, já sei a quem devo culpar se, no final do mandato, os problemas da habitação em Lisboa se mantiverem: culpo Helena Roseta - não mais seria justo culpar a gestão do PS liderada por António Costa.
Digo bem: Helena. Não digo «Cidadãos». Porque nessa altura já não haverá CPL. E não sou apenas eu que o digo: os CPL já ontem estavam divididos e alguns descrentes. MJR era um deles, mas na blogosfera já tinha começado a divisão em pública praça...
Ironia do destino, logo agora que os «jornais» andavam tão vidrados com Helena Roseta.
Aliás, foi também com toda a ironia que Costa comentou: «Mantenho a minha liberdade de votar contra as propostas das senhoras vereadoras» dos Cidadãos por Lisboa.
Encantado.

A Lisboa que estranho

Editorial

Começo a achar que a Lisboa política mostra cada vez mais o dom de juntar gente que cada vez mais estranho e de mostrar estranhas situações, estranhas públicas posições.
P, que debita no blog do BE na CML, atira-se ao seu aliado do PS que detém o pelouro dos espaços públicos por causa de uma isenção que Sá Fernandes não comenta. O mesmo Sá Fernandes que já nem sei se devo escrever «BE» se nada e que isenta festivais atrás de festivais…
Helena Roseta desfaz agora no seu ex-vereador Manuel João Ramos (as negociações começaram depois de MJR ter saído) - MJR que bateu com a porta de forma algo inesperada e que, meses depois (e só meses depois) veio, exactamente anteontem, acusar o toque da incomodidade que foi para ele estar na CML.
Manuel João Ramos que, precisamente, teme pelo fim dos Cidadãos Por Lisboa. À Renascença disse esta tarde que «receia que seja o fim deste movimento cívico»: “O risco eventual de absorção de um movimento que à partida era um movimento cívico pelo sistema precisamente por esta lógica de tentativa de maioria de esquerda”».
Manuela Júdice vai receber como vereadora a tempo inteiro (e acho bem). Mas para a comunicação social o que passou foi que esta aliança tinha duas vertentes: não ia ter pelouro e era tudo pelo amor à camisola. A Lusa garante que não é assim: «Helena Roseta prescindiu de auferir qualquer rendimento enquanto que Manuela Júdice irá receber o vencimento de um vereador a tempo inteiro.»
Pedro Soares namora Helena, que não o quer, mas ele insiste e ainda hoje (ontem), perante esta frente com Costa, Soares repetiu que sempre estiveram próximos, Helena e o BE.
... E pronto, Lisboa, cá estamos.
Boa noite, Alfama; boa noite, Alcântara; boa noite, Bairro da Liberdade; boa noite, Bairro padre Cruz; Boa noite, Ajuda; boa noite...
E esta água do Tejo que continua tão calma, tão suave. E dentro de sete horas volta aquela luz para nos envolver... Boa noite, Lisboa.

terça-feira, setembro 09, 2008

O princípio do fim dos Cidadãos por Lisboa

Lisboa: Helena Roseta deverá ser anunciada responsável pela Baixa Pombalina - O presidente da Câmara Municipal de Lisboa, António Costa, convocou uma conferência de imprensa para as 17h00 de hoje sem avançar o tema. No entanto, o PÚBLICO soube que Helena Roseta, vereadora e líder do movimento cívico Cidadãos por Lisboa, estará presente no encontro onde deverá ser anunciado qu...
Público - Geral 09, Set 2008 - 15:25

Israel corta rua em Lisboa

Junto a embaixada de Israel: Lisboa: Corte de trânsito preocupa PCP - Fonte: Correio da Manhã
Publicado há 6 horas - O PCP quer que a Câmara Municipal de Lisboa, em conjunto com o Ministério dos Negócios Estrangeiros e a embaixada de Israel, encontre uma alternativa ao corte de trânsito...
há 7 horas Trânsito: PCP quer alternativa junto à embaixada de Israel - Diário Digital
há 7 horas Lisboa: PCP quer alternativa ao corte de trânsito imposto junto à embaixada de Israel - Sol

CML quer...

Lisboa: Câmara quer Oceanário e Pavilhão da Rádio como imóveis de interesse municipal - Fonte: Sol Publicado há 5 horas - ...passar para Marvila. Já o Oceanário de Lisboa, inaugurado em 1998, foi um dos componentes...das zonas mais degradadas e poluídas de Lisboa. A proposta de classificação do Oceanário...biologia e da ciência. O Oceanário de Lisboa, que durante a Expo 98 se chamou Pavilhão...

Sesimbra tá linda. Ah, ganda Pólvora...

Seis milhões de euros para requalificação sesimbrense - Fonte: Região de Setúbal On-Line Publicado ontem às 11 horas - ...provocar uma revolução total na imagem da vila». O projecto apresentado pela autarquia ao Programa Operacional Regional de Lisboa tinha um orçamento previsto de 6,9 milhões de euros, mas a aprovação versa sobre 6,5 milhões, ou seja, as obras terão...